A Força Terrestre Elite das Forças Armadas do Brasil | Blog Liberdade | Portal Militar

Blog Liberdade

Quem sou eu? Clique e conheça meu Perfil
Acompanhe os Blogs da sua conta no google, yahoo e outros. Você pode escolher receber por email informação de novas postagens nos blogs. Fique Ligado.

Homenagem

A Força Terrestre Elite das Forças Armadas do Brasil

Publicado em 22 de Jun de 2017


1782 Visualizações


 

Depois dos melhores profissionais técnicos do mundo, que são os marinheiros, militares da MB, que operam com eficiência navios já absoletos, temos também na MB a elite das Forças Terrestres:

A FORÇA DE FUZILEIROS NAVAIS: 

CIAMPA forma 622 fuzileiros navais

Fonte: https://www.marinha.mil.br/noticias/ciampa-forma-622-fuzileiros-navais#sidebar-first-menu

 
19/06/2017

 

Turma de novos soldados fuzileiros navais em cerimônia no CIAMPA

 

O Centro de Instrução Almirante Milcíades Portela Alves (CIAMPA) realizou, no dia 13 de Junho, a cerimônia de formatura de 622 soldados fuzileiros navais.

O evento foi presidido pelo Comandante do Pessoal de Fuzileiros Navais, Vice-Almirante, Fuzileiro Naval, Jorge Armando Nery Soares. Durante 18 semanas, os recrutas receberam instruções e treinamentos.

 

Militares em desfile em continência à Bandeira Nacional

 

Militares que se destacaram no curso foram agraciados

2 comentários


Avassalador comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

22 de Jun de 2017 às 13:31

Avassalador
Respeito muito os irmãos Fuzileiros Navais, mais a medalha de tiro sempre vinha para minhas mãos.


Amiel Ballistra

23 de Jun de 2017 às 8:55

Amiel Ballistra
" Militares que se destacaram no curso foram agraciados". Agora vejam o Mandado de Segurança nº 231-DF, registro 89113291, página 153 da Revista do Superior Tribunal de Justiça, a. 3 (22) de Junho/1991, onde Sargento e Suboficiais da Aeronáutica pleiteam promoção a 2º e 1º Tenente, com base nas chamadas leis de guerra: "- O direito que se estampa, a meu ver, já é objeto de projeto de lei no Senado Federal - Nº 115, de 1983 - quando os parlamentares deram a seguinte justificativa : "-Sensíveis aos reclamos dos servidores militares, cabe-nos no desempenho do mandato popular, apresentar este Projeto de Lei restabelecendo a esses servidores direitos anteriormente consagrados na Lei 2370 de 9 dezembro 1954 e nas Leis Especiais nº 288, de 8 de Julho de 1948, 616, de 2 de fevereiro de 1949, e 1156, de 12 de Julho de 1950, cuja revogação causou-lhes graves prejuízos. A promoção à graduação ou ao posto imediato, aos militares que passaram para a inatividade, após a Lei nº 4.902 de 16 de dezembro de 1965, é uma medida de justiça..........( e continua......) . " ////////O pedido daqueles militares foi atendido, vencido o Ministro Ilmar Galvão, que obedecendo aos Comandos Militares considerava que aqueles militares só tinham uma expectativa de direito. Por ocasião da votação da MP 263 de 23/10/2005 o Deputado Nelson Marchezelli apresentou Emenda visando a confirmação no grau hierárquico correspondente ao soldo percebido pelo militar. As assessorias militares atuaram junto aos parlamentares para que a mesma não fosse aprovada, e o Deputado Antonio Carlos Biscaia, como Presidente da CCJR, avocou para sí a relatoria da MP e manifestou-se pela inconstitucionalidade, impedindo sua aprovação. Fica assim esclarecido que os Oficiais Generais gostam de demonstrar reconhecimento distribuindo "medalhinhas" e apertos de mãos. Culpamos FHC pela Medida Provisória nº 2215/2001. Entretanto por ocasião da apresentação pelo Senado, do Projeto de Lei nº 115 -ANO DE 1983- o Presidente era o General Figueiredo. E a iniciativa dos parlamentares foi engavetada. O mesmo aconteceu com a Emenda do Deputado Marchezelli. O Deputado Biscaia cumpriu ordens dos Generais. Está mais que comprovado que quem dá "tiro no pé" das FFAA são os Generais Comandantes. Depois ficam reclamando que as Forças Armadas estão sucateadas, que o Governo do senhor fulano não presta, patatí...patatá. E vamos distribuir apertos de mãos, tapinhas nas costas, flâmulas, pregar no peito latinhas esmaltadas, tudo ao som de "marchas triunfais", sob a batuta do General da Banda.


DEIXE SEU COMENTÁRIO


O blogueiro não publica comentários ofensivos, que utilizem expressões de baixo calão ou preconceituosas, nem textos escritos exclusivamente em letras maiúsculas. Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor. O blogueiro fará a moderação antes de publicar o comentário.

Aceito receber emails do Portal Militar. Emails de confirmação, avisos, notícias e lembretes. ( Obrigatório )