Monopólio da Petrobras faz gás de cozinha subir de preço | Blog Liberdade | Portal Militar

Blog Liberdade

Quem sou eu? Clique e conheça meu Perfil
Acompanhe os Blogs da sua conta no google, yahoo e outros. Você pode escolher receber por email informação de novas postagens nos blogs. Fique Ligado.

Brasil

Monopólio da Petrobras faz gás de cozinha subir de preço

Publicado em 19 de Mar de 2017


1343 Visualizações


 

Brasileiros que moram em Foz do Iguaçu, atravessam a fronteira para comprar gás de cozinha com valor menor que a metade do preço do gás comercializado pela Petrobras. Pagamos caro diante do monopólio da Petrobras, que aumenta os preços dos derivados de petróleo para atender o custo dos cargos de indicações politicas que ocupam posições em todos os setores da empresa.

 

Em Ilhéus/Ba, sem aplicar o reajuste que valerá a partir da próxima terça-feira dia 21, os preços do gás de cozinha 13kilos tem média de preço de R$ 70,00 (Brasilgás), já no Paraguai o mesmo gás tem preço que gira em média entre R$ 25 a 30 reais.

 

O Brasil envergonha seus filhos. Enquanto isso haja desemprego,QUE PAÍS É ESSE ?

                                       LEIAM

Petrobras aumenta preço do gás de cozinha em quase 10%

Se for integralmente repassado ao consumidor, botijão deve ficar R$ 1,76 mais caro

 Fonte:

Reuters

 

 
Reajuste entra em vigor à zero hora de 21 de março Reprodução/Clickgrátis

A Petrobras informou nesta sexta-feira que reajustará os preços do gás liquefeito de petróleo para uso residencial vendido em botijões de até 13 kg (GLP P-13) em 9,8%, em média.

O reajuste entra em vigor à zero hora da próxima terça-feira (21), segundo nota da estatal. O último reajuste realizado pela Petrobras ocorreu em 1 de setembro de 2015. A correção no valor anunciada não se aplica ao GLP destinado a uso industrial.

A revisão feitas pela Petrobras nas refinarias pode ou não se refletir no preço final ao consumidor. Isso dependerá de repasses feitos especialmente por distribuidoras e revendedores.

Se for integralmente repassado aos preços ao consumidor, a companhia estima que o botijão de GLP P-13 pode subir 3,1% ou cerca de   por botijão, isso se forem mantidas as margens de distribuição e de revenda e as alíquotas de tributos, afirmou a Petrobras.

1 comentários


Amiel Ballistra

19 de Mar de 2017 às 14:07

Amiel Ballistra
Pretendo me mudar para o Paraguai. Vou verificar se aquele povo não está rejeitando brasileiros. Ou então vou para Cabo Verde. Isto aqui não tem jeito. Quando Francelino Pereira, ex-governador de MG perdeu uma eleição, foi ser um dos diretores da Vale Rio Doce. O General Geisel, ex-Presidente e General reformado, arranjou uma boquinha numa Diretoria da Petrobras. Os militares, mesmo sabendo do passado do Maluf nomearam-no prefeito depois governador de SP. Corre boato de que até o final do ano a gasolina estará em torno de 5 reais o litro. E isto porque o Brasil é produtor de petróleo. Os brasileiros ficarão na mesma situação da África do Sul de 100 anos atrás. Para passar o Brasil a limpo, só um Mao Tsé Tung.


DEIXE SEU COMENTÁRIO


O blogueiro não publica comentários ofensivos, que utilizem expressões de baixo calão ou preconceituosas, nem textos escritos exclusivamente em letras maiúsculas. Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor. O blogueiro fará a moderação antes de publicar o comentário.

Aceito receber emails do Portal Militar. Emails de confirmação, avisos, notícias e lembretes. ( Obrigatório )