Auxílio Moradia em Pauta | Blog Liberdade | Portal Militar

Blog Liberdade

Quem sou eu? Clique e conheça meu Perfil
Acompanhe os Blogs da sua conta no google, yahoo e outros. Você pode escolher receber por email informação de novas postagens nos blogs. Fique Ligado.

Direito Militar

Auxílio Moradia em Pauta

Publicado em 21 de Dez. de 2015


2387 Visualizações


O valor do Auxílio Moradia dos membros do Poder Judiciário são só livres de impostos, R$ 4.377,73, Já os desprotegidos militares perderam o direito do Auxílio Moradia,isso com anuência dos membros da alta cúpula militar. VEJAM:

 

Um ano, três meses e três dias de auxílio-moradia!

Fonte:espacovital.com.br

 

 

Cartunista Jota.A

Imagem da Matéria

 

A “rádio-corredor” da OAB do Rio de Janeiro criou, este ano, pertinente potim sobre um dos mais repugnantes penduricalhos que abençoam magistrados, membros do Ministério Público, conselheiros dos tribunais de contas e outros apaniguados.

Segundo os arautos da casa, “o auxílio-moradia para quem já tem casa é o mesmo que pagá-lo para a tartaruga”.

A liminar dada pelo ministro Luiz Fux, do STF, em 15 de setembro de 2014, concedendo o auxílio-moradia para a magistratura brasileira, já tem hoje (18.12.2015) um ano, três meses e três dias de vigência.

Com o Brasil insolvente, dezenas de milhares desempregados, outros minguando à porta de hospitais sucateados, a segurança pública falida etc., o benefício supremo está permitindo que (necessitados?) membros da magistratura, do Ministério Público e de Tribunais de Contas, embolsem anualmente, livres de impostos, R$ 4.377,73.

A matemática é simples: são R$ 52.532,76 – de graça, individualmente, por ano.

Ou cinco salários mínimos e meio por mês.

E 66 salários mínimos por ano.

Enquanto o caso não vai a julgamento colegiado, pelo Plenário do STF – e a liminar se pereniza garantindo os pagamentos - é tempo de lembrar incríveis frases da decisão de Fux :

1) “A concessão do auxílio-moradia visa a servir de instrumento de moralização destinada a assegurar a independência do Poder Judiciário”;

2) "É que cada categoria de trabalhador brasileiro possui direitos, deveres e verbas que lhe são próprias. Por exemplo, os juízes federais não recebem adicional noturno, adicional de insalubridade, adicional de periculosidade, participação nos lucros, FGTS, honorários advocatícios”.

Que triste! (Ação originária nº 1.773).

Para manter viva a reação da sociedade brasileira, o Espaço Vital repete, hoje, algumas das charges que criticaram a aberração que vai ficando perene. A cidadania ainda não perdeu a esperança de que Fux coloque o processo em pauta e que o Plenário do STF corrija seu erro.

Parabéns aos vigilantes chargistas Jota, Duke, Amarildo, Gerson Kauer, Ivan Cabral, Sinovaldo, Cicero e Bessinha e aos jornais, saites e demais veículos que abrigaram suas inconformidades.

 

Charge 3

 

charge 4

 

charge 5

 

charge 6

 

charge 7

 

charge 8

 

charge 9

charge 10

 

 

 

1 comentários


luisreb comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

21 de Dez. de 2015 às 12:49

luisreb
... não são só os magistrados, os Policiais Militares do DF também ganham auxílio moradia! veja a tabela no link abaixo: http://www.militar.com.br/blog33993-Auxilio%20moradia%20da%20PMDF/#.VngRRrYrLiw


DEIXE SEU COMENTÁRIO


O blogueiro não publica comentários ofensivos, que utilizem expressões de baixo calão ou preconceituosas, nem textos escritos exclusivamente em letras maiúsculas. Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor. O blogueiro fará a moderação antes de publicar o comentário.

Aceito receber emails do Portal Militar. Emails de confirmação, avisos, notícias e lembretes. ( Obrigatório )