O último passa para o abismo bolivariano | Blog Tufão | Portal Militar

Blog Tufão

Quem sou eu? Clique e conheça meu Perfil
Acompanhe os Blogs da sua conta no google, yahoo e outros. Você pode escolher receber por email informação de novas postagens nos blogs. Fique Ligado.

Fato Relevante

O último passa para o abismo bolivariano

Publicado em 23 de Mar de 2015


1499 Visualizações


Esse artigo está publicado no site militar.com.br e repasso pela gravidade que o assunto é abordado.

 

O ÚLTIMO PASSO PARA O ABISMO BOLIVARIANO !!!

Share Button

Intelectual italiano e um dos fundadores do Partido Comunista Italiano (PCI) em 1921, Antonio Gramsci (1891-1937), percebeu que a implantação do comunismo nos países do Ocidente não deveria seguir o modelo russo (de Vladimir Lênin – comunista revolucionário, político e teórico político) do uso da violência para conquistar ou tomar o Estado, mas, sim, ao contrário, primeiro conquistar o Estado e depois, então, a aplicação da violência para finalizar o processo. 

Nessa concepção gramsciniana, destaca-se o valor atribuído ao seu entendimento de sociedade civil como sendo o espaço social onde deve ocorrer a luta pela hegemonia, para que a classe subalterna passe a ser a classe dirigente.

 Um grupo social da classe dirigente, assumindo o controle da sociedade política (Estado), permite que o partido da classe dirigente seja posicionado acima do Estado. Qualquer projeto político similar é mera coincidência.

 A manobra é simples, lenta e gradual. Utiliza-se dos instrumentos legais e políticos da democracia para, de forma pacífica e sorrateira, minar e enfraquecer as principais trincheiras democráticas: o Executivo, o Legislativo, o Judiciário, as Forças Armadas, a Religião e a Família. Triste é testemunhar Igrejas que se dizem evangélicas financiar esse projeto. 

Usando a propaganda subliminar, o populismo e a demagogia, as consciências são entorpecidas e é criada a sociedade massificada para a luta pela hegemonia. 

O envolvimento estratégico também é simples e eficaz, conduzindo o processo em três fases: 

- na primeira, organiza o partido das classes subalternas e luta pela ampliação das franquias democráticas para facilitar a ação política, explorando as deficiências e vulnerabilidades do governo; 

- na segunda, luta pela hegemonia das classes subalternas, criando as condições para a tomada do poder; 

- na terceira fase, toma o poder pelo uso da força, impondo novos valores e princípios através de uma nova ordem social, política e econômica. 

Percebam os leitores como estamos avançando nesse projeto de poder implementado pelos partidos da esquerda radical brasileira, encabeçado pelo PT e seus aliados. Aliás, senhores, não se deixem enganar, pois a briga do PSDB versus PT é de quem será o partido da classe dirigente posicionado acima do Estado. 

Para quem achava que isso era mera “brincadeira” ou “teoria da conspiração” começa a perceber a concretude do projeto político que fundará uma “Nova Ordem Mundial” nos países da América Latrina; é preciso deixarmos a omissão e covardia de lado e irmos para as ruas lutar […] o tempo urge contra nós. 

Especialmente para os que ainda acham que é perda de tempo protestar ou aceitar os fatos políticos que estamos vivenciando, verdade é que o nosso Brasil caminha para uma sociedade (des)governada por um obscuro poder sádico. Inclusive, esse projeto vive descarada e conscientemente de mentiras plantadas por meio de uma imprensa comprada, fabricada como protetora de seus “deficientes projetos de governos”, e o que é mais grave, custeada por meio dos pesados tributos cobrados do povo. Os exemplos mais avançados dessa agenda estão em nossas vizinhanças: Venezuela (de Maduro), Equador (Rafael Correa), Argentina (de Cristina Kirchner). 

 

Como se tentou em 1964, estamos novamente sendo atraído ao clássico modelo “proletariado”, apenas com uma roupagem, como em breve síntese alerto, mas pomposa (bolivarismo) que fará com que o Terceiro Reich de Hitler e o Facismo de Benito Mussolini pareça brincadeira de criança. O ocaso da América Latrina esta avançando a toda velocidade, salve-se quem puder. 

Sem nenhuma reação, até mesmo por conta da rotina consumista e divertimentos, os 12 (doze) países da URSAL (União das Repúblicas Socialistas da América Latina) já implantaram, em 05/12/2014, com a presença de Dilma Vana Rousseff, na inauguração da sede da UNASUL (União das Nações Sul-Americanas), em Quito (no Equador), um grande bloco pela unificação dos países que passarão a integrar a chamada “Pátria Grande”, antigo sonho das esquerdas de tornar a América do Sul uma grande pátria comunista. 

Na ocasião a nossa “presidanta” lembrou que já existe um decreto aprovado pelo Congresso Nacional brasileiro que permite o livre trânsito de embarque e desembarque de tropas estrangeiras em solo brasileiro.

 Enquanto acontecem coisas assim, capazes de afetar a soberania e a integridade territorial do país, o povo que de nada, até então queria saber ou participar, começa a ficar preocupado com a corrupção institucionalizada que arrasa a nação. 

Essa agenda, a passos acelerados, sem nenhuma oposição daqueles que se diz nos representar nas casas “porco-parlamentar” brasileira, vai milimetricamente se cumprindo. Depois da importação de médicos cubanos, facilitação de vistos de entrada para haitianos, bolivianos etc. pelo governo do PT, sublinhe-se, todos em idade de guerra, já está a caminho a terceira e última fase do projeto que pretende, como já nos deu a dica Lula, envolver o uso da força para a tomada completa do poder.

 Exatamente isso, o PT prepara o grande e derradeiro golpe. É o processo de implantação do “socialismo/caviar” no Brasil !!! O projeto é cristalino: um socialismo no modelo proposto à moda gramscista. Vide exemplos de nossas vizinhas em que ditadores revestidos em qualquer corpo conservam máscaras capazes de adulterar a memória histórica de uma nação conquistada a sangue, tornando o seu povo “marionetes manipuladas” com medo e escravos da omissão. “O homem livre é senhor de sua vontade e somente escravo de sua própria consciência” (Aristóteles).

 Precisamos urgentemente resgatar dentro de nós o sentimento de civismo e patriotismo, bem como buscar a conscientização para um maior engajamento político, ressuscitar o comprometimento com os princípios e valores que ainda norteiam nossa formação cultural e ter coragem para espreitar a realidade com olhos de transformação sem apagar a memória de nossas conquistas históricas. 

Desperta Brasil, “A esperança tem duas filhas lindas, a INDIGNAÇÃO e a CORAGEM; a indignação nos ensina a não aceitar as coisas como estão; a coragem, a mudá-las” (Santo Agostinho). 

QUE JEOVÁ EL-SHADAY SALVE A NAÇÃO BRASILEIRA DO CAOS !!! 

Gerson Paulo


DEIXE SEU COMENTÁRIO


O blogueiro não publica comentários ofensivos, que utilizem expressões de baixo calão ou preconceituosas, nem textos escritos exclusivamente em letras maiúsculas. Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor. O blogueiro fará a moderação antes de publicar o comentário.

Aceito receber emails do Portal Militar. Emails de confirmação, avisos, notícias e lembretes. ( Obrigatório )