O SEGREDO – DIVAGAÇÕES PARA MOVIMENTAR O PORTAL. | Blog Goulart | Portal Militar

Blog Goulart

Perfil do troia173
Acompanhe os Blogs da sua conta no google, yahoo e outros. Você pode escolher receber por email informação de novas postagens nos blogs. Fique Ligado.

O SEGREDO – DIVAGAÇÕES PARA MOVIMENTAR O PORTAL.

Publicado em 18 de Jun de 2009

1217 Visualizações


Num artigo anterior em que relatei a vivência de uma semana com a ativa das FFAA (onde fiz uma análise do comportamento diferenciado entre Praças e Oficiais), deixei de relacionar essa obra, para não alongar demasiadamente o texto. Era o tema dominante no período, livro de cabeceira, relíquia e símbolo de sabedoria para a maioria dos militares, e, até hoje, minha caixa postal é poluída por fatias do cansativo conteúdo; por conselhos para uma reanálise, haja vista meu desinteresse, e para que eu reflita sobre a prodigiosa adaptação feita para o cinema.

O SEGREDO foi o maior sucesso de vendas na época, talvez, depois da Bíblia, o livro que mais influenciou a humanidade. Determinou comportamentos, relacionamentos, atitudes, empreendimentos, sempre interligando o sucesso e o insucesso com o otimismo e o negativismo, numa síntese de que o primeiro depende do que escolhemos e desejamos para nossas vidas, e possível, sempre, quando dominamos nossas emoções e nos transformamos numa máquina de alegria e positividade e, o segundo, com a inversão destes conceitos.

Antes mesmo de ler O SEGREDO, comecei a observar as pessoas nas ruas e ver que a maioria trazia um compêndio numa das mãos e um perene sorriso nos lábios. Imediatamente eu relacionava aquele xis forçado com uma errônea aplicação de botox que lhes impedia o fechamento da boca, ou com a leitura do livro milagroso.

Acontece que os ensinamentos do sucesso de vendas não favoreceram 99% dos influenciáveis compradores e os responsáveis, espertamente, já utilizam a Internet, não para se justificarem, mas para culparem os leitores por inaptidão nas interpretações, ignorância e falhas na leitura, especulando as reações sobre o novo tema, para lançarem um previsível sucesso baseado nestas novas teorias. Se fossem honestos e a inteligência sobrepujasse a ganância, teriam levado em conta a incompetência dos consumidores, antes de enganá-los.

Mas é assim que se tornam milionários os espertalhões, tendo-nos como bobos da corte; suas cobaias.

Primeiramente temos que entender o que significam para cada indivíduo as palavras realização e sucesso e depois analisarmos centenas de variáveis não contidas no livro, que possibilitam, dificultam, interferem ou não, na ascensão pessoal e na capacidade criativa das pessoas. Vejamos:

Conheci em Marabá um Cabo, cunhado de uma grande autoridade militar, em que a cordialidade, alegria e realização familiar excediam, em léguas, as do Oficial e da sua família;

Beethoven, quando escreveu a impecável abertura da Sinfonia n 5, deveria estar dominado pela raiva e, feliz, certamente não estaria, quando, velho e surdo, compôs os 90 minutos de beleza e harmonia inigualáveis da Sinfonia n 9;

Grahan Bell somente inventou o telefone e o início de um sistema que revolucionaria o mundo, pela gana de atingir e infernizar um vizinho desafeto;

Bob Dylan é sinônimo de sucesso, pois até hoje idolatra milhares de pessoas pelo mundo, apesar do seu humor de Pit Bull;

O maior sucesso financeiro com o qual convivi, foi um antigo colega dono de várias salas comerciais, hoje na reserva e pastor religioso, que nunca lera algo além das Escrituras Sagradas, mas que tinha uma capacidade ímpar de forçar o repasse dos seus produtos usando o nome de Deus... Como ele, no rol de exemplos do livro, estariam inclusos os nomes de Vivaldi, Salvador Dali, Dantas, Lulinha, Collor, FHC, Lula, Sarney, por exemplo. Nicholas Winton e outros heróis, certamente não.

Mas, vamos, por fim, relacionar O SEGREDO a nós:
O livro discrimina, menospreza, classifica, valoriza o superior e desconhece as limitações das classes inferiores, logo, somos ele, o próprio SEGREDO, vilão deste ultrapassado bloguista; exemplo e inspiração para dezenas de milhares de indivíduos. Ou, nele vivemos, já que somos classes desunidas, em busca de um milagre que nos traga, graciosamente e sem esforços, aquilo que almejamos. Vivemos na esperança de que o inalcançável (nas figuras dum General, Almirante ou Brigadeiro, com quem jamais falaremos), seja nosso guardião, como se apenas o poder dos nossos pensamentos fosse capaz de afetar as emoções destes, para que, sabendo da força que têm, saiam da inércia, readquiram o orgulho perdido e tomem alguma atitude em nosso favor.

Mas, diferentemente do livro, afirmo-lhes: eu não posso tudo, se contar apenas comigo, entretanto, coletivamente seremos invencíveis. Ou vocês acham que os indígenas, o integrantes do M. S. T., da Polícia federal, etc., teriam essa enorme ingerência sobre o Poder, se agissem sozinhos?

Logo, prezados amigos, nenhuma força Cósmica ou Divina lhes dará uma casa, um automóvel novo, dignidade de vida, mesmo que gastem toda energia mental em seus pedidos. Tampouco seria honesto, o Criador, se assim o fizesse, pois o mérito do homem está na conquista e não no implorar. Mas essa conquista somente é possível com salário digno, porquanto, militares corretos não roubam, não trapaceiam e a maioria vive apenas com seus vencimentos. Todavia, para se ter salário justo é necessário, antes, aprender-se algo que não foi assimilado até hoje: respeitar o outro, conquistá-lo ou ser conquistado, para que seja formada uma massa indestrutível, capaz de abrir todas as portas, como fazem as outras categorias. E, para começarmos, uma já está escancarada, há muito tempo: Entrem. Sejam bem-vindos ao Portar Militar.

(Observação: Não é uma chamada minha. A faço em nome dos companheiros que incansavelmente aqui postam, buscando a perpetuação do Site e a união da família militar das três Forças Armadas).

Um abraço a todos.

6 comentários


ivet comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

18 de Jun de 2009 às

ivet
conte comigo. estou contigo.


MARMOSILVA-RIO comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

18 de Jun de 2009 às

MARMOSILVA-RIO

Meu Prezado, amigo Tróia173, isto que acaba de postar não é um blog, mas sim uma obra de arte literária é na verdade uma reflexão capaz de fazer parar e pensar até o mais cético e incrédulo dos militares seja ele praça, oficial ou oficial general. O segredo realmente está na reunião para se ter união, eu falo isso aqui a mais de um ano e o amigo é testemunha disso. Já fiz diversos apelos, mas devo reconhecer que este seu apelo e de um retórica e originalidade irretocável.
Precisamos nos unir ou iremos sucumbir, porque, os políticos corruptos talvez já tenham comprado os nossos comandantes, pois, todo homem tem o seu preço e por fim eles apostam na nossa desunião e covardia. Foi baseado nesta sua visão e neste segredo que postei sobre a democracia privatizada pelo governo civil, que governa com outro regime de governo fascista, comunista, marxista, é lógico sem as Forças Armadas, é claro! Porque, não existe democracia sem Forças Armadas forte e atualizada, quem o diga os E.U.A.
Toda força é fraca se não é unida já dizia (La Fontaine). Quero encerrar este meu comentário endossando o teu apelo por uma união militar, e aproveito para convidar a quem puder comparecer no dia 23 de Junho, quando estarei reunido com a diretoria da ABM, para ali estabelecer metas e buscar ações concretas em prol da nossa classe, pois, estamos sozinho e abandonados, ou os militares se unem os seremos eternos escravos do sistema, precisamos dar um grito por liberdade, justiça e igualdade social . Sem mais, um forte abraço e BRAVO ZULU pelo seu oportuno e reflexivo blog.

Atenciosamente; MARMOSILVA-RIO


Zaryj comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

18 de Jun de 2009 às

Zaryj
Meu caro Troia173,

veja o que o Ministro do STF disse durante o voto de um RE:

"RE 575144/DF, rel. Min. Ricardo Lewandowski, 11.12.2008. (RE-575144)

Asseverou-se, ademais, que qualquer restrição aos direitos e garantias fundamentais, quando expressamente autorizada pelo texto constitucional, somente pode ser concretizada por meio de lei formal."

Na Constituição de 1988, NÃO EXISTE NENHUMA RESTRIÇÃO AOS MILITARES NO QUE TANGE AOS DIREITOS FUNDAMENTAIS!

Exemplo: Direito de Associação e de Reunião!

Se houvesse: teria que ser regulamentada por meio de uma LEI DO CONGRESSO NACIONAL.

O que estão fazendo é usar a discricionaridade para tentar chegar ao finalmente. Mas mesmo a discricionaridade: ela tem como limite a LEI QUE DÁ ESSA COMPETÊNCIA AOS CHEFES MILITARES.

Entretanto, os Comandantes Militares estão fazendo de tudo para EXTINGUIR A APEB (Associação dos Praças do Exercito Brasileiro). Tem em torno de 5 ou mais ações com essa finalidade no judiciário brasileiro.

Na Constituição de 1988, HÁ SOMENTE A RESTRIÇÃO DE SINDICALIZAÇÃO E DE GREVE.

Excelente o teu Texto.

Um abraço



Zaryj comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

18 de Jun de 2009 às

Zaryj
Meu caro Troia173,

veja o que o Ministro do STF disse durante o voto de um RE:

"RE 575144/DF, rel. Min. Ricardo Lewandowski, 11.12.2008. (RE-575144)

Asseverou-se, ademais, que qualquer restrição aos direitos e garantias fundamentais, quando expressamente autorizada pelo texto constitucional, somente pode ser concretizada por meio de lei formal."

Na Constituição de 1988, NÃO EXISTE NENHUMA RESTRIÇÃO AOS MILITARES NO QUE TANGE AOS DIREITOS FUNDAMENTAIS!

Exemplo: Direito de Associação e de Reunião!

Se houvesse: teria que ser regulamentada por meio de uma LEI DO CONGRESSO NACIONAL.

O que estão fazendo é usar a discricionariedade para tentar chegar ao finalmente. Mas mesmo a discricionariedade: ela tem como limite a LEI QUE DÁ ESSA COMPETÊNCIA AOS CHEFES MILITARES.

Entretanto, os Comandantes Militares estão fazendo de tudo para EXTINGUIR A APEB (Associação dos Praças do Exercito Brasileiro). Tem em torno de 5 ou mais ações com essa finalidade no judiciário brasileiro.

Na Constituição de 1988, HÁ SOMENTE A RESTRIÇÃO DE SINDICALIZAÇÃO E DE GREVE.

Excelente o teu texto.

Um abraço


AutoIndustrial comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

18 de Jun de 2009 às

AutoIndustrial
Prezado TROIA173:

Quero fazer coro aos comentários de MARMOSILVA-RIO e ZARYI e acrescentar o seguinte:

Quando Deus "deu" ao povo hebreu a terra prometida, ela (a terra prometida) estava ocupada! E o que houve. Segundo o relato bíblico o povo hebreu teve que pegar em armas para conquista-la! Portanto a "doação divina" teve um preço: muitas vidas foram sacrificadas em prol do objetivo maior que era a conquista e posse da terra prometida.

O que este relato tem a vê com nós das FFAA atualmente! Bem. Se queremos conquistar alguma coisa, temos que "por as mãos nas espadas" e ir à luta! E o primeiro passo é a REUNIÃO para gerar a UNIÃO e daí se traçar planos com metas definidas a serem conquistadas, eis o SEGREDO REVELADO!

Não adianta nós ficarmos aqui nos lamuriando, reclamando, e não tomarmos nenhuma ação! "Ficará tudo como antes no quartel de abrantes!" Já diz o ditado popular.

Parabéns pela sua postagem. Excelente!!!!

E, conforme postou a IVET, estou dentro!!!!

AutoIndustrial.

"Ad Sumus!" - Aqui estamos!!!!


CARDOSOLIRA comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

19 de Jun de 2009 às

CARDOSOLIRA
Meu nobre amigo, também já lí este maravilhoso livro, O SEGREDO, seria bom se pudessemos colocar, os belos ensinamento contido nele em PRÁTICA.
No entanto o problema é bem mais complicado do que podemos imaginar.
Vou enviar-lhe um PPS sobre o ervangélio apócrico de Felipe.
Você vai ver que no início da Criação humana um grave erro foi cometido por (SOPHIA).
Motivo pelo qual, pagamos muito caro, nosso sangue está contaminado até os dias de hoje.

Este Blogueiro NÃO permite que VISITANTES comentem nesta postagem.
Junte-se a nós ou Entre para comentar!