As Forças Ocultas SÃO do Mercado | Blog Mudar Conceitos e Valores | Portal Militar

Blog Mudar Conceitos e Valores

Quem sou eu? Clique e conheça meu Perfil
Acompanhe os Blogs da sua conta no google, yahoo e outros. Você pode escolher receber por email informação de novas postagens nos blogs. Fique Ligado.

Brasil

As Forças Ocultas SÃO do Mercado

Publicado em 29 de Out. de 2016


1040 Visualizações


Prezados,

 

Apresento o documento “As Forças Ocultas SÃO do Mercado”, https://pt.scribd.com/document/329332473/As-Forcas-Ocultas-SAO-do-Mercado , onde estamos, empiricamente, tentando avaliar, fatos, concretos, que permitem enveredar por reflexões outras, que envolvem as “forças ocultas” que atuam no contexto político jurídico Internacional, e no caso, Brasileiro, que, apenas e tão somente, PREJUDICA, e ENVERGONHA, a Sociedade Brasileira, uma vez que, as Instituições Democráticas Brasileiras, não possuem MATURIDADE, POSTURA ÉTICA, POSTURA MORAL, POSTURA PROFISSIONAL, para se “contraporem” a esta NEFASTA INTERFERÊNCIA, a esta NEFASTA INGERÊNCIA.

 

Afinal, somente aceitando a existência de “forças ocultas”, podemos entender as palavras do “menino que brinca num tribunal nazista”, que Presidiu o “GOLPE Parlamentar” no Senado Federal, travestido em “processo de impeachment”, uma vez que, segundo a notícia “Em aula, Lewandowski classifica impeachment de 'tropeço na democracia'”, http://www.carosamigos.com.br/index.php/politica/7957-em-aula-lewandowski-classifica-impeachment-de-tropeco-na-democracia , nos apresenta o fato, concreto, de que o “menino que brinca num tribunal nazista”, ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Ricardo Lewandowski, terminou sua aula de segunda-feira (26/09/2016), na Faculdade de Direito do Largo de São Francisco, em São Paulo, lamentando o processo de impeachment, que definiu como “um tropeço na democracia” brasileira (ouça ao fim do texto). E emendou lembrando que no Brasil isso ocorre em ciclos de 25, 30 anos, deixando uma esperança: “Quem sabe vocês jovens consigam mudar o rumo da história”. O ministro foi quem presidiu a sessão do julgamento final do impeachment, em agosto, quando Dilma Rousseff foi retirada da Presidência definitivamente em votação no Senado.

 

Abraços,

Plinio Marcos

 


DEIXE SEU COMENTÁRIO


O blogueiro não publica comentários ofensivos, que utilizem expressões de baixo calão ou preconceituosas, nem textos escritos exclusivamente em letras maiúsculas. Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor. O blogueiro fará a moderação antes de publicar o comentário.

Aceito receber emails do Portal Militar. Emails de confirmação, avisos, notícias e lembretes. ( Obrigatório )