General Reafirma Necessidade Intervenção Militar | Blog Liberdade | Portal Militar

Blog Liberdade

Quem sou eu? Clique e conheça meu Perfil
Acompanhe os Blogs da sua conta no google, yahoo e outros. Você pode escolher receber por email informação de novas postagens nos blogs. Fique Ligado.

Brasil

General Reafirma Necessidade Intervenção Militar

Publicado em 19 de Jan. de 2018


2672 Visualizações


 

A Responsabilidade dos militares, patriotas é extremamente grande, isso em decorrência da necessidade de INTERVENÇÃO MILITAR, vejo que somente Generais do Brasil e não de políticos, poderão semear a política, determinando, inclusive, uma nova ordem. Nenhum presidenciável que se torne presidente e que esteja bem-intencionado conseguirá governar um país com a conjuntura política atual. 

DE URGÊNCIA E RESPECTIVAMENTE SE FAZ NECESSÁRIO PARA GARANTIR A GOVERNABILIDADE:

- Redução do número de partidos políticos, reduzir 75% o número de partidos atuais. 

- Tornar o voto como sendo FACULTATIVO.

- Determinar que subsídios pago a vereadores não possa ultrapassar o teto salarial previsto para aposentadoria do RGPS.

- Determinar que subsídios pago a Deputados em geral e senadores não podem serem superior ao teto salarial atribuído para servidores públicos.

- Determinar o fim do Quinto Constitucional, acesso ao TRIBUNAIS SUPERIORES deve ser atributo de carreira, acesso ao STF deverá ser concurso interno, onde poderão concorrer, Desembargadores, Juízes(togados),Promotores, Procuradores da União (somente os concursados).

- Determinar a privatização da PETROBRAS, CORREIOS, ELETROBRAS E OUTRAS. 

- Abrir o comércio para exploração e refino de petróleo e produçao de gás no BRASIL.

- Por fim a indicações políticas para cargos em estatais. 

 

Leiam. Generais estão preocupados com situação atual: 

 

General confirma que haverá intervenção militar

Fonte: http://www.thefolha.com.br  http://www.thefolha.com.br/2017/12/general-confirma-que-havera-intervencao.html

 

O general da reserva Rômulo Bini Pereira, ex-chefe do Estado Maior do ministério da Defesa, admitiu a intervenção militar como saída para a crise política que envolve os três Poderes da República. 




Em artigo publicado nesta quinta-feira (15) no jornal O Estado de S. Paulo, o militar escreve: 


Se o clamor popular alcançar relevância, as Forças Armadas poderão ser chamadas a intervir, inclusive em defesa do Estado e das instituições”.

Bini considera ainda que o país enfrenta uma “desgraça sem precedentes” e tenta profetizar: “É nesse cenário de ‘desgraças’ que as instituições maiores e seus integrantes deverão ter a noção, a consciência e a sensibilidade de que o país poderá ingressar numa situação de ingovernabilidade, que não atenderá mais aos anseios e às expectativas da sociedade, tornando inexequível o regime democrático vigente”. E insinua: “É um caso, portanto, a se pensar”.

bbbVote na Enquete

Você concorda em reduzir o número Partidos Políticos
 Sim reduzir 75%
 Sou favorável manter os atuais 35
 Sou Indiferente
 Acho que são poucos quero que aumente

7 comentários


Marcos Ferreira De Melo

19 de Jan. de 2018 às 8:08

Marcos Ferreira De Melo
Bom dia pessoal do Portal Militar, com a devida vênia podemos ter certeza que se o Bolsonaro ganhar as eleições de 2018 fatalmente terá que convocar um militar da reserva para o cargo de Ministro da Defesa, e em seguida solicitar uma ICM(Intervenção Cívica e Militar), com aval do Congresso Nacional e posteriormente recriando os Ministérios do Exército, Marinha e Aeronáutica, e vamos que vamos!

 

 
Avassalador comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

19 de Jan. de 2018 às 8:14

Avassalador
Concordo plenamente, entretanto, Bolsonaro ainda não me convenceu; eu não acredito na capacidade e potencial de BOLSONARO.


Avassalador comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

19 de Jan. de 2018 às 8:11

Avassalador
Marinheiros e fuzileiros! Avante!!!.


Abreuhomem

19 de Jan. de 2018 às 13:45

Abreuhomem
Este caro General se esquece todos os magistrado e Juízes tiverem os mesmos cursos que os Advogados que hoje ocupam a Magistratura e os MPs tanto Federal, Estadual e Militar. As FF.AA combateram e rejeitam a advocacia, sinÇonimo de regime totalitário com o Russía. De que adiante colocar magristrados melâncias como está acontecendo hoje com a maioria dos Juízes de 1a. Instância e depçis virem a alcançar os Tribunais. Este Senhor serviu no MD ao lado MD comunistas d de carteiri ha e nada fez, bem como agora está se vericando porque tiraram o Gen Mourao do CMS destrujindo a vida de uma família que salvou de grande desgraça, agora, ficam esses Senhores com lero, lero e a nação acabado de ser destruida pela esqauerdao Os grandes códigos não foramescrito por Juizes ou Promotor e sim pçor Advogados. Hoje temos advogados autores de Livros e mais livros Jurícos. O Atual Código de P.Civil escrito pel Min. Fuz só veio ajudar a Juízes e prejudicar os brasileiros. A própria Lei Trabalhista é uma arapuca contra o trabalador e ajudar as empresas e permitir que o operário seja sempre condenado quando ingressar com uma ação . Vamos agurdar o dia 24 deste mês pois tem gente ninguém saba o que está fazendo nos EE.UU gastando o nosso dinheiro e sugerindo que o bandido e condenado seja candidato, por aí se vê as eleições deste para eleger bandido e o povo que se lasque, porque 40 % dos votoas já estão garantidos para os bandidos atravé da Bolsa destre das famílias.


Avassalador comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

20 de Jan. de 2018 às 10:42

Avassalador
Quem determina a Intervenção Militar é o povo expressando a própria vontade. Querem Intervenção Militar vão para as ruas legitimar a Intervenção militar para verem acontecer.


tinoco comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

20 de Jan. de 2018 às 19:19

tinoco
Na reserva se fala oque bem quer, na ativa e outra coisa .


Abreuhomem

21 de Jan. de 2018 às 22:05

Abreuhomem
O País só vive na mentira, em 64 o que havia era muita greve com paralização e João Goulart com o seu discurso de esquerda na Central do Brasil dians antes 31 de março e Brizola assulando os Sargentos, Anselmo insuflando a marujada burra que só ele e cabo Luiz fazendo a besteira de desobedecer o Almirante para cercasse o Sindicato dos Metalúrgicos no Rio de Janeiro às 7hs da noite provocou a Revolução com a partida do Gen. Mourão de Juiz de Fora com a tropa. Havia sim o e. Peitor com grupos de Senhoras rezando o terço e gritando para o pçerigo estava ocorrendo, mas, foram os bravos Almirantes e Generais que deram a partida, porque a maioria do povo que estava na eram da esquerda apoiando Goulart e Brizola. Mas, como sempre só fala mentira, lembrem-se que um dos nossos navios foram retirados as agulhas percussoras e decretado a prontidão rigorosa poucos foram os militares que regressaram as suas unidades. Esta história de esperar pelo povo nas ruas ha muito tempo ele está gritando, mas, com fome, dívidas, crimes hediondos sendo cometidos, como o caso de copacabana e o autor da deserdem disse que ´´e criminoso, naturalmente quer acusar o detran porque lhe cassou a carteira. Se o Pais esperar por esse povo estamos frito . Será qe o levante da petizada é povo em defesa da pátria?


Amiel Ballistra

22 de Jan. de 2018 às 7:15

Amiel Ballistra
Abreuhomem, o General Mourão partiu de Juiz de Fora, com a tropa, "SOB O COMANDO DO ENTÃO GOVERNADOR DE MG, O MAGALHÃES PINTO E DO CORONEL JOSÉ GERALDO, COMANDANTE DA PMMG". Um General assumiu a Presidência da República, mas cumpria ordens do seu vice, o civil José Maria Alckmin. Tudo de acordo com o que disse o General João Figueiredo: "- quem mandava eram os civis". Brasil é o país do "faz de conta", a "terra do nunca". -" Vamos fazer de conta que o Brasil é dos brasileiros", " vamos fazer de conta que somos brancos", "vamos fazer de conta que os EUA são nossos amigos", "vamos fazer de conta que somos o país do futuro". Você fecha os olhos, esperando sonhar, mas o que vem são pesadelos. Aquí não existem bravos Almirantes e Generais. Bravura é coisa que só aparece nos chineses, japoneses, coreanos, alemães, russos. São outras raças.


DEIXE SEU COMENTÁRIO


O blogueiro não publica comentários ofensivos, que utilizem expressões de baixo calão ou preconceituosas, nem textos escritos exclusivamente em letras maiúsculas. Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor. O blogueiro fará a moderação antes de publicar o comentário.

Aceito receber emails do Portal Militar. Emails de confirmação, avisos, notícias e lembretes. ( Obrigatório )