ATENÇÃO! SEUS REAIS VALEM MILHÕES | Blog Marmosilva-Rio | Portal Militar

Blog Marmosilva-Rio

Quem sou eu? Clique e conheça meu Perfil
Acompanhe os Blogs da sua conta no google, yahoo e outros. Você pode escolher receber por email informação de novas postagens nos blogs. Fique Ligado.

ATENÇÃO! SEUS REAIS VALEM MILHÕES

Publicado em 03 de Nov. de 2008

1028 Visualizações



Boa Tarde! Alguém pode me dizer quanto sobrará, líquido em nossas contas após a mordida do Leão, com relação ao nosso reajuste salarial, porque, pelo que me consta, até garçon esta ganhando de gorjeta, bem mais do que um militar das Forças Armadas Brasileira.
Depois de muito pesquisar e observar o nosso comportamento militar e a falta de educação e cultura para lidar com as finanças pessoal, pude perceber que a nossa ignorância esta cada vez mais enriquecendo os banqueiros, especuladores e oportunistas do mercado financeiro. Imagine os senhores se fossemos uma classe que fizessemos nossas contas com um planejamento anual ao invés de mensal, certamente que a nossa realidade financeira seria outra.
Nós não sabemos guardar, não sabemos comprar, não sabemos investir, e contudo fomos iludidos pelo consumismo americano, preso ao cartão de crédito e cheque especial, onde compramos o que não precisamos e pagamos com o dinheiro que não temos, portanto, estamos perto de ver uma bolha econômica estourar dentro das Forças Armadas, devido a falta de planejamento na busca de empréstimos sob empréstimos oferecidos em cada esquina desse país.
Porque, estou dizendo isso? Ora, primeiro é que também estou inserido nesse contexto , em segundo lugar, estamos vivendo uma crise financeira sem precedentes, mas precisamos aprender com ela. Vejam bem senhores o seguinte: Se cada um de nós ao longo da carreira fossemos educados a guardar na poupança algo em torno de 10% do nosso salário, ou R$ 100,00 todos os meses e vivessemos com os 90% restantes, muitos de nós se aposentaria com uma cifra em reais bem considerável, não vou colocar valores exatos para que todos possam alcançar com seus cálculos o meu raciocínio, e , é claro respeitando a inteligência de cada um dos senhores, pois não acredito em militar burro. ok!
Digamos que após 30 anos de serviço, não precisaríamos trabalhar para mais ninguém, a não ser para manter as nossas economias. Mas alguns irão me questionar sobre o seguinte: 10% é muito, tudo bem, pode ser 5% até 1%, mas deveríamos fazer como os japoneses, Europeus, Chineses ou outras culturas que aprendem desde cedo a guardar, poupar e economizar, evitando o desperdício, ao contrário de nós, onde só nos ensinaram a gastar e muito mal por sinal.
Não investimos em Bolsa de Valores, algo muito comum nos E.U.A e na Europa e demais nações desenvolvidas, não projetamos orçamento familiar para o ano fiscal, ou seja, temos um pensamento de imediatisse que eles, os capitalistas neoliberais implantaram em nossas mentes, porque, sabiam eles que a nossa ignorância macroeconômica, seria para eles uma certeza de lucro certo e ganho fácil através de nosso sacrifício em tomar dinheiro emprestado a juros altíssimos e a longo prazo, para quitar dívidas, ou rolar dívidas como é o caso atual dos militares das Forças Armadas. Por outro lado não juntamos dinheiro para comprar um carro zero, um bem ou um Imóvel, financiamos tudo por longos anos , ou por longos 5 anos ou 60 meses.
Somando tudo isso a ausência de um aumento salarial justo e equitativo por longos 20 anos de governo neoliberal, vamos chegar com facilidade ao entendimento de como os militares das Forças Armadas chegaram ao nível de endividamento, considerado por muitos economistas irreversível, e impagável dentro dos 30 anos de carreira se nada for feito com a máxima urgência, ou seja, levaremos uma dívida da ativa para a inatividade, digo isso, por saber que tem sido a realidade de muitos militares que sofrem problemas psicossomáticos na reserva e chegam até ao óbito devido ao estresse provocado pela falta de planejamento econômico para a aposentadoria.
É por essa razão que disse no ínicio desse blog, que precisamos aprender com essa crise financeira em que nos encontramos, e com certeza, as culturas que passaram por duas guerras mundiais certamente também aprenderam muito com suas crises e ignorância, e não será diferente conosco. Pode ser uma dura realidade ou verdade para alguns, mas fico com a minha consciência tranquila em poder compartilhar um pouco do que tenho aprendido com essa crise toda, e que não tem prazo para acabar, sem que entendemos isso de maneira clara e objetiva.
Faça suas contas, multiplique R$ 100,00 reais guardados a cada mês, por 30 anos, tempo de permanência na carreira militar e verás pelo menos na teôria o quanto temos sidos ingênuos e ignorantes com relação a maneira com que lidamos com a administração das nossas finanças pessoais. É por esse motivo que os Bancos e seus banqueiros batem recordes e mais recordes acima de Bilhões sem pregar um prego, por qual razão vocês acham que Bancos de um país de terceiro mundo, como o Brasil conseguem estar entre os 10 maiores Bancos do planeta.
Deixo essa reflexão na esperança de buscarmos atingir uma maturidade econômica, porque, nem tudo é desgraça, estamos sempre aprendendo com os nossos erros. Faço uma pergunta à todos: Qual o Valor de um erro ?
O Brasil esta bem perto de sua Bolha Tupiniquim. O Brasil está bem perto de viver o mesmo efeito da crise financeira Norte Americana, comumente chamada de Bolha de Crédito Imobiliário, só que a Bolha Brasileira por ser também pelo crédito fácil para qualquer coisa que se deseja adquirir, ou seja, estamos adquirindo bens e serviços sem gerar riquezas.
Os Bancos nos emprestam em longo prazo e com juros altíssimos e nós pela cultura do consumismo americano vamos às compras de maneira compulsiva, e por ter o brasileiro à cultura de bom pagador às coisas ainda não estouraram por aqui, porém, será uma questão de tempo.
O crescimento do crédito fácil no segundo mandato do Presidente Lula, atingiu os índices astronômicos de 39% do PIB, isso certamente não é crescimento econômico auto-sustentável e trará conseqüências drásticas. Agora que a crise mundial se instalou. não se pode acreditar num crescimento somente baseado na festa fiscal que faz o governo com seus gastos em conta correntes, já que o investimento previsto anualmente para o ano fiscal não se realiza, por estar rateado na neoliberal expansão do crédito fácil dos E.U. A, e na valorização da moeda corrente do país, real é claro, isto para não termos inflação, mas como isso não aconteceu. Eles provocam uma crise mundial para valorizar o dólar frente a outras moedas, ou seja, provocando desvalorização de nossa e demais moedas de países credores, disparando com isso os preços de seus produtos industrializados. Como essa expansão econômica não ocorreu, por exemplo: Agora, temos o efeito contrário, com menos crédito e salários desajustados as Forças Armadas e demais categorias e classes operárias tem menos condições de rolarem suas dívidas anteriores, e com a inflação crescendo a renda é corroída e o consumo apela para o crédito fácil novamente e, o que é pior, muitos desse crédito não é nem para o consumo, mas para honrar suas dívidas.
Esse crédito fácil foi bom para os Bancos, para as Montadoras e as Indústrias no início, mas agora poderá se voltar contra todos eles, e, é exatamente o que faz o Presidente Lula, quando edita duas PECs de n. 442 e 443, uma para permitir o governo injetar dinheiro no mercado de câmbio para conter o dólar e ajudar ou socorrer os pequenos Bancos que não conseguem mais captar dinheiro barato lá fora e emprestar mais caro aqui dentro e a outra que autoriza o Banco do Brasil e CEF a comprar essas mesmas instituições financeiras em dificuldades, podendo elas vender suas carteiras de clientes para o BB e CEF. Isto é ou não é uma Bolha preste a explodir Senhores. Não podemos viver sem nos preocuparmos com o nosso futuro quando estamos sendo governados por homens gananciosos e insensíveis, e planos econômicos instavéis, não adianta FMI, BIRD, BNDES, BC, PAC, TESOURO NACIONAL, enfim, nada disso foi capaz de manter a economia mundial estável por pelo menos duas décadas, dianto disso quantas crises já enfrentamos nos últimos 20 anos, e quantas ainda iremos enfrentar, portanto, meus amigos. Lembrem-se guardar pelo menos R$ 100,00 por mês é garantia de uma aposentadoria segura e tranquila. Para àqueles que ainda possam começar a guardar, façam isso e não irão se arrepender.

Atenciosamente! MARMOSILVA-RIO



3 comentários


MARMOSILVA-RIO comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

05 de Nov. de 2008 às

MARMOSILVA-RIO


Onde esta o povo desse portal militar, ninguém mais comenta os meus blogs, ninguém mais fala de política, ninguém decide se vai organizar uma caravana e partir para Brasília, a fim de, definir a situação das PECs, enfim, o que realmente estamos buscamos por meio da ajuda que esse excelente meio de comunicação que é o portal militar, têm nos concedido. O tempo que estamos disperdiçando é muito precioso e pode nos custar muito caro num futuro próximo.




Atenciosamente! MARMOSILVA-RIO


ALENCAR comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

05 de Nov. de 2008 às

ALENCAR
Meu caro,

Talvez as pessoas que leram o seu "blog" ficaram receiosos quanto a ferida exposta, e muitos estão passando por esse problema mas preferem fugir a enfretarem o problema. Uma simples manifestção iria trazer a tona o problema que ninguém quer aceitar: dívidas e mais dívidas. Querem acreditar ainda que somos uma classe com poder de compra igual aos idos anos 70, 80...
Tenho certeza que as 432 leituras aqui realizadas fizeram muita gente chorar, mas preferiram fechar a página e fazer de conta que nada está acontecendo.

ACORDEM!!!!
VAMOS A LUTA!!!!


MARMOSILVA-RIO comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

05 de Nov. de 2008 às

MARMOSILVA-RIO


Meu Caro. ALENCAR. Sinto-me com o sentimento do dever cumprido por saber que existêm pessoas sensatas e com coragem de assim como você, e assim como eu, poder encarar a nossa dura e triste realidade. Foi exatamente com esse espírito que busquei escrever esse blog, pois eu fui humilde e racional em me inserir no contexto, porque, cometi todos os erros que acabo de relatar neste blog e agora, estou lutando contra a minha própria carne na busca de corrigí-los, e juntos tenho plena convicção de que realmente sairemos bem mais forte dessa luta.
Só temos que aceitar a nossa realidade, porque, existêm pessoas em tratamento psiquiátrico por questões econômica, isso já é um caso de saúde pública dentro das Forças Armadas, na verdade os comandantes não querem externar ou tornar público, mas o superendividamento da tropa foi uma jogada de mestre de xadrez, do governo neoliberal, e agora estamos em xeque, perto de tomar um xeque-mate, mas como mais de uma cabeça pensa melhor do que uma, precisamos mais do que nunca da nossa união de forças para sair dessa situação.
Isto começou de uma forma que nenhum de nós pensaria que se instalaria o caos financeiro em nossas contas bancárias e finanças pessoal. Sabia? A minha preocupação não foi assustar, mas chamar à todos para uma responsabilidade de classe e juntos entendermos que os banqueiros e reacionários dessa bolha do crédito fácil não estão preocupados com o nosso desespero muito pelo contrário estão enriquecendo cda vez mais, se pudessemos fazer uma pesquisa de IBOPE, para saber quantas pessoas já fizeram novos empréstimos ou refinanciamento para rolar dívidas do dia 01 de Novembro ayté o dia de hoje, ficaríamos apavorados.
Parece que estamos dentro de um pesadelo e ainda não conseguimos acordar dele. gostei da forma como encerrou o seu comentário do meu Blog. ACORDAM TODOS ! Realmente precisamos despertar todos juntos. Obrigado! pela sensibilidade e palavras de consenso. Estou certo de que somente juntos e unidos saíremos do olho desse furação financeiro que tomou todas as Forças Armadas, e não poupou praças, oficiais ou comandantes.



Atenciosamente! MARMOSILVA-RIO


Este Blogueiro NÃO permite que VISITANTES comentem nesta postagem.
Junte-se a nós ou Entre para comentar!