Testículos cheios com volta das FFAA ao puder! | Blog AutoIndustrial Polêmico | Portal Militar

Blog AutoIndustrial Polêmico

Quem sou eu? Clique e conheça meu Perfil
Acompanhe os Blogs da sua conta no google, yahoo e outros. Você pode escolher receber por email informação de novas postagens nos blogs. Fique Ligado.

Opinio Pessoal

Testículos cheios com volta das FFAA ao puder!

Publicado em 12 de Mai de 2014


4660 Visualizações


 Testículos cheios com volta das FFAA ao ‘puder’!

 

Quem costuma ler meus posts sabe que, normalmente, sou uma pessoa ponderada, calma, etc... No entanto, porém, todavia, entretanto, paciência tem limite e a minha se esgotou ao ler em diversos posts aqui no Portal Militar diretamente e indiretamente, uma verdadeira choradeira no sentido das Forças Armadas darem um golpe de estado no atual desgoverno e por o país no rumo certo.

 

Ora bolas, esta história nós já vimos em 1964 e deu que no deu, ... Somos taxados, até hoje, de torturadores, gorilas, assassinos e outros adjetivos afins.

 

Ok! Tudo bem!  Querem um retorno das Forças Armadas ao poder?

 

Eis a fórmula ou receita:

 

Reúnam em Brasília UM MILHÃO de eleitores cercando o congresso, o STF e a presidência da república exigindo a renúncia imediata e coletiva dos 81 senadores, dos 513 deputados federais, dos 11 ministros do STF, da presidente da república e de todos seus ministros de estado.

Nos estados da federação, exigir a renúncia dos governadores e deputados estaduais.  Nas capitais idem para os prefeitos e vereadores.

 

Com um cenário descrito acima, tenho plena convicção que as Forças Armadas serão OBRIGADAS, por dever constitucional, a assumir o controle da nação. Caso contrário, nossos soldados continuarão “dormindo em berço esplêndido”.

 

Adsumus!


10 comentários


natking comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

12 de Mai de 2014 às 15:31

natking
Até que enfim li um post coerente. Corretíssimo. Foi bom a retomada em 64? Foi. Atualmente, o povo tem que agir mais ativamente. Porque não saem às ruas e pedem o impeachment da Dilma e a abertura de investigação do Lula? Historiadores atribuem ao Gal Golbery o início do mito Lula. Depois da revelação no livro de Tuma Jr(Lula era cacoete) deu para entender porque Lula foi poupado e saiu do nada à presidência da república.

 

 
AutoIndustrial comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

12 de Mai de 2014 às 15:33

AutoIndustrial
Perfeito seu comentrio, Caro Natking. Concordo 'de cabo a rabo"! Adsumus!


AutoIndustrial comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

12 de Mai de 2014 às 15:31

AutoIndustrial
Caros(as) Leitores(as) do blog! Esqueci de incluir no texto que 'só quem pode legitimar uma ação das Forças Armadas no poder central do país é o povo'. Portanto, querem uma intervenção militar no desgoverno? Reúnam milhões e milhões de eleitores em Brasília e nas capitais dos estados da federação exigindo a renúncia de todos descritos no post e aí sim, esta atitude dará 'legitimidade' para uma intervenção militar, caso contrário, nossos soldados continuarão... Adsumus!


Ellen

12 de Mai de 2014 às 20:21

Ellen
Primeiramente quero esclarecer que sou civil e como muitos brasileiros que não votaram nem em Lula nem na Dilma e que sofremos tanto quanto os senhores, pois acreditávamos que os militares iam interferir desde à época quando Lula foi eleito. Brasileiros que são à favor da Intervenção Militar em Junho/2013 cercaram o Congresso e expulsaram os terroristas que portavam bandeiras vermelhas, nenhum militar apareceu para tomar posse! E esses cidadãos indignados ao pesquisar descobriu que o alto comando das nossas FAA's, estão nos traindo (o PT inventou um Ministério da Defesa, colocando horríveis e civis para dominar às nossas Forças). Se, os comandantes devem pela Constituição obediência ao Comandante em Chefe, entendo até certo ponto, mas comandantes vendo estes que está dando golpe no País, trazendo guerrilheiros cubanos, haitianos, africanos... e não dar nenhum pronunciamento... esses tres comandantes das FAA's são ou não coniventes com a situação? Como civil, depois de Junho/2013, eu digo: O povo entende e teme , que nossos comandantes mandem massacrar o prórrpio povo, e o pelotão tem que obedecer... Pois que? A nossa Constituição já dá permissão para intervenção desde o momento em que os PeTralhas autoriza os soldados africanos para garantir a segurança dos eventos na copia mundial. Os militares são humilhados pela política salarial, pela comissão da inverdade, pela humilhação de aceitar tropas estrangeiras em nosso solo.Não consigo conceber a idéia de mulheres bloquearem a saída dos nossos militares aquartelados para defender nosso território, os nossos soldados bem que podiam encontrar outra saída, é inadimissível esse quadro! Como civil perdoe a minha ignorância das Leis militares por favor, mas com comandantes tão puxa sacos igual ao que vocês tem, quem não garante que estes africanos, cubanos, haitianos nos agredirão à mando do PT e os senhores não poderão fazer nada porque devem obediência à essa quadrilha que está instalada no governo? Para a gente ir à Brasilia como proposto, qual a garantia que os civis terão? eis o "X" da questão, os soldados nos defenderão ou não independente dos 3 que estão no Comando e de um Ministério da Defesa golpista?

 

 
AutoIndustrial comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

12 de Mai de 2014 às 21:56

AutoIndustrial
Carssima Ellen! Primeiro quero agradecer o comentrio ao post que, em alguns aspectos, bastante pertinente e noutros, nem tanto, porm faz parte do estado democrtico a divergncia poltica, de opinies, creio que, o mais importante o debate respeitoso at se chegar a um acordo. Quero aproveitar uma frase do segundo comentrio: "O manifesto de Junho/2013 daria certo se o povo fosse unssimo no seu clamor" nesta frase voc sintetizou, creio, todo o post e se quisermos reduzir o contedo a trs palavras, seriam o "povo unido clamor" ou "clamor do povo unido". Portanto, os protestos de junho/2013 no foram suficientes para 'despertar as legies do seu sono em bero esplndido'. Um protesto para despertar as legies do 'seu sono em bero esplndido' tem que ser nos moldes proposto pelo post, caso contrrio, nada feito! Adsumus!

 

 
Francisco Antonio Da Silva

09 de Jun de 2014 às 9:53

Francisco Antonio Da Silva
primeiramente no vivemos em uma democracia,e sim em uma ditadura,pois quando somos obrigados a votar e se no votarmos seremos punidos onde no conseguimos fazer concurso pblico teremos o titulo cancelado,isto chama-se ditadura,a questo e que nos brasileiros somos muito covarde estamos vendo o fumo entrar e ficamos calados.

 

 
Marcos

10 de Jun de 2014 às 6:39

Marcos
S para esclarecer. no foi o pt que criou o ministrio da defesa. Em minha humilde opinio as FFAA caram em desgraa com o governo FHC. O problema para os militares que tucanos odeiam militares, fcil de comprovar pesquisando as aes de FHC contra os militares e as FFAA. Por outro lado os petistas esto transformando o pas numa ditadura do proletariado e isso no vai acabar bem, mais cedo ou mais tarde. Pior ainda, no se apresentou ainda uma terceira opo.


Ellen

12 de Mai de 2014 às 20:53

Ellen
Diante desse quadro só vejo uma alternativa: Caso o PP aceitar a intenção do Deputado Jair Bolsonaro lançar-se a Presidência, a maioria dos militares , família do militar e civis à favor da Intervenção Militar votarão nele, e muito zelo para eleger os governadores, o futuro presidente terá que ter uma boa base para poder governar e tirar as intenções do Lula em continuar as nos golpear através de tal base. Uma sugestão encontrei no site http://verdadesespeciais.blogspot.com.br/2014/01/como-votar-e-protestar-nas-eleicoes.html em cada Estado. Caso o PP não lance o Deputado Bolsonaro e persistir nessa burrice de apoiar a Dilma na candidatura, o Deputado Jair bem que podia ser nosso representante nesta Intervenção aqui apresentada. Precisamos de lideres! O manifesto de Junho/2013 daria certo se o povo fosse uníssimo no seu clamor, ou seja: Fechar o Congresso, Intervenção Militar, Cassar os Partidos Comunistas, e os militares assumiriam até quando novas eleições fossem marcadas! O Paraguai conseguiu evitar o golpe comunista e nós, como ficaremos?!!

 

 
AutoIndustrial comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

12 de Mai de 2014 às 22:05

AutoIndustrial
Carssima Ellen! Com relao ao universo dos votos dos militares, somando ativos, inativos e familiares creio que, no mximo, somam uns 5 milhes de votos, portanto, do ponto de vista eleitoral, no temos votos suficientes para eleger um presidente da repblica, no entanto, se estes 5 milhes de eleitores se transformarem em cabos eleitorais para um determinado nome, a a coisa muda de figura. Quero lembrar ainda que, conforme dados da justia eleitoral, somos cerca de 141 milhes de eleitores e, neste universo, ns, militares ativos, inativos e familiares, representamos cerca de 3,5%, o que prova que no temos votos suficientes para mudar o quadro atual, salvo, repito, se estes 3,5% se transformarem em ferrenhos cabos eleitorais, a 'o bicho vai pegar' para o 'fuleco' da petralhada. Adsumus!


Sidinei

12 de Mai de 2014 às 21:24

Sidinei
Eu não serei incoerente no que tenho falado ate agora, portanto dizem que, o BRASIL, precisa de atitude de todo o conjunto da sociedade, eu digo apenas... dos que estão com idéia de se eleger nas próximas eleições. O Brasil esta carente de projetos de políticas públicas tanto por parte dos que estão no governo quanto da parte do povo, portanto unir a todos, voces ja viram o que acontece,...,nada, e só quebradeira. Portanto digo: o pais precisa de um só homem que tenha projetos e possa encaminhar os demais para o caminho que devem seguir. Não se enganem, como se tem enganado a tantos que acham que quem é conhecido ou que tem muitos amigos é quem trara as soluções, lindo engano. quem realmente ve adiante sabe o que esta errado e tem falado é que farão a diferença, basta apenas que as pessoas que tem a força na mão que os busquem e tragam ao seio da mãe pátria para que o tumulto acabe. antes que seja tarde.

 

 
AutoIndustrial comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

13 de Mai de 2014 às 10:44

AutoIndustrial
Carssimo Sidinei! Agradeo o comentrio ao post. "Nenhum homem ou mulher conseguir governar o Brasil sozinho(a)"! As lei do pas, para terem validade jurdica, tem que serem aprovadas pelo congresso [81 senadores+513 deputados federais!]. Caso o(a) presidente no tenha maioria no congresso para aprovar seus projetos de lei, ter que 'negociar' com este congre$$o, o que significa fazer 'agrado$' aos congre$$i$ta$ para aprovao do seu projeto/plano de governo. Portanto, a questo no s eleger o(a) presidente e sim, os parlamentares que iro d sustentao poltica no congre$$o ao presidente. O mensalo a prova inconteste desta negociata entre presidncia e o congresso. Abraos e boa sorte! Adsumus!

 

 
Sidinei

13 de Mai de 2014 às 11:22

Sidinei
PREZADO AUTO INDUSTRIAL. Na situao atual existe a lei a favor dos projetos, porm existem muitos ignorantes que usados contra um, ainda que honesto e bem intencionado pode destru-lo, no por causa da inteligncia deste que quer destruir mas da ignorncia de uma massa. Lembremos de collor, acredita que ele era pior dos que vieram depois dele, todos sabem que no mas o engano prevaleceu, nossos colegas militares que o digam. O grande inimigo nosso contra os que ai esto, esta nas regras da briga ou da falta dela. E na falta de os poderes da justia falarem grosso, do urros contra coitados e ronronam contra os mais fortes. Portanto para ganhar esta guerra temos que ter parmetros de justia, mas na guerra suja no podemos estar condenado quem nos ajuda ainda que estejam errando. GUERRA GUERRA.


peixoto comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

13 de Mai de 2014 às 11:12

peixoto
melhor meio das forças armadas assumir o poder e pela democracia, Bolsonaro presidente já

 

 
AutoIndustrial comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

13 de Mai de 2014 às 20:22

AutoIndustrial
1 Caro Peixoto, o caminho mais 'justo e perfeito'. Adsumus


peixoto comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

16 de Mai de 2014 às 11:40

peixoto
vamos assumir e dar um jeito no brasil mas sem golpe na democracia, Bolsonaro vem ai

 

 
Francisco Antonio Da Silva

09 de Jun de 2014 às 9:59

Francisco Antonio Da Silva
primeiramente saiba o que democracia,quando somos obrigados a votar e se no votarmos seremos punidos por isso,isto cama-se ditadura,onde


Dantas

10 de Jun de 2014 às 6:47

Dantas
Nosso sistema político é tão perverso e danoso que achamos que a solução para tudo está na presidência da república e esquecemos de focar na eleição de deputados e senadores, esquecemos de criar uma boa bancada representativa que fará pressão sobre o executivo e seus pares para votar e aprovar leis de interesse dos militares. Eleja um militar para senador, deputado federal, deputado estadual, vereador e até para síndico do seu prédio. Coloque um militar dentro do poder. De dentro dos quartéis seremos sempre espectadores da nossa desgraça. Repare que essa é a estratégia das oposições aos militares. Vamos usar a mesma que eles usam e ocupar espaços de decisão.

 

 
AutoIndustrial comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

11 de Jun de 2014 às 14:02

AutoIndustrial
Carssimo Dantas! Agradeo a participao ao post com um comentrio bastante pertinente! Abraos, muita paz, sade, felicidade e sucesso, muito sucesso! Adsumus!


paranaense comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

06 de Ago. de 2014 às 1:06

paranaense
Prezado AutoIndustrial! Considerando que ainda estamos numa democracia, entre aspas, no seio militar (portal). Pelo menos é o que aparenta, vejo que prevalece o bom senso, onde todos opinam livremente, e sempre de forma respeitosa. Nas Instituições (Forças Armadas), não posso opinar, por estar na inatividade há mais de vinte anos. Ontem no meu post, dei uma resposta ao seu comentário, sem ler atentamente a matéria do link sugerido. Já era próximo da meia noite e eu tinha um compromisso muito cedo. Hoje à noite, resolvi ler e analisar o texto, principalmente os comentários e as suas respectivas respostas. Cheguei a conclusão, que a maioria das pessoas, não distingue o que é intervenção militar e tomada de poder. Realmente em 1964, houve uma tomada de poder, porém, o Mar Castelo Branco tinha a intenção de logo em seguida, após a normalizada a situação, convocar novas eleições. Foi demovido dessa ideia, por outros generais, por razões de segurança para o próprio país. Tanto é verdade, que os guerrilheiros começaram a ações logo em seguida, um pouco antes da década de 70. Eu que estava na ativa naquela época, passei muitas e muitas noites sem dormir e longe do convívio com a minha família. Eram as escalas de serviço e as constantes prontidões. Atualmente eu posso afirmar, com conhecimento de causa, que situação está pior que a de 1964. Todos os canalhas daquela época, usando e abusando da mentira, e iludindo a população com as bolsas esmolas, estão no "puder". Por que estão no poder? Graças ao maior erro dos governantes militares, denominado como "Lei da Anistia". Considero muita ingenuidade, perdoar comunistas, são todos apátridas, hoje, estamos pagando pelo que não fizemos. Para não me estender, quero apenas citar o exemplo do Collor, por muito menos, perdeu o mandato. Por tudo que a Dilma já fez, está passando da hora de uma Intervenção Constitucional pelas Forças Armadas. Cassar os mandatos de todos esses corruptos à nível nacional, nomear um interventor e marcar eleições gerais em todo o Brasil. Detalhe: todos os políticos com ficha limpa. Querer que a população resolva através de manifestação popular, isso sim é UTOPIA! Fraternal abraço!

 

 
AutoIndustrial comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

10 de Ago. de 2014 às 9:20

AutoIndustrial
Carssimo Paranaense! Agradeo a participao ao post e quero fazer meu seu comentrio to lcido e esclarecedor! Adsumus!

 

 
Sidinei

04 de Set. de 2014 às 21:41

Sidinei
O problema foi simples... quem derrubou o collor foi as foras que hoje governam e sejamos coerentes, enquanto nos brigamos pelo justo, eles brigavam pelo poder, por este motivo collor caiu e hoje ningum derruba to facilmente estes, mas existe uma s coisa que os militares, representantes do estado, podem fazer: uma interveno e um chamamento ao congresso para que coloquem na mesa o que pretendem e como fazem com a polcia sobre o povo, o mesmo sobre o congresso, para extirpar os que no desejam o bem do BRASIL.

 

 
Alberto Figueiredo

27 de Out. de 2014 às 16:29

Alberto Figueiredo
Concordo paranaense! H muito a FFAA deveria ter tomado as rdeas porm como no querem assumir a responsabilidade querem jogar nas costas do povo. Se ela tivesse tomado as providencias devidas desde o problema da demarcao de Raposa Serra do Sol quando ficou claro o rime de lesa e traio ptria, jogando parte da nossa grande riqueza nas mos de ONGS de mentira, poderiam evitar o que hoje, para a imposio constitucional(Indivisvel) vai exigir sacrifcio de vidas humanas. Agora uma coisa me chamou ateno nessa campanha; nenhum dos candidatos falou nada sobre nossas reservas de NIBIO que segundo declaraes de Valrio custeou as campanhas de Lula. Sendo uma riqueza estratgica ( inclusive de cunho militar), porque ningum fala nada sobre isso. Eu, minha opinio pessoal, perdi a f nas foras armadas, espero de corao que esta dor seja s minha.


MARMOSILVA-RIO comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

27 de Out. de 2014 às 23:33

MARMOSILVA-RIO
O Brasil! Vive hoje essa triste Realidade! Pobreza + Ignorância = MISÉRIA Miséria + Desejos Impossíveis = DESESPERO Desespero + Impunidade = VIOLÊNCIA Violência + Silêncio Social = CAOS Caos + Corrupção = BRASIL Brasil + PT = ESCRAVIDÃO Escravidão + Omissão = CIDADÃO BRASILEIRO “ É Impossível Escravizar mental ou socialmente um Povo que lê e conhece a Bíblia. Porque, os princípios Bíblicos são os fundamentos da liberdade humana e de um Povo...” Att. Marmosilva-RIO

 

 
AutoIndustrial comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

28 de Out. de 2014 às 8:01

AutoIndustrial
Perfeito seu comentrio, Caro Marmosilva-Rio. Uma resposta petralhada j comeou a ser dada ontem a noite em So Paulo. Segue o link da matria no g1.com. Abraos e boa sorte! Adsumus! http://g1.globo.com/sao-paulo/noticia/2014/10/grupo-fecha-avenida-paulista-em-protesto-contra-dilma.html?utm_source=twitter&utm_medium=social&utm_campaign=g1


DEIXE SEU COMENTÁRIO


O blogueiro não publica comentários ofensivos, que utilizem expressões de baixo calão ou preconceituosas, nem textos escritos exclusivamente em letras maiúsculas. Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor. O blogueiro fará a moderação antes de publicar o comentário.

Aceito receber emails do Portal Militar. Emails de confirmação, avisos, notícias e lembretes. ( Obrigatório )