[ Principal | Dúvidas | Política de Publicação | Pesquisa | Denuncie | Colabore ]
[ Colaboradores: Todos | Mais novos ] - [ Textos: Novas | Últimas ]

Você decide se visitantes poderão comentar as contribuições.
 

 
Postada em 12-13-2006. Acessado 2435 vezes.
Título da Postagem:Poema de cacófatos
Titular:Claudia Mazzarella
Nome de usuário:Claumazza
Última alteração em 12-13-2006 @ 11:06 am
[ Avise alguém sobre este texto ]
 

 

No cume daquela serra,
eu plantei uma roseira.
O mato no cume cresce,
a rosa no cume cheira.

Na hora do entardecer,
tudo no cume aparece.
Vagalumes no cume brilham,
cobra no cume aparece.

Quando cai a chuva fina,
salpicos no cume caem.
Lagartos no cume entram,
abelhas no cume saem.

Mas depois qua a chuva cessa,
no cume volta a alegria.
Voltando a brilhar depressa,
o sol que no cume ardia



Bookmark and Share
 

Comentários

  • EJoseA
  • em 15-10-2014 às 0:46

    Senhor Claumazza: esta é uma piada que o LullaMulla certamente apreciaria. Mas talvez não apropriada aqui no Portal Militar.


  • carpa
  • em 27-01-2013 às 19:58

    ESTE É O CUME DO POVÃO, TUDO E MOTIVO DE FELICIDADE.


     
    Outas colaborações de Claumazza
    Veja Mais
    Perfil de Claumazza
    Perfil do Usuário
    JUNTE-SE A NÓS!
    JUNTE-SE A NÓS!
     
     
     
    Portal Militar