Movimentos pela intervenção militar, do Oiapoque ao Chuí | Blog do Serviço Nacional de Informações | Portal Militar

Blog do Serviço Nacional de Informações

Perfil do golbery
Acompanhe os Blogs da sua conta no google, yahoo e outros. Você pode escolher receber por email informação de novas postagens nos blogs. Fique Ligado.

Fato Relevante

Movimentos pela intervenção militar, do Oiapoque ao Chuí

Publicado em 05 de Jul de 2017


1359 Visualizações


.:: GLOBALIZAÇÃO E OS TRINTA ANOS DE INDEXAÇÃO NO BRASIL ::.

05-07-2017   -   MOVIMENTOS PELA INTERVENÇÃO MILITAR ESPALHAM-SE DO OIAPOQUE AO CHUÍ
 PUBLICADO ORIGNALMENTE EM www.globalizacao.net/informativo.asp

05-07-2017   -   MOVIMENTOS PELA INTERVENÇÃO MILITAR ESPALHAM-SE DO OIAPOQUE AO CHUÍ

          Globalização ponto net. Vocês viram ontem qual é a globalização que está acontecendo, a globalização da xyzwhijp, Soros e Máfia petista juntos para manter o Brasil no comunismo vigarista atual, situação que se espalha no mundo inteiro, até nos Estados Unidos.

 

         Nós aqui não somos candidatos a coisa alguma e nada lideramos, apenas contamos a história, passamos ela a limpo. Nosso contrato se aproxima do fim, iremos para o inferno, pois quem luta com gosto e não por necessidade não tem desculpa. Mas o caminho está traçado para quem vai ficar, o caminho das pedras. Gradativamente o país começa a se levantar a sério, com várias lideranças aqui e acolá, lá e cá, saindo da letargia. A intervenção militar agora está na ordem do dia, é o tema central, tudo converge para isso agora, não não há mais alternativa. O STF está dentro da privada e só falta dar a descarga, todos estão vendo que fede, que é da cor de barro, que não dá para engolir, é preciso dar um fim nisso, ninguém agüenta mais.


          A globalização verdadeira que é necessária é a globalização útil, é realmente necessário um governo mundial, mas não o proposto pelos defensores da chamada Nova Ordem Mundial, Soros e companhia. Olavo de Carvalho tem razão, veja sua explicação nos vídeos abaixo sobre a união entre a máfia capitalista utilitarista internacional e as máfias comunistas vigaristas no mundo inteiro:

 

 

 

 

          Ontem nós vimos a confirmação de tudo isso, num vídeo que nós mesmos fizemos, a ligação entre Soros e a máfia petista no Brasil, ambos em conluio para derrubar Gilmar Mendes do STF, para facilitar o controle comunista vigarista sobre o STF, pois Gilmar trabalha para os oligarcas vigaristas e não para os comunistas vigaristas:

  

 

          A situação é de colapso terminal. Nada há a ser esperado do governo, completamente tomado por máfias, nos três Poderes, com as cúpulas dos três Poderes integralmente podres. Somente uma intervenção militar poderá restabelecer a ordem pública, com a destituição do STF, da PGR, do Executivo e o fechamento do Congresso Nacional, para que assim a "Lava jato" possa prosseguir, colocando todos na cadeia. Isso tudo já foi comentado aqui. Espalham-se pelo país, como rastilho de pólvora, movimentos em prol da intervenção militar, os focos estão disseminados por todo o país, no litoral, no interior e nas capitais, de norte a sul, do Oiapoque ao Chuí. Os movimentos que começaram tímidos, insignificantes e anônimos agora são organizados, numerosos e identificados, são agora a única movimentação natural e legítima no país em prol de algo sério, sem a direção domesticada pela máfia petista, muito embora a máfia comunista vigarista já tenha se preparado para isso também, infiltrando diversionistas nos movimentos e cooptando parte das Forças Armadas, como também ocorreu em 1964 (como mostra o caso Lamarca, não é novidade).

 

         Para ilustrar de leve a situação, temos abaixo alguns vídeos dos movimentos no país inteiro. Poderíamos citar vários todos os dias, mas é preciso monitorar o que ocorre para não citarmos aqui infiltrados. Assim, mostraremos alguns com a ressalva de que não necessariamente concordamos com 100% do que é defendido (como por exemplo: alguns falam em nova Constituição, mas agora não é hora disso, a Constituição atual nas suas cláusulas pétreas é a garantia que nos possibilitou chegar até aqui, ao mesmo tempo em que inviabilizou a guerra entre as máfias políticas, que só terá solução de continuidade agora com assassinatos).

 

          Começamos com este que trata da invasão islâmica na Suécia, onde vários guetos estão em formação e se cogita uma intervenção militar. A migração de refugiados por todos tolerada é o instrumento para mitigar as sociedades, destruindo a civilização, com o fomento da guerra civil ou da subjugação gradual do povo, refém da própria pusilanimidade, que é produto da moderação artificialmente fomentada pela pregação do "politicamente correto" como norma ética coletiva no trato com o radical, tornando então progressivamente encurralado o Estado (o que se almeja com a abertura de fronteiras é repetir isso aqui no Brasil também):

 

 

          Aqui uma ex-professora, que foi vítima do Bancoop (a fraude no prédio do tríplex de Lula na fase inicial, a cooperativa controlada pelo sindicato que roubou o dinheiro dos sindicalizados) que se tornou advogada, fala da crise na área jurídica, incluindo a corrupção no STF. Somente uma intervenção militar poderá resolver a situação:

 

 

         Aqui  o movimento pela intervenção militar na Bahia, com ênfase para a corrupção no STF:

 

 

          Aqui mais um pronunciamento de um general da reserva sobre a caótica situação de criminalidade estatal e privada, todos os limites foram ultrapassados:

 

 

          Aqui o movimento pela intervenção no Espírito Santo: buzine se concorda com a intervenção (uma das melhores táticas de propagação da idéia, poucas pessoas fazem uma presença e um barulho imensos, chamando a atenção de todos):

 

 

          Aqui a convocação para o movimento marcado para 9 de julho em prol da intervenção militar em São Paulo, convocação feita pelo canal Universo:

 

 

           Aqui, alerta do canal Universo, no YOUTUBE, a respeito de projeto de lei para censurar a publicação de livros no país, proposto em 2015 e em tramitação, o PLS 49/2015, da senadora Fátima Bezerra, expoente da escória petista no Senado, a senadora do "górpi".

 

 

           Aqui movimento pela intervenção militar em São Paulo no qual quem discursa pela intervenção é justamente um padre. Aqui cabe a ressalva de que parte do que ele defende não é aconselhável, ele trata de se propor uma nova Constituição Federal. E é preciso ver se ele é um padre mesmo.

 

 

          Aqui o nosso herói José Márcio Castro Alves, intervencionista mais irreverente da internet, elogiando Donald Trump. Sempre que ele aparecer veja, ele é o cara, ele está 98% certo.

 

 

          Aqui o advogado Jose Ribas Paiva, intervencionista célebre também, tratando do tema, nós concordamos 99,5% com ele.

 

 

         Aqui o intervencionista João Guerreiro, também célebre, após uma recente reunião entre intervencionistas, no Canal Conservador:

 

 

          Aqui um delegado da Polícia Federal discursa em protesto, tratando da falência múltipla de órgãos do país:

 

 

         São apenas alguns exemplos. O movimento se espalha e é agora o único consenso formado, os movimentos de rua civis foram superados pela inutilidade, não há o que exigir do Congresso. E não é só o Congresso o problema, STF e PGR precisam ser depostos também. Além disso, boa parte dos movimentos de rua tradicionais, os maiores, estão sob controle da máfia petista: pode pedir, reclamar, mas só um pouquinho, teatrinho para inglês ver.

 

         No Portal Militar, www.militar.com.br, temos intervencionistas a dar com pau também. Entre os militares da Reserva há praticamente unanimidade quanto à inexorabilidade da intervenção militar. Sobre isso cabe ressaltar que, após a destituição dos três Poderes, parte da Junta Provisória governamental poderia ser constituída por militares da reserva, com enorme experiência no trato com a situação, pois vivenciaram o regime militar até 1985.

 

         A situação passou de todos os limites toleráveis, não há o que esperar das cúpulas dos três Poderes, todas integralmente corruptas, 100% corruptas. O Antagonista foi para o espaço. Para ver o que tem lá agora basta ligar no Jornal Nacional, onde Temer é malhado a mando da máfia petista com todo o rigor que seria necessário. Só por aí se vê a armação petista, da qual a Rede Globo faz parte. O Antagonista foi criado em 1/1/2015 porque a imprensa falida e vendida se recusava a publicar as notícias sobre a "Lava jato" e sobre a máfia petista. Agora o Jornal Nacional parece um vídeo da TV Antagonista, tamanha a contudência, fala até dos encontros de Gilmar com Temer, que são ilícitos mesmo e criminosos. Mas quando se tratava de encontros de Dilma com Lewandowski em Portugal, lhufas, poucas citações, quando muito. Agora não, Temer e Gilmar são caçados (com ç mesmo, para que sejam cassados), perseguidos. Falamos que até o Loro José ia falar do Temer. Pois dito e feito: o filme que passou há poucos dias foi Caçada ao presidente. Era para gravar no subconsciente do público o "impeachment". Dito e feito! Nesse ritmo o Antagonista vai lamber sabão antes mesmo da implosão incontrolável do STF, pois falar o que já está no Jornal Nacional e em toda mídia não justifica um "site" especializado em "Lava jato". Eles comeram bola, acreditaram em Fachin e em Janot. E a missão de um "site" antipetista é olhar com lupa as manobras da máfia petista. Eles caíram do cavalo e agora é só pó. O que não tem no JN que deveria ser mostrado? A tramóia Lula/Joesley/Janot/Fachin/Globo/OAB. Temer é culpado, praticou crime, etc. Mas ele não está sendo investigado, denunciado e procesado para se fazer justiça, é apenas a justiça de Vargas em andamento, "para os inimigos, a lei", que é o que Fachin está fazendo. "Para os amigos, tudo", é o que Fachin faz com Lula, tirando de Moro processos contra o Brahma. O que precisa acontecer para isso ser entendido? No pé em que as coisas estão, Os Antagonistas estão se tornando desinformação fabiana, é lamentável dizer isso, mas é a situação.

 

           A condenação de Lula sai a qualquer momento. E não se baseia em delações apenas, há provas cabais, sobretudo o próprio depoimento do réu, conduzido mal e porcamente pela banca, que preparou uma defesa de mentirinha para ser usada por Lewandowski e companhia no STF em grau recursal. E ontem em testemunho ele mentiu, será condenado por isso também.

 

          A intervenção vai acontecer, é inevitável. De um jeito ou de outro. Quanto mais ela demorar pior será. O colapso econômico transformará em pó os salários, inclusive nos quartéis, com a volta da hiperinflação. Nesse cenário a sublevação virá de dentro da própria Força, mesmo que as ruas estejam caladas. Salários serão reduzidos a pó em termos reais, nominalmente eles não serão reduzidos, mas como os preços evoluirão rapidamente e nenhum reajuste será concedido, o poder aquisitivo será achatado até a miséria. E isso não é coisa nova, já aconteceu com policiais, professores, médicos, etc., no passado, como contado no nosso livro publicado em 2000 ("link" para "download" gratuito da obra em formato PDF no pé da página). Nós que tratamos disso aqui contamos em única e primeira mão a verdadeira história da inflação no Brasil. Nós podemos falar: isso vai acontecer mesmo, caso não sejam tomadas atitudes compatíveis com a seriedade da situação.


 
          As Forças Armadas precisarão estar preparadas para administrar o pós-deposição dos Poderes também, não é só entrar e acabou. As pessoas indicadas civis para ocupar a Junta Provisória govenamental precisarão ser convidadas e concordar. Será preciso seguir um plano como o que mostramos aqui em linhas bem genéricas nas postagens poucos dias atrás. Há solução. Havendo pulso, determinação, honestidade e estratégia tudo pode se resolver, pois não se trata de um problema misterioso, trata-se apenas de cumprir o que a lei determina e o que os princípios mais básicos de administração de empresas sugerem: nivelar o nariz, desarmar os spoilers, acionar os flapes, recolher trem de pouso, manetes em "go-around" e colocar um piloto habilitado e que não esteja bêbado. É só isso, simples. Feito isso a aeronave recupera a velocidade, pára de perder altitude e pode voltar a subir de novo. O que temos hoje é aquele buraco negro na cabine (o imbróglio no STF dividido e sob chantagem de todos os lados) que abriu uma fenda na estrutura do espaço-tempo. A fenda está se abrindo e o resultado será a hiperinflação e anarquia, após o que a intervenção militar será muito mais custosa. Não há mais governo, desliguem a televisão. O avião está caindo e se desintegrando no ar, nada está funcionando. O GPWS indica colisão contra o o solo iminente, é hora de agir, depois é recolher os destroços para o Cenipa dizer, mais uma vez, que se tratou de erro humano. O jogo acabou.