Jesus Cristo foi Democrata, jamais Comunista! | Blog Marmosilva-Rio | Portal Militar

Blog Marmosilva-Rio

Quem sou eu? Clique e conheça meu Perfil
Acompanhe os Blogs da sua conta no google, yahoo e outros. Você pode escolher receber por email informação de novas postagens nos blogs. Fique Ligado.

Brasil

Jesus Cristo foi Democrata, jamais Comunista!

Publicado em 29 de Mar de 2016


2822 Visualizações


Resposta a Comentário

 

Prezado Luiz Rosemberg Stuart.

 

Bom Dia!

 

          Gostaria de agradecer a oportunidade concedida por sua pessoa e apologeticamente defender por meios hermenêuticos a minha postagem que nada tem haver com Balaão, mesmo porque, não gosto e não faço uso de  meios apócrifos, mas respeito e sou obediente aos cânones Bíblicos, para justificar meus pensamentos patriota, cristão e democrático, que não são só meus. Quanto a inferir sobre minha postagem, lembre-se que seu sofisma subliminar, não se encaixa no perfil cristão e messiânico de Jesus Cristo, chega a ser um insulto ao cristianismo, inferir que Jesus Foi o primeiro homem a pregar o comunismo, quando na verdade ele foi entregue a decisão ao povo democraticamente e por um prefeito e governador, por nome de  Pôncio Pilatos, para após lavar as mãos, sabendo da inocência de Jesus,  decidir junto ao povo pela a absolvição ou condenação e crucificação do messias.

Se o sistema da época fosse marxista, leninista e comunista, jamais Jesus Cristo seria levado a público e entregue a decisão do povo, seria morto, ou melhor, passaria pelo crime de queima de arquivo, como o comunismo com muita propriedade tem feito. Mas graças a Deus que o povo fez uma escolha errada, para que se cumprissem as profecias, pois, se acerta e escolhe o bandido, ladrão e salteador Barrabás, para ser crucificado. Hoje! Nós não teríamos democracia cristã, mas um global governo totalitário, fundamentalista, ateu e aparelhado, onde o homem serve como escravo do estado e seus governos déspotas, como é na China, Coréia do Norte, Cuba e tantos outros que nem preciso mencionar.

          Como o debate é democrático, creio que realmente teremos inferências de quem concorda ou discorda do amigo. Porque, Se enganar o povo com marqueteiros, governar por meios escusos da corrupção, criar e provocar intrigas, celebrar pela mídia mentiras, serem indiferentes as necessidades básicas do povo em troca de migalhas como bolsa qualquer coisa, implantar um totalitarismo, chamando o STF de covarde, financiar e fazer apologias a inversões de valores éticos e morais da democracia cristã que tem em Jesus Cristo o único referencial de valor ético, moral e amor ao próximo, À democracia deve agradecer muito a pregação de Jesus Cristo contra o comunismo imperial da época. Sinceramente eu não sei mais o que é liberdade, igualdade e fraternidade, se não for pelo amor a Deus e ao Próximo como a ti mesmo. Como resposta ao amigo, vejamos o texto de sua inferência: Os israelitas já estavam quase entrando em Canaã. Balaque, rei de Moabe, tinha medo deles.

 Por isso mandou buscar um homem esperto, pagão, vidente, e com caráter sob suspeita, chamado Balaão, para amaldiçoar os israelitas. Prometeu dar-lhe muito dinheiro, e, por isso, Balaão pegou sua jumenta e foi falar com Balaque. Ora!  será que Balaão foi vítima de propina? Prezado Amigo Rosemberg, parece que sem querer escolhestes uma passagem Bíblica muito oportuna para a situação do país atual, Leia novamente a exegese deste texto Bíblico. Nm 21: 21-35; 22: 1-40; 23: 1-30; 24: 1-25.

Prezado Amigo, existem coisas que precisamos pensar muito antes de inferir ou dissertar, mas não se esqueça de que a corrupção e a propina existem desde a queda do homem pelo pecado. Jesus não foi o corruptor, tão pouco Balaão, nem uma jumenta que falou. Na verdade foi vítima da corrupção por trintas moedas de prata, foi açoitado como a jumenta de Balaão, mas como um cordeiro pascoal foi mudo direto ao matadouro, para nos ensinar valores éticos e morais, por pregar contra o regime totalitário da época, mas foi seu próprio amigo e discípulo que o beijou no rosto, pois nem falar era preciso, tamanha riqueza e ardil de um beijo no rosto.

Somente, homens usados como instrumento de satanás se presta a um papel desses. Em última análise, creio que Balaão está para o PT assim como a Mula está para o povo brasileiro, como Balaão era pagão, vidente e o seu caráter não era tão bom assim, Deus prova que mesmo que o homem aceite propina ou muito dinheiro para amaldiçoar o seu povo, o próprio Deus entra em cena e faz até uma jumenta como animal irracional falar, o povo brasileiro assim, como a mula de Balaão, resolveu falar após ser muito açoitado e humilhado pela corrupção, e levando nas costas todo peso do comunismo e seus governantes.

Deixarei ao final de minhas parcas palavras, algumas informações, sobre a democracia cristã do ponto de vista cristã e messiânica do passado, e a contemporânea. Agora! tire suas conclusões se Jesus Cristo foi realmente o primeiro homem a pregar em favor do comunismo, e não se esqueça de que a última tentativa de satanás em corromper o messias na tentação no deserto foi oferecer dinheiro e poder, como suborno, e Jesus Cristo recusou.

 Não vou aceitar a sua inferência em me comparar com a jumenta de Balaão, por que, ela representa todo o povo brasileiro, e não apenas um simples blogueiro do portal militar, assim como essa passagem Bíblica, representou o livramento dos Israelitas, do feitiço e maldição de Balaão, subornado  por Balaque, na tentativa de destruir o povo forte de Israel. O povo brasileiro também é forte e Deus irá salvar essa nação dos Balaques da Vida, com a ajuda divina, de Jesus Cristo, da Igreja cristã e sua democracia.

 

Att. MARMOSILVA-RIO

 

A Democracia cristã incorpora ideias dos liberais, conservadores e socialistas que têm em comum a adopção e a defesa dos princípios cristãos e da moral cristã. Mas ela apresenta também grandes diferenças do liberalismo, do conservadorismo e do socialismo, bem como do fascismo e do nacionalismo.

A Democracia Cristã (DC) tem algumas semelhanças com o Conservadorismo visto que ambos defendem um conjunto semelhante de valores morais considerados [quem? ] como tradicionais, o desenvolvimento evolucionário e gradual da sociedade, a implementação da lei e da ordem e a rejeição do comunismo. [carece de fontes] No entanto, diverge com esta forma de pensamento na medida em que a DC pretende superar e reformular o capitalismo através de uma política defensora da justiça social e adopta um posição de abertura à mudança.

A Democracia Cristã é antagónica ao Comunismo. O último defende o materialismo dialético, o transpersonalismo, a ditadura do proletariado e uma sociedade sem classes em que todos partilham equitativamente a riqueza e os bens enquanto que o primeiro defende a filosofia do ser, a fé em Deus, a concepção da verdade revelada, o personalismo, a democracia e a economia social de mercado democraticamente estruturada e encaminhada para a realização de uma sociedade personalista onde todos conseguem alcançar a propriedade privada. Ela pretende implantar na sociedade princípios éticos e valores morais cristãos, como a caridade, a partilha e a solidariedade.

Normalmente, os democratas cristãos não adoptam uma posição secular, "indiferente" e liberal de que todas as religiões são equivalentes. Estes partidos tendem sobressair, glorificar e preservar a tradição cristã que o país deles herdou e tendem afirmar e adoptar os princípios éticos e morais cristãos. Adoptam o Cristianismo como a religião oficial do país e normalmente dão privilégios à Igreja Cristã, mas defendem também a liberdade religiosa, não desprezando as outras religiões.

 

Características atuais

A seguir, estão, resumidamente, algumas características deste pensamento político cristão:

  • É defensor da democracia, dos direitos humanos, do Cristianismoe dos princípios defendidos por esta religião e pretende implantá-los na sociedade a ponto de pretender subordinar o Estado e a vida social à moral cristã;
  • Reconhece a autonomia da Igreja face ao Estado;
  • É defensor da colocação do Estado ao serviço do Homem (e não o Homem ao serviço do Estado);
  • É defensor do princípio do personalismo, do princípio da solidariedadee do princípio da subsidiariedade (ou princípio da livre associação ou da sociedade civil);
  • Reconhece o papel das comunidades intermédias e combate o centralismo estatal;
  • É defensor da família como célula fundamental da sociedade;
  • É defensor da liberdade, nomeadamente a de ensino, a de religião e a de escolha dos sistemas sociais;
  • É defensor do humanismoeconómico, pretendendo implantar nas relações socioeconômicas os princípios e valores ético-morais cristãos e defendendo que é a economia que serve o Homem (e não o Homem a servir a economia e o lucro);
  • É defensor da reformulação do capitalismo, apoiando por isso uma profunda reforma na empresa, como por exemplo, a promoção da dignidade do trabalho, da participação dos trabalhadores na gestão da empresa e da distinção do lucro(uma legítima renumeração do capital investido na empresa) e do sobre lucro (os democratas cristãos defendem que este "lucro extra" deve ser distribuído equitativamente aos trabalhadores).

Democracia cristã no Brasil

No Brasil, o representante mais destacado da democracia cristã foi o ex-governador de São Paulo, André Franco Montoro. A democracia cristã no Brasil enfrenta o problema de não ter uma legenda grande e única para promover suas ideias, ao contrário disso, o movimento democrático cristão encontra-se diluído em diversos partidos geralmente mais alinhados ao moralismo do que a um preceito ideológico fundamentado. O Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), partido fundado, entre outros, por Franco Montoro, reconhece a democracia cristã como uma de suas linhas, conforme expresso em seu documento de fundação. Além disso, o partido é membro observador da Internacional Democrata Centrista (até 1999 chamadas de Internacional Democrata Cristã)[3] e da Organização Democrata Cristã da América. [4]

Há ainda o PSDC, oriundo de uma antiga facção do PDC que não aceitou a fusão com o Partido Democrático Social, e o DEM, membro da Internacional Democrata Centrista[3] (apesar de essa posição não ser consenso dentro do partido). Outro partido com fortíssima influência democrata-cristã é o PHS. Por fim, há o PSC, que tem a democracia cristã como a sua ideologia de fundação. [5]

Ideário do Partido da Democracia-Cristã

  1. A denominação Democracia Cristã compõe-se de dois conceitos: democracia, que tem carácter político, e cristão, que aponta para uma ideologia e uma doutrina social. A denominação Democracia Cristã não representa apenas a resultante da junção daqueles dois termos. Não somos apenas um partido democrático. Nem tão-só um partido cristão. Mas, sim, um partido democrata cristão. Quer dizer que, por um lado, entendemos a democracia à luz da filosofia cristã. E apontamos o cristianismo como uma mensagem de democracia. Para se determinar o que há de específico na democracia cristã, ter-se-á, em primeiro lugar, de analisar, no nosso prisma, os elementos democrata e cristão. Comecemos pelo conceito da democracia.

            A democracia é o Governo do povo. O povo é o conjunto orgânico de pessoas humanas. Daí que a ideia de pessoa humana, livre e responsável, constitua, para nós, o elemento fundamental da ideia democrática. Não vamos deteriorar a noção de «povo» ou de «comunidade», substituindo-a pela de «massa». Nem degradamos a pessoa em indivíduo. Rejeitamos a utilização do homem como instrumento, que é o papel da demagogia. Nem como objeto da vida económica, social ou política, porque o defendemos sempre como sujeito.

 

                                                                                               (Fontes: Wikipédia)

 


DEIXE SEU COMENTÁRIO


O blogueiro não publica comentários ofensivos, que utilizem expressões de baixo calão ou preconceituosas, nem textos escritos exclusivamente em letras maiúsculas. Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor. O blogueiro fará a moderação antes de publicar o comentário.

Aceito receber emails do Portal Militar. Emails de confirmação, avisos, notícias e lembretes. ( Obrigatório )