MPF - Recomendação Processar TEMER sem Autorização Prévia | Blog Mudar Conceitos e Valores | Portal Militar

Blog Mudar Conceitos e Valores

Quem sou eu? Clique e conheça meu Perfil
Acompanhe os Blogs da sua conta no google, yahoo e outros. Você pode escolher receber por email informação de novas postagens nos blogs. Fique Ligado.

Brasil

MPF - Recomendação Processar TEMER sem Autorização Prévia

Publicado em 13 de Set. de 2017


1037 Visualizações


Prezados,

 

            Apresento o documento MPF - Recomendação Processar TEMER sem Autorização Préviahttps://pt.scribd.com/document/358819996/MPF-Recomendacao-Processar-TEMER-Sem-Autorizacao-Previa , onde estamos, empiricamente, tentando efetuar avaliações, sobre o, concreto, existente, na notícia Ministro Barroso autoriza abertura de novo inquérito contra o presidente Michel Temer , http://www.stf.jus.br/portal/cms/verNoticiaDetalhe.asp?idConteudo=355387 , e na notícia Ministro Fachin rejeita arguição de suspeição de Janot formulada por Michel Temer,   , algo que de maneira irrefutável, inqhttp://www.stf.jus.br/portal/cms/verNoticiaDetalhe.asp?idConteudo=354155uestionável, REFLETE a concreta, AMORALIDADE, consistente, e persistente, nos quatros Poderes Institucionais da “República de Bananas”, presidida por um “Golpista Zé NINGUÉM”, alicerçada por um “Congresso Golpista Ilegítimo”, abençoada por um “Judiciário que Persegue, e Protege, Politicamente”,  fiscalizada por um “Ministério Público Cego de um Olho, e Surdo de um Ouvido” (por atuar em uma única direção), razão pela qual, o Brasil, se transformou, apenas e tão somente, em um, “NADA”, que aí esta, o que explica que a Sociedade Brasileira é PREJUDICADA, e ENVERGONHADA, diariamente, de tal forma, ser possível, mesmo que injustamente, alcunhá-la como uma Sociedade de Ignorantes, e uma Sociedade de Alienados, uma Sociedade  de Bárbaros, quiçá uma Sociedade de Cruéis.

 

            A primeira notícia Ministro Barroso autoriza abertura de novo inquérito contra o presidente Michel Temer, nos apresenta a certeza da necessária INVESTIGAÇÃO sobre 'atos praticados” pelo Presidente da República Federativa do Brasil, o Cínico Golpista Zé Ninguém, michel miguel elias temer lulia.

 

            A segunda notícia  Ministro Fachin rejeita arguição de suspeição de Janot formulada por Michel Temer, nos apresenta a certeza de que as denúncias apresentadas contra o Presidente da República Federativa do Brasil, o Cínico Golpista Zé Ninguém, michel miguel elias temer lulia, pelo Procurador-Geral da República, Sr. Rodrigo Janot Monteiro de Barros, já deveriam ter sido aprofundadas, para posterior avaliação pelo Supremo Tribunal Federal, onde, ousando reproduzo o Ministro Barroso:

 

“A ninguém deve ser indiferente o ônus pessoal e político de uma autoridade pública, notadamente o presidente da República, figurar como investigado em procedimento dessa natureza. Mas este é o preço imposto pelo princípio republicano, um dos fundamentos da Constituição brasileira, ao estabelecer a igualdade de todos perante a lei e exigir transparência na atuação dos agentes públicos. Por essa razão, há de prevalecer o legítimo interesse social de se apurarem, observado o devido processo legal, fatos que podem se revestir de caráter criminoso”.

 

            É irrefutável, incontestável, que o Presidente da República Federativa do Brasil, o Cínico Golpista Zé Ninguém, michel miguel elias temer lulia, ja utilizou esforços ESPÚRIOS, como por exemplo, liberar recursos financeiros, que teima em afirmar não dispor, para “convencer” a Câmara de Deputados Federais, em favor de sua permanência na Presidência da República, que, efetivamente, culminou com o “convencimento”, e o ARQUIVAMENTO da Denúncia de CRIME de CORRUPÇÃO PASSIVA, de tal forma, que o Brasil, comprovadamente, a título de combate à Corrupção, apenas e tão somente, processou, julgou, e CONDENOU, apesar de,INOCENTE, como se fosse Autoridade Institucional com Direito a FORO PRIVILEGIADO, o Cidadão COMUM, Ítalo Brasileiro, Sr. Henrique Pizzolato..

 

            O acima colocado, me obriga, a reapresento o documento “Judiciário perdido como cego em tiroteio, se acha”,  https://pt.scribd.com/document/355487433/Judiciario-perdido-como-cego-em-tiroteio-se-acha   , onde estamos, empiricamente, tentando efetuar avaliações, sobre o, concreto, existente, na notícia  “Câmara rejeita denúncia contra Michel Temer – Agência Brasil - ECB”, http://agenciabrasil.ebc.com.br/politica/noticia/2017-08/com-172-votos-denuncia-contra-temer-e-rejeitada-na-camara , algo que de maneira irrefutável, inquestionável, REFLETE a concreta, AMORALIDADE, consistente, e persistente, nos quatros Poderes Institucionais da “República de Bananas”, que redundou, no pleno exercício pleno de Cidadania de um Cidadão Brasileiro COMUM, com a alma lavada, em derradeira tentativa, formalizou junto ao Ministério Público Federal, recomendação, de que o Excelentíssimo Procurador-Geral da República, utilizando dos instrumentos jurídicos adequados, questionasse o Supremo Tribunal Federal de posicionamento jurisdicional ANTAGÔNICO, em um mesmo contexto, isto é, segundo o Supremo Tribunal Federal o Superior Tribunal de Justiça PODE processar, e julgar, qualquer Governador SEM AUTORIZAÇÃO PRÉVIA da Câmara de Deputados (Estaduais), mas, segundo o Supremo Tribunal Federal o Supremo Tribunal Federal PRECISA DA AUTORIZAÇÃO PRÉVIA da Câmara de Deputados (Federais) para processar, e julgar, o Presidente da República.

 

            Tal, situação, toma VULTO EXACERBADO, quando a Instituição Supremo Tribunal Federal reconhece que a “Separação dos poderes. Possibilidade de análise de ato do Poder Executivo pelo Poder Judiciário. (...) Cabe ao Poder Judiciário a análise da legalidade e constitucionalidade dos atos dos três Poderes constitucionais, e, em vislumbrando mácula no ato impugnado, afastar a sua aplicação.” (AI 640.272-AgR, Rel. Min. Ricardo Lewandowski, julgamento em 2-10-09, 1ª Turma, DJ de 31-10-07). No mesmo sentido: AI 746.260-AgR, Rel. Min. Cármen Lúcia, julgamento em 9-6-09, 1ª Turma, DJE de 7-8-09”.

 

 

            Abraços,

            Plinio Marcos


DEIXE SEU COMENTÁRIO


O blogueiro não publica comentários ofensivos, que utilizem expressões de baixo calão ou preconceituosas, nem textos escritos exclusivamente em letras maiúsculas. Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor. O blogueiro fará a moderação antes de publicar o comentário.

Aceito receber emails do Portal Militar. Emails de confirmação, avisos, notícias e lembretes. ( Obrigatório )