Morre militar processado por torturar Dilma durante a ditadu | Blog Trri | Portal Militar

Blog Trri

Perfil do trri
Acompanhe os Blogs da sua conta no google, yahoo e outros. Você pode escolher receber por email informação de novas postagens nos blogs. Fique Ligado.

Brasil

Morre militar processado por torturar Dilma durante a ditadu

Publicado em 06 de Mai de 2016


1434 Visualizações


Morre militar processado por torturar Dilma durante a ditadura

Corpo foi incinerado nesta sexta-feira, em São Paulo.
Ele tinha 77 anos, enfrentava câncer e já havia extraído um dos pulmões.

 

Do G1 São Paulo

Capitão Homero César Machado durante audiência da Comissão da Verdade em Santa Catarina (Foto: Carlos Kilian/Agência AL)Capitão Homero César Machado durante audiência da Comissão da Verdade em Santa Catarina (Foto: Carlos Kilian/Agência AL)

Morreu na quinta-feira (6) o capitão do Exército reformado Homero César Machado, de 77 anos, apontado como torturador da presidente Dilma Rousseff durante a ditadura militar.  O corpo foi incinerado na manhã desta sexta-feira (6) no Crematório da Vila Alpina.

O advogado de Machado, Francisco Ivano Monte Alcântara, disse que ele tinha câncer e já havia extraído um pulmões.

Machado respondia a um processo na Justiça Federal sobre a tortura de Dilma e outros três militantes políticos que se opunham à ditadura.

De acordo com o advogado, ele negava a participação nas sessões de tortura. Segundo o delegado, com a morte, extingue-se a punibilidade do réu.

Homero também foi denunciado pelo Ministério Público Federal em São Paulo como um dos agentes da ditadura militar resposnsáveis pela tortura do religioso Frei Tito de Alencar Lima, em 1969.

2 comentários


Jos Augusto

20 de Jun de 2016 às 19:06

Jos Augusto
Alguém viu ele torturando a Dona Dilma, alguém presenciou tal ato , alguém entrevistou o referido perguntando se isso foi verdade????? Atribuir uma culpa a alguém é muito fácil, é só sair por aí espalhando que este alguém fez tal coisa quando chegará a um ponto de uma repercussão tão grande que de uma hora para outra tornar-se-á uma situação irreversível, muito difícil de provar ao contrário.


Jos Augusto

20 de Jun de 2016 às 19:07

Jos Augusto
Alguém viu ele torturando a Dona Dilma, alguém presenciou tal ato , alguém entrevistou o referido perguntando se isso foi verdade????? Atribuir uma culpa a alguém é muito fácil, é só sair por aí espalhando que este alguém fez tal coisa quando chegará a um ponto de uma repercussão tão grande que de uma hora para outra tornar-se-á uma situação irreversível, muito difícil de provar ao contrário.


DEIXE SEU COMENTÁRIO


O blogueiro não publica comentários ofensivos, que utilizem expressões de baixo calão ou preconceituosas, nem textos escritos exclusivamente em letras maiúsculas. Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor. O blogueiro fará a moderação antes de publicar o comentário.

Aceito receber emails do Portal Militar. Emails de confirmação, avisos, notícias e lembretes. ( Obrigatório )