Promoção SGT QE Decreto 8.254 maio 2014 | Blog do Leão Azul | Portal Militar

Blog do Leão Azul

Perfil do LeaoAzul
Acompanhe os Blogs da sua conta no google, yahoo e outros. Você pode escolher receber por email informação de novas postagens nos blogs. Fique Ligado.

Carreira Militar

Promoção SGT QE Decreto 8.254 maio 2014

Publicado em 24 de Jun de 2014


3647 Visualizações


 Para quem esteve dormindo sem acompanhar sua própria carreira, foi publicado o Decreto 8.254 de 26 de maio de 2014 que concede promoção a soldados, cabos e sargentos do QUADRO ESPECIAL de SARGENTOS do EXÉRCITO, não chega a ser uma bondade, nem corrige injustiças, mas para quem estar nessa situação INCÔMODA de viver há mais de 15 anos na MESMA GRADUAÇÃO sem nenhuma perspectiva de melhora nem próximo da aposentadoria será um “ACHADO”, pois o mesmo decreto INJUSTAMENTE não contempla quem estar na inatividade, pois o texto poderia ter abrangido ao menos os militares que foram para a  inatividade há pelo menos 10 anos, mas FALTOU empenho do mandatário da força verde-oliva em melhorar a vida de quem o serve, sobretudo os TAIFEIROS, pois ficou evidente que a intenção foi PREMIAR APENAS aqueles  que trabalham nas residências dos generais, embora mereçam, mas e outros que tanto derramaram seu suor? Quem tanto se enfadaram pelo todo? E fiquem atentos militares da MARINHA e  da FAB com o mesmo perfil dos militares beneficiados por este decreto , procurem um advogado e peçam TRATAMENTO ISONÔMICO, não pode haver dois pesos e duas medidas para graduações equivalentes nas FFA, meus parabéns aos que serão promovidos, e boa sorte aos demais, “JUSTIÇA NÃO SOCORRE AOS QUE DORMEM”.

 

Segue o link :  http://www.planalto.gov.br/CCIVIL_03/_Ato2011-2014/2014/Decreto/D8254.htm

4 comentários


Avassalador comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

24 de Jun de 2014 às 12:29

Avassalador
Perfeito,acho que é preciso reconhecer também aqueles que estão na reserva e que injustamente não foram promovidos.


natking comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

24 de Jun de 2014 às 13:15

natking
Teve muita gente que lutou para isso acontecer, no entanto, Dilma vetou a promoção para os inativos(QE). Pelo que tenho noticia, Kelma Costa lutou tanto nessa causa e o seu esposo, inativo, não foi contemplado. Espero que consiga. Já os QESAS(Fab) decidiram partir para a promoção de Sub-oficial e Dilma vetou tudo.

 

 
Avassalador comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

24 de Jun de 2014 às 15:29

Avassalador
O que aconteceu foi uma medida que deveria favorecer os inativos, isso desde que, na ativa tivessem passado mais de 15anos na mesma graduao, e que preenchiam o requisito conceito. Acho que a emenda-72 (QESAS) sequer observa conceito como requisito.

 

 
Milikokebrado

24 de Jun de 2014 às 15:32

Milikokebrado
Um exagero partir pra cima atropelando todos j querendo uma promoo para suboficial, a sede foi tanta no pote que esqueceram que existe antiguidade, no se corrige uma injustia praticando outra contra quem estar na fila de espera.

 

 
natking comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

24 de Jun de 2014 às 15:59

natking
Pelo que l, A causa QESA quer a equiparao com a causa dos Taifeiros da FAB que alguns chegaram a Sub-oficial. Acontece que na causa dos taifeiros, apesar deles esperarem +- 40 anos para ter sucesso, o que fez com que eles tivessem a vitria foi o fato de alguns taifeiros trabalharem para oficiais do alto comando da FAB(ningum fala isso) e na poca, esses oficiais levaram a causa diretamente para o Presidente, que na poca era Lula. E na causa QESA o Comando da FAB trabalhou contra, e Dilma no participou diretamente, s vetou.

 

 
CONDORKY comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

24 de Jun de 2014 às 16:37

CONDORKY
Ao MILIKOKEBRADO, Lendo esta postagem vejo a ignorncia de certos elementos que sem conhecimento de causa fazem comentrios infelizes e idiotas. Ao tal Milikokebrado: Vejo que quebrado na realidade o seu crebro, vc usa termos: atropelar todos, sede ao pote, existe antiguidade, fila de espera, etc.. Saiba vc que a luta dos QESAS vem desde 1984, ocasio da promoo dos cabos do corpo feminino a sargento, sendo na poca exigido para as mesmas somente apresentao do certificado de 2 grau. Na ocasio quase a totalidade dos cabos eram possuidores de tal certificado e alguns at com diploma de curso superior e mesmo assim no tiveram a mesma promoo. Veja vc que entramos na fila de espera h dcadas o que nos faz merecedores da promoo a Suboficial, talvs nem nascido vc fosse, o que torna tolice vc proferir parecer de assunto que no conhece e nem vivenciou. Quer falar da causa QESA, ento procure estudar fatos e depois volte para comentar. (3S QESA R1- Flavio Nunes)

 

 
Milikokebrado

24 de Jun de 2014 às 17:03

Milikokebrado
Ao Condorky : Sabe de nada inocente !


Avassalador comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

24 de Jun de 2014 às 16:10

Avassalador
Meu repudio se deve por saber que os demais cabos e sargentos do quadro especial foram excluídos na proposta emenda 72, na realidade é visível que a exclusão foi proposital e no meu entendimento isso teve como intuito, apresentar uma proposta enxuta e com menor impacto financeira aos cofres públicos, visando influenciar positivamente no momento da votação, isso se reveste em traição e não união,se vocês observarem eu defendo o cumprimento dos Direitos Militares(PROMOÇÃO) conforme preconiza o Estatutos dos Militares Lei 6.880/80, já a emenda 72/QESAS sequer observa o requisito conceito para avaliar e promover o inativo,mesmo assim sinto muito pela bancarrota; vale ressaltar que na Marinha também houve prejuízos a carreira dos cabos.

 

 
LeaoAzul comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

24 de Jun de 2014 às 16:25

LeaoAzul
Caro Avassalador, que impacto financeiro? Que quebra dos cofres pblicos poderia causar a abrangncia dos inativos? O nmero de militares beneficiados INEXPRESSIVO frente ao efetivo total, no se empenharam nem fizeram loby junto presidente por que NO QUISERAM, S ISSO !! Ficaram com medo de "incomodar" a dentua e perderem alguma mordomia, se fosse para beneficiar algum oficial esquecido por algum erro administrativo teriam feito com toda discrio e eficincia.

 

 
natking comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

24 de Jun de 2014 às 17:22

natking
Leo Azul, o negcio no fcil. O pessoal QE trabalhou bastante para conseguir isso. A Constituio clara quando diz que s o Executivo(presidente) tem a prerrogativa de modificar alguma coisa nas FFAA. O pessoal QESA, tambm trabalhou arduamente e foi triste ver Dilma vetar, pois a emenda foi aprovada na Cmara dos deputados e no Senado Federal. Eles tem uma frente parlamentar supra partidria com vrios parlamentares e mesmo assim at agora no deu. Eu sou da FAB da poca das cabos femininas. Eu era cabo em 1986 e foi deprimente ver as cabos irem a 3sgt e ns permanecermos cabo. Eu tinha concludo o Ensino Mdio(antigo 2 grau) em 1981. Em 1991, j estabilizado, fui reformado. Em 1992, terminei meu 1 curso superior. Espero e vou ajudar os QESAS a conseguirem a vitria at porque eu e mais 14 cabos entramos com uma ao na justia e depois de 11 anos perdemos.

 

 
LeaoAzul comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

24 de Jun de 2014 às 18:11

LeaoAzul
Caro Nat King Cole, ento essa "frente parlamentar" deve representar militares de OUTRO PLANETA, e no as praas que tanto fazem por nosso pas, ou talvez represente os negcios das altas patentes das FFA, sim, por que muitos oficiais das FFA so scios, donos em quotas de participao conforme a legislao, ou tm seus TESTAS de FERRO em empresas com contratos com o governo, deve ser pra isso que essa tal "frente parlamentar" foi criada, ou seja, para AGILIZAR os trmites e as EMENDAS PARLAMENTARES, por que at hoje o que vemos so militares cada vez mais deprimidos, mal tratados, desvalorizados e esquecidos por TODOS os governos desde o Color e por seus comandantes.


Avassalador comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

24 de Jun de 2014 às 16:30

Avassalador
O grande problemas dos taifeiros da FAB que inclusive levou eles a serem transferidos para reserva como Suboficial, foi o fato deles não terem acesso as diversas graduações, com isso a FAB corrigiu o que também era uma grande injustiça, pois como eu já disse a promoção é um direito militar preconizado em Lei. Infelizmente as FFAA não fizeram o mesmo com os cabos, e terceiros SG QUESA.


DEIXE SEU COMENTÁRIO


O blogueiro não publica comentários ofensivos, que utilizem expressões de baixo calão ou preconceituosas, nem textos escritos exclusivamente em letras maiúsculas. Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor. O blogueiro fará a moderação antes de publicar o comentário.

Aceito receber emails do Portal Militar. Emails de confirmação, avisos, notícias e lembretes. ( Obrigatório )