Todos são iguais perante a Lei | Blog Liberdade | Portal Militar

Blog Liberdade

Quem sou eu? Clique e conheça meu Perfil
Acompanhe os Blogs da sua conta no google, yahoo e outros. Você pode escolher receber por email informação de novas postagens nos blogs. Fique Ligado.

Brasil

Todos são iguais perante a Lei

Publicado em 31 de Jan. de 2016


856 Visualizações


 

 

Os indicios já viraram provas robustas

CF 88 Art. 5º Todos são iguais perante a Lei, sem distinção de qualquer natureza, garantindo-se aos brasileiros e aos estrangeiros residentes no País a inviolabilidade do direito à vida, à liberdade, à igualdade, à segurança e à propriedade, nos termos seguintes:
ORA SENDO TODOS IGUAIS PERANTE A LEI, ENTÃO PRENDAM O LULA E FAMÍLIA, ISSO DIANTE DAS PROVAS DOS CRIMES POR ELES COMETIDOS:

 

Todos são iguais perante a Lei ?:

 

Obra em tríplex atendia ao gosto de Lula, diz engenheiro

Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/poder/2016/01/1735489-obra-em-triplex-atendia-ao-gosto-de-lula-diz-engenheiro.shtml

  Eduardo Knapp/Folhapress  
GUARUJA, SP, Brasil, 28-01-2016 14h14:Fachada do predio SOLARIS localizado na Av General Monteiro de Barros,638, na praia das Austuria no Guaruja onde um dos triplex (frontal e a esquerda)do ultimo andar seria de propriedade do ex Presidente Lula (Foto Eduardo Knapp/Folhapress.PODER). Cod do Fotografo: 0716
Fachada do prédio Solaris no Guarujá, onde um triplex seria de propriedade de Lula

BELA MEGALE
RAYANNE AZEVEDO
DE SÃO PAULO

O engenheiro e funcionário da OAS Igor Pontes, que acompanhou as reformas no tríplex cuja opção de compra pertencia à família de Luiz Inácio Lula da Silva, disse ser possível inferir que a obra estava sendo feita seguindo o gosto do ex-presidente, segundo pessoas que tiveram acesso ao depoimento dele.

Pontes foi ouvido na semana passada por procuradores da força-tarefa da Lava Jato que vieram a São Paulo apurar informações sobre os apartamentos do Condomínio Solaris, no Guarujá (SP), alvo de uma nova fase da operação deflagrada na última quarta-feira (27).

O imóvel era originalmente da cooperativa Bancoop, que depois o repassou à OAS. O Ministério Público suspeita que a empreiteira tenha pago reforma do apartamento para o ex-presidente.

O engenheiro é apontado por testemunhas ouvidas pelo Ministério Público do Estado de São Paulo, que também investiga o caso, como o principal elo entre a família do petista e a empreiteira OAS, que fez a reforma na unidade 164A, atribuída ao ex-presidente.

Por essa razão, ele é visto como testemunha central no curso da da investigação.

O engenheiro Armando Magre, sócio da Talento Construtora, contratada pela OAS para a obra no tríplex, afirmou em dezembro a promotores que Pontes o chamou para fazer serviços de reforma que consistiam em "mudança de layout, troca de acabamento (pintura, piso, elétrica, hidráulica), execução de impermeabilização, refazimento da piscina, troca de escadas e colocação de elevador privativo".

Magre contou também que teve contato com a ex-primeira-dama Marisa Letícia quado estava em reunião com Pontes.

No relato, Magre diz que Marisa entrou no apartamento acompanhada do filho Fábio Luís e de Léo Pinheiro, sócio da OAS que foi condenado a 16 anos de prisão.

As obras foram realizadas entre abril e setembro de 2014, segundo o engenheiro.

VISTORIA

Outra testemunha que afirmou ter presenciado Pontes acompanhando o próprio ex-presidente Lula foi Wellington Aparecido Carneiro da Silva, que trabalhou na OAS entre os anos de 2011 e 2014 como assistente de engenharia.

O ex-funcionário da empresa disse que viu Pontes acompanhar Lula e Marisa Letícia em "uma vistoria padrão" de áreas comuns do condomínio.

Silva relatou que segurou a porta do elevador para ambos e "não acompanhou o casal presidencial; tarefa, pois, incumbida a Igor Pontes".

O engenheiro da OAS também será chamado para depor no Ministério Público do Estado de São Paulo.

Além deles, serão intimados Lula e Marisa Letícia na condição de investigados.

Lula e Marisa negam que tenham participado da reforma no apartamento e dizem que desistiram da opção de compra.

2 comentários


Avassalador comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

31 de Jan. de 2016 às 8:32

Avassalador
Deixaram de ser simples indícios, percebo provas robustas.


paranaense comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

31 de Jan. de 2016 às 12:08

paranaense
Meu caro Avassalador! Todos são iguais perante a lei (cidadãos comuns). Ladrões de grandes fortunas não.....quem vai para a cadeia é o dono do dinheiro, por ter sido relapso!!! Forte abraço!


DEIXE SEU COMENTÁRIO


O blogueiro não publica comentários ofensivos, que utilizem expressões de baixo calão ou preconceituosas, nem textos escritos exclusivamente em letras maiúsculas. Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor. O blogueiro fará a moderação antes de publicar o comentário.

Aceito receber emails do Portal Militar. Emails de confirmação, avisos, notícias e lembretes. ( Obrigatório )