Bolsonaro mostra pulso a escolha de Ministros | Blog Liberdade | Portal Militar

Blog Liberdade

Quem sou eu? Clique e conheça meu Perfil
Acompanhe os Blogs da sua conta no google, yahoo e outros. Você pode escolher receber por email informação de novas postagens nos blogs. Fique Ligado.

Poltica

Bolsonaro mostra pulso a escolha de Ministros

Publicado em 26 de Nov. de 2018


810 Visualizações


A MEU VER A BANCARROTA DECORRENTE DA  IMPROBIDADE E IRRESPONSABILIDADE, SE INICIA QUANDO O GOVERNO SE ENTREGA E SATISFAZ INTERESSES PURAMENTE PARTIDÁRIOS; É PRECISO AGIR COM EXTREMA RESPONSABILIDADE, VISTO QUE O ÔNUS RECAI SOBRE O GESTOR(PRESIDENTE) 

 

SIM, “BRAVO ZULU” para BOLSONARO. Escolha para composição de cargos de MINISTROS é prerrogativa exclusiva do PRESIDENTE, por fim ao CÍRCULO VICIOSO de discutir escolha e privilegiar partidos como troca de favores só faz alimentar o INSTITUTO DA CORRUPÇÃO.

PARABENIZO JAIR MESSIAS BOLSONARO QUE ESTÁ PONDO FIM A UM CÍRCULO VICIOSO DO TOMA LÁ DÁ CÁ.

 

 

Bolsonaro defende escolha de ministros sem discussão com partidos

 
 
[Bolsonaro defende escolha de ministros sem discussão com partidos]
 

25 de Novembro de 2018 às 17:10 Por: Fernando Frazão/Agência Brasil Por: Folhapress01comentários

 

 

O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) defendeu, neste domingo (25), o modelo de escolha de ministros por meio de acordos com bancadas temáticas no Congresso, e não via partidos, e disse que sua equipe deve ser concluída nesta semana. Até agora, foram nomeados 13 ministros, em um processo que vem privilegiando a consulta a bancadas no Congresso.

"Estamos escolhendo melhor e queremos pessoas independentes, isentas, que sejam honestas e que pensem no Brasil e não em agremiação partidária", afirmou ele, ressaltando que prometeu que faria "uma política diferente". Por isso, disse que as negociações não são feitas com partidos, mas sim com as bancadas no Congresso. Perguntado sobre possível efeito adverso dessa estratégia em apoio no Congresso, disse que "vai da consciência de cada um".

Ele concedeu rápida entrevista ao deixar a Escola de Educação Física do Exército, na zona sul do Rio, onde participou de cerimônia neste domingo. "As votações importantes não são para o presidente nem para o Parlamento. São para o Brasil", afirmou na entrevista, que foi concedida pelo presidente eleito de pé na porta do carro na saída da Fortaleza de São João, na Urca, sob aplausos e gritos de apoio das pessoas que estavam no local. "Espero que até o final do mês esteja resolvida essa questão dos ministérios", afirmou .

Nesta terça (27), ele volta a Brasília para reuniões com aliados e com a equipe de transição. Ele não quis, porém, adiantar a agenda dos encontros nem se anunciará novos ministros. Na quarta (2Cool, o presidente eleito deve retornar ao Rio.

Palmeirense, o presidente eleito disse que sua equipe de segurança foi unânime em desaconselhar sua ida ao jogo Vasco X Palmeiras, na tarde deste domingo, que pode garantir o título brasileiro ao time paulista. Até no sábado (24), ele dizia que ainda estava decidindo se ia.

O jogo será realizado no estádio São Januário, do Vasco, e foi considerado de alto risco pela Polícia Militar, que esta semana anunciou aumento no efetivo para partidas do time. "Vou ver [o jogo] em casa mesmo. [Vou] torcer pelo empate", afirmou Bolsonaro.

 


DEIXE SEU COMENTÁRIO


O blogueiro não publica comentários ofensivos, que utilizem expressões de baixo calão ou preconceituosas, nem textos escritos exclusivamente em letras maiúsculas. Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor. O blogueiro fará a moderação antes de publicar o comentário.

Aceito receber emails do Portal Militar. Emails de confirmação, avisos, notícias e lembretes. ( Obrigatório )