Batalha vencida, mas a guerra continua | Blog do Serviço Nacional de Informações | Portal Militar

Blog do Serviço Nacional de Informações

Perfil do golbery
Acompanhe os Blogs da sua conta no google, yahoo e outros. Você pode escolher receber por email informação de novas postagens nos blogs. Fique Ligado.

Brasil

Batalha vencida, mas a guerra continua

Publicado em 05 de Abr de 2018


955 Visualizações


fonte: www.globalizacao.net/informativo.asp

 

05-04-2018   -   04h30   -   BBB 18. TODOS NUS. GUERRA NÃO FOI VENCIDA, AINDA FALTA CAIR O STF

 

          A máfia continua viva. O tribnal é 100% corrupto. O resultado da madrugada de hoje só aconteceu porque houve uma pressão brutal das ruas e da internet. Foram dois dias de julgamento, uma tarde no primeiro e dez horas no segundo. Tudo poderia ter sido resolvido em menos de uma hora. Lula poderá ser preso, mas por muito pouco tempo, só até o julgamento das ADCs 43 e 44.


          Por 6 a 5, o STF denegou a ordem de HC e por 6 a 4 cassou a liminar que havia concedido salvo-conduto. Era para ter sido 5 a 6 o resultado, não fosse a pressão intensa das ruas. A ironia do destino é que os votos decisivos para a prisão de Lula foram dos petistas sofistas: Fachin, Cármen, Rosa, Barroso e Fux. Alexandre de Moraes também votou pela denegação da ordem de HC. Os petistas sofistas fazem-se de santinhos para justificar uma suposta isenção. Mas eles são sofistas. Eles dão com uma mão e tiram com a outra. São contra o principal, mas concordam no detalhe que serve de gancho para o principal ser alterado noutra votação. Ou são a favor do principal, mas desde que não seja de tal modo. Foi assim com Rosa. Ela votou seguindo orientação emanada em repercussão geral. Mas na ação direta de constitucionalidade vai contrariar seu voto dado agora. E o correto era ela votar como votou e assumir que vota assim por se tratar de coisa julgada. Mas isso ela não fala. Ela fala que se o plenário for votar de novo, aí ela muda o voto.


          Drácula, para ser morto, precisa levar uma bala de prata no peito ao meio-dia e ser deixado no Sol do meio-dia esturricando com uma cruz fincada no peito. Além disso essa cruz tem de ser uma cruz voadora que siga a 1.600 km/h no sentido Oeste durante 24h (assim ela fica estacionária ao meio-dia). Assim, Dráucula fica 24h esturricando no Sol do meio-dia. Aí ele estará morto. Lula levou uma bala de prata de Moro em Curitiba e foi fincado na cruz pelo TRF 4 ao meio-dia. A cruz se levantou agora no STF, mas seguirá no sentido Oeste a 1.600 km/h, sempre à meia-noite, durante 24h, o tempo das ADCs. Nesse tempo o vampiro ficará no escuro e em recuperação. Na próxima calada da noite, as ADCs serão julgadas e Drácula voltará, livre, leve e solto. A Cruz do STF que segue para Oeste a 1.600 km/h à meia-noite é a mesma da Proposta 115 de Súmula Vinculante, PSV 115, que vai tirar de Moro todos os processos de ex-ocupantes de cargos e remetê-los para o STF.


          Com as ADCs, Lula será solto. Com a PSV 115, seus processos ainda com Moro serão remetidos ao STF. E na PSV 115 haverá violação de coisa julgada também: o decidido em 1.999 será revogado. Em 1.999, por unanimidade, foi cancelada a súmula 394 do STF. O entendimento dela será retomado na PSV 115. Com a súmula 394, todos terão foro privilegiado para sempre.


          Especificamente no caso em tela, a repercussão geral para o tema 925 (a prisão ser agora, após decisão de segunda instância) abarcou um universo completo de elementos para ser estabelecida, pois envolveu tese em abstrato. No caso das ADCs 43 e 44, são apenas determinadas regras que estão sendo analisadas em cotejo com a Constituição, ou seja, o universo de elementos de análise na repercussão geral foi total e nas ADCs foi restrito. Assim, as ADCs perderam o objeto, pois versam sobre controvérsia que é coisa julgada, abstratamente julgada.


          A máfia petista está viva. Ela conta ainda com o STF, tem dezenas de bilhões de dólares, comanda a imprensa falida. Vai só tomar um fôlego agora e retornar depois, com força total, de forma muito mais vingativa, mesmo porque Dirceu estará livre, assim como Gilberto Carvalho, os dois expoentes demoníacos da máfia.


          A pressão tem de ser total. Neste dia D houve o desembarque na Normandia, mas Hitler continua vivo. E no comando. A batalha desta madrugada foi vencida, mas a guerra, não. Estamos ainda a 3% da necessária destruição de alvos, em termos de qualidade e quantidade. Falta cair o PMDB, falta cair o PSDB, falta cair o STF. E, enquanto Lula estiver solto, é cedo para comemorar qualquer coisa. Foi crucial a sua queda, mas ainda tem chão. Assim que a egrégora de fúria do povo se desfizer e a poeira baixar, a recidiva de corrupção no STF vai ganhar força novamente, com as ADCs 43 e 44. E isso pode acontecer a qualquer momento. E vem aí a ação do foro privilegiado, a que não vai acabar com foro privilegiado nenhum, vai é devolver foro para quem o tinha perdido.


          A guerra só estará vencida quando a cúpula do PMDB e a integralidade do STF estiverem na cadeia junto com Lula. Aí a guerra terá acabado. Estamos a 3% ainda e com uma recidiva de corrupção no STF pela proa. A metástase vai começar logo que o povo estiver desmobilizado totalmente e tiver esquecido Lula. Veremos agora quanto tempo Lula agüenta preso sem abrir o bico, se é que ele consegue. Ele vai precisar de proteção especial na prisão, para não ser morto.

 

 

 

 

05-04-2018   -   14h30   -   BBB 18. TODOS NUS. ACABOU? AINDA NÃO, MAS HOJE É UM DIA HISTÓRICO. AGORA COMEÇA A FASE DE RESCALDO

 

 

 

          Ainda tem chão pela frente, falta cair o PMDB, falta cair o PSDB, falta cair a REDE, falta o PT ser extinto, falta o STF inteiro cair, falta o golpe da ação do foro ser exterminado, mas foram longos dezesseis anos, desde 2002, até que este dia milagroso chegasse. É realmente uma vitória. E tudo foi conseguido porque o povo foi para as ruas e efetuou uma pressão gigantesca, mostrando quem de fato manda. Um pnc bem grande da imprensa vagabunda que se rendeu aos marginais. E parabéns ao "site" "O Antagonista" (www.oantagonista.com), o "site número 1" do Brasil, agora com os jornalistas Diogo Mainardi, Mário Sabino, Cláudio Dantas e Felipe Moura Brasil (entre outros que dele participaram). "O Antagonista", no ar desde 1 de janeiro de 2.015, nasceu com a missão de destruir a máfia petista. Não fossem esses verdadeiros deuses do Olimpo, enviados de Deus, o país estaria hoje em trevas. A missão foi cumprida com honestidade, competência, prazer, inteligência, independência, coragem, fé e muito trabalho, chegando-se ao resultado. O país deve à equipe da PF, do MPF de Curitiba, a Sérgio Moro e ao TRF 4 e aos Antagonistas os seus maiores votos de agradecimento, por se ter agora fincado uma estaca no peito do demônio.

  

 

 

          Começa agora a fase de rescaldo do incêndio no país. A ação do foro privilegiado é mais um golpe do STF contra a lava-jato, como vimos. É preciso estar atento a isso. A REDE será a alternativa da máfia petista para voltar ao poder, com Marina. Ela precisa ser também excluída do jogo político. Bolsonaro é o candidato para a fase de rescaldo, para cobrir com cinzas os últimos focos de incêndio ainda fumegantes. A "lava-jato" ainda está a 3% do seu caminho: falta a extinção dos partidos políticos PT, PMDB, PSDB, PP, etc., falta Temer na cadeia junto com Sarney, Renan e companhia, falta Dilma na cadeia, falta Gilberto Carvalho e José Dirceu na cadeia, falta o STF na cadeia inteiro, ... tem muita coisa ainda. Mas o dia de hoje foi realmente o novo 7 de setembro nacional.


          O país deve também aos militares corajosos que pressionaram os integrantes da ditadura civil. Querem agora punir o Comando do Exército por suas últimas falas, mas elas na verdade nada acrescentaram em termos explícitos, foi apenas chuva no molhado. Dizer que se repudia a impunidade e que as Forças Armadas estão atentas a sua missão institucional absolutamente nada significa em termos (formais) de constrição à ordem democrática. Quem não repudia a impunidade? Quem não vai cumprir sua missão institucional? A fala do Comando absolutamente nada significou em termos de constrição jurídica da ordem estabelecida, que é privada e criminosa e não uma ordem pública. Constrição real quem fez foi o povo na rua, para calar a boca de Celso de Mello e de Gilmar Mendes, que pisotearam a COISA JULGADA.


          Não se pode baixar a bola. Ainda tem chão. Lula, as Cristianas, a turma da chupeta, as Marias do Rosário, as Marilenas, foi tudo pro saco agora. Cabe agora a prisão preventiva de Lula, para evitar sua fuga, que é algo real. Começa agora a corrida pelas delações. Quem delatar por último vai ficar sem o que dizer e vai ter de cumprir pena integral. E o STF é o foco das delações últimas que restam agora.

 

          Foi uma verdadeira final de Copa do Mundo: tivemos os 90 minutos regulamentares, as nove horas de papo-furado, a meia hora de prorrogação com a discussão sobre as ADCs e a cobrança de pênaltis, na votação da cassação de liminar. E teve o gol de mão de Batochio, que queria nova liminar fajuta. Pode isso, Arnaldo? Não, Galvão.