PM é provocada para Greve Nacional | Blog Liberdade | Portal Militar

Blog Liberdade

Quem sou eu? Clique e conheça meu Perfil
Acompanhe os Blogs da sua conta no google, yahoo e outros. Você pode escolher receber por email informação de novas postagens nos blogs. Fique Ligado.

Carreira Militar

PM é provocada para Greve Nacional

Publicado em 27 de Fev. de 2019


1274 Visualizações


Tudo bem deputado capitão Augusto (PR-SP) querem tratamento diferenciado, tendo direito a horas extras, carga horária extremamente flexível e não exclusividade? ASSIM NÃO DÁ, QUANDO A MAIORIA DOS TRABALHADORES SE SACRIFICAM, INCLUSIVE OS MILITARES DAS FA QUE POSSUEM CARGA HORÁRIA INDEFINIDA.

DECRETAR GREVE GERAL DE PMs É COISA DE BANDIDO.

 

LEMBRAM QUE FUI CONTRA AS PMS JUNTO COM AS FA NA REFORMA? A MEU VER CADA ESTADO QUE CUIDE DOS SEUS PROBLEMAS COM AS POLÍCIAS.

 

                      *** LEIAM ***

Fonte: https://br.financas.yahoo.com    https://br.financas.yahoo.com/noticias/policia-militar-pode-entrar-em-greve-nacional-contra-reforma-da-previdencia-133809157.html?fbclid=IwAR2AwsAwhFFpuwMr72LTe16mPoQ3Fefm5XYBHiIkkjrQHpGrTwahIpOTT6w

 

Polícia Militar pode entrar em greve nacional contra reforma da Previdência

 

As regras para a Previdência contidas na proposta enviada ao Congresso não agradaram aos policiais militares, que cogitam entrar em greve (Lucas Antônio França/Futura Press)

 

Vice-líder do governo desde a última terça-feira, 26, o deputado capitão Augusto (PR-SP) afirmou que a Polícia Militar pode entrar em greve contra a reforma da Previdência.

A notícia foi dada em uma reunião da bancada do partido, e, de acordo com o parlamentar, pode envolver policiais de todo o país caso as novas regras alterem na garantia de mesmo salário para PMs da reserva e da ativa.

Regras desagradam

As regras para a Previdência contidas na proposta enviada ao Congresso não agradaram aos policiais. Segundo eles, as atividades de bombeiros e policiais devem ter um tratamento previdenciário diferente do oferecido às Forças Armadas.

“Eu não vejo as Forças Armadas chamarem homens de 60 anos de idade para fazer o serviço militar. Eles só chamam com 18. E com 20, 22, eles já estão descartando. Ou seja, se tiver uma guerra, as próprias Forças Armadas têm que levar para uma eventual guerra um contingente com vigor físico invejável. Por que a polícia militar, então, tem que trabalhar até os 60, 65 anos?”, indagou o deputado Coronel Tadeu (PSL-SP), em uma reunião realizada na última terça-feira.

Para o parlamentar, ampliar a idade mínima para a aposentadoria pode trazer prejuízos à sociedade. “O que você acha de um senhor de 65 anos de idade portando uma arma, um colete, um cinturão, correndo atrás de um bandido com fuzil? Vigor físico não bate”, indica.

 

 

 

 


DEIXE SEU COMENTÁRIO


O blogueiro não publica comentários ofensivos, que utilizem expressões de baixo calão ou preconceituosas, nem textos escritos exclusivamente em letras maiúsculas. Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor. O blogueiro fará a moderação antes de publicar o comentário.

Aceito receber emails do Portal Militar. Emails de confirmação, avisos, notícias e lembretes. ( Obrigatório )