Partido do novo ministro da defesa Raul Jungmann | Blog militar da FAB | Portal Militar

Blog militar da FAB

Quem sou eu? Clique e conheça meu Perfil
Acompanhe os Blogs da sua conta no google, yahoo e outros. Você pode escolher receber por email informação de novas postagens nos blogs. Fique Ligado.

Ministrio da Defesa

Partido do novo ministro da defesa Raul Jungmann

Publicado em 19 de Mai de 2016


2448 Visualizações


bbbVote na Enquete

Por que o Temer nomeou o Raul Jungmann para a defesa?
 Ele conhecedor dos assuntos de defesa
 Ele do PPS, partido popular socialista, da base de apoio
 Qualquer um pode assumir a defesa, principalmente comunista
 Para prosseguir com a comunizao das FFAA

5 comentários


pixuleco comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

19 de Mai de 2016 às 20:16

pixuleco
Se lermos os artigos da Graça Salgueiro, estudiosa da estratégia e ações da esquerda latino-americana lideradas pelo Foro de São Paulo no continente,(ela edita o blog Notalatina e tem seus artigos publicados no site argentino La Historia Paralela), veremos que, segundo Graça, até alguns Oficiais das Forças Armadas participaram ou participam do Foro de São Paulo, não como espiões mas como participantes mesmo. Por aí dá para notarmos a complexidade do tema. Estamos sim em maus lençóis.


Amiel Ballistra

19 de Mai de 2016 às 20:40

Amiel Ballistra
Se for o comunismo chinês, estaremos bem. Olha a China como está poderosa! O que não se afigura correto é ficarmos atrelados só aos EUA.


Amiel Ballistra

19 de Mai de 2016 às 21:47

Amiel Ballistra
Não acredito que o comunista seja uma peste. Se assim fosse a China teria escorregado ladeira abaixo. E não é o que se vê. O Vietnan, mesmo após enfrentar o poderoso EUA, não entrou em decadência. Brasileiros e brasileiras que foram estudar na academia Bolshoi dizem que os russos são gente fina, e que lá a vida é boa. Dizem que na implantação do comunismo na China houve muitas mortes, internações em campos de trabalho, etc. Com grande parte da população "cachimbando" ópio, que poderia ser feito? Já imaginou a cracolândia em São Paulo multiplicada por cem ou por mil? E o problema se alastrando pelo interior, e por outros estados? E um outro país despejando crack, maconha e cocaína para os usuários? ´O que fazer? Fazendas coletivas, enxadas, pás, picaretas, sementes e, para os recalcitrantes,"ou conserta ou deserta".


Bernardo Alves Dinamarco

19 de Mai de 2016 às 22:12

Bernardo Alves Dinamarco
Quem deve ter medo do comunismo são aqueles políticos ladrões e corruptos. Veríamos Deputados, Senadores, Prefeitos, Vereadores, Governadores, vestidos com zuarte, sandálias e enxadas, plantando milho, feijão, ordenhando vacas, engordando porcos, criando galinhas. Ia ser uma visão maravilhosa. O povo, continuaria povo do mesmo jeito. E esses enganadores que vivem vendendo passagens para o Céu , fariam voto de pobreza e iriam para os campos, pastorear e tosquiar ovelhas de verdade.


Osman Do Rosario

21 de Mai de 2016 às 12:23

Osman Do Rosario
Amigos, comunistas de hoje eu comparo com mula sem cabeça, bicho papão, cegonha, papai noel, saci pererre, ou seja não assustam mais ninguém, nem criancinhas, as pessoas hoje com todo o tipo de acesso a informação disponível questionam e sabem identificar o que se passa em qualquer lugar do mundo. O jogo político cria partidos na intenção de participar do bolo e tirar vantagens do poder que é uma das formas mais fácil de ocupar cargos sem concurso público e aceita democraticamente pessoas de qualquer nível social, analfabeto, ladrões , corruptos, assassinos,etc. O que nos resta é manter a vigilância nas escolhas de quem elegemos.


DEIXE SEU COMENTÁRIO


O blogueiro não publica comentários ofensivos, que utilizem expressões de baixo calão ou preconceituosas, nem textos escritos exclusivamente em letras maiúsculas. Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor. O blogueiro fará a moderação antes de publicar o comentário.

Aceito receber emails do Portal Militar. Emails de confirmação, avisos, notícias e lembretes. ( Obrigatório )