Ministro da Justiça ameaça punir policiais federais | Blog Liberdade | Portal Militar

Blog Liberdade

Quem sou eu? Clique e conheça meu Perfil
Acompanhe os Blogs da sua conta no google, yahoo e outros. Você pode escolher receber por email informação de novas postagens nos blogs. Fique Ligado.

Homenagem

Ministro da Justiça ameaça punir policiais federais

Publicado em 04 de Mai de 2014


1367 Visualizações


 

 

Ministro ameaça punir policiais federais que entrarem em greve na Copa

Fonte:  http://www.correio24horas.com.br/detalhe/noticia/ministro-ameaca-punir-policiais-federais-que-entrarem-em-greve-na-copa/?cHash=735ba94f4492b83bd0e99fd955e122c6

Cardozo acredita que os policiais federais não vão expor o Brasil internacionalmente

Ivan Richard | Agência Brasil
Atualizado em 30/04/2014 16:19:13

A 43 dias do início da Copa do Mundo, o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo, ameaçou nesta quarta-feira (30) punir os policiais federais que paralisarem as atividades durante o evento. Apesar de reconhecer a legitimidade das reivindicações da categoria, ele lembrou que ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) já se manifestaram pela ilegalidade de greves de policiais.

 

Mesmo com a sinalização de greve por parte de agentes, escrivães e papiloscopistas, Cardozo acredita que os policiais federais não vão expor o Brasil internacionalmente, mas citou a prisão do vereador e policial militar da Bahia, Marco Prisco, como exemplo que poderá ser seguido caso os policiais cruzem os braços. “Em situações abusivas teremos que aplicar a lei”, defendeu.

 

“Há uma decisão do STF que afirma ilegalidade e inconstitucionalidade das greves de policias militares e civis. Ou seja, órgãos armados não podem legalmente fazer greve. Por esta razão legal e por não acreditar que policiais, que juraram respeitar a sua nação, queiram expor o seu país a uma situação inaceitável perante o mundo, não acredito que eles façam paralisações na Copa do Mundo”, argumentou o ministro.

 

Desde o início de fevereiro, agentes, escrivães e papiloscopistas da Polícia Federal em todo o país têm feito manifestações por melhores salários e condições de trabalho. Representantes da categoria não descartam intensificar os protesto durante a Copa.

 

Em nota, o presidente da Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef), Jones Borges Leal, respondeu às declarações da ministra do Planejamento, Miriam Belchior, dadas ontem (29) no Congresso, sobre o reajuste da categoria. Segundo ele, o salário dos policiais foi reduzido “praticamente à metade do valor real” durante o governo da presidenta Dilma Rousseff. Ele não descartou novas ações.

(Foto: ABr)

 

“Se o governo Dilma continuar intransigente e não tiver sensibilidade, no final de junho pode ser realmente inevitável o aceite dessa proposta desmoralizante, pois não somos radicais e sabemos que vão usar a lei da responsabilidade fiscal contra nós. Porém, isso vai ser interpretado como uma declaração de guerra do Partido dos Trabalhadores em relação à ampla maioria dos policiais federais”, destaca Leal.

 
 

 

3 comentários


Avassalador comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

04 de Mai de 2014 às 12:31

Avassalador
O certo seria que os governos discutissem com as diversas categorias de trabalhadores, inclusive militares, e logo criassem indexador para os salários, isso visando garantir reposições á evitar acúmulos de perdas salárias. Ocorre que o governo é revanchista e só atende e contempla os servidores do poder Legislativo; com o trabalho de investigação feito pela PF que se reveste em prisões de corruptos e políticos bandidos do PT, alem das condenações feitas pelo Judiciário Federal, o governo passou a perseguir e desprestigiar as citadas categorias e os militares das FFAA , mesmo sabendo que eles estão no topo da credibilidade dos brasileiros.

 

 
Avassalador comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

04 de Mai de 2014 às 12:34

Avassalador
O que infelizmente resta a greve, visando inclusive derrubar o governo do PT. CHEGA.


tropa comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

05 de Mai de 2014 às 8:00

tropa
Os militares das Forças Armadas já tiveram os seus salários reduzidos a menos da metade nos últimos governos. Nossa opção em outubro é votarmos em um candidato militar, Bolsonaro ou outro que aparecer, pelo menos não corremos p risco do nosso voto ir parar na chapa de outro candidato. Nós não temos mais o que perder! Já perdemos se perdermos mais alguma coisa daqui a pouco tempo estaremos sem salário nenhum. Já


tropa comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

05 de Mai de 2014 às 8:07

tropa
Os militares das Forças Armadas já tiveram os seus salários reduzidos a menos da metade nos últimos governos. Nossa opção em outubro é votarmos em um candidato militar, Bolsonaro ou outro que aparecer, pelo menos não corremos o risco do nosso voto ir parar na chapa de outro candidato. Nós não temos mais o que perder! Já perdemos praticamente tudo. se perdermos mais alguma coisa daqui a pouco tempo estaremos sem salário nenhum. Já sabemos que esse governo odeia militares, não honram as suas palavras e vivem prometendo e não cumprem nada, desrespeitam a Constituição, vamos esperar o quê?


DEIXE SEU COMENTÁRIO


O blogueiro não publica comentários ofensivos, que utilizem expressões de baixo calão ou preconceituosas, nem textos escritos exclusivamente em letras maiúsculas. Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor. O blogueiro fará a moderação antes de publicar o comentário.

Aceito receber emails do Portal Militar. Emails de confirmação, avisos, notícias e lembretes. ( Obrigatório )