Ambra, desconto fraudulento e indevido | Blog Abaixo a Ditadura | Portal Militar

Blog Abaixo a Ditadura

Perfil do rjraposa
Acompanhe os Blogs da sua conta no google, yahoo e outros. Você pode escolher receber por email informação de novas postagens nos blogs. Fique Ligado.

Fato Relevante

Ambra, desconto fraudulento e indevido

Publicado em 02 de Jun de 2015


1946 Visualizações


 Em 15 de abril de 2015, solicitei um empréstimo à Ambra, Associação dos músicos militares do Brasil, no valor de R$ 6.511,00, calculo apresentado no portal de consignações da Marinha do Brasil. Consta no documento fornecido pelo portal da MB o valor liberado de R$ 6.511,00, sendo que o total depositado em minha conta , foi o de R$ 5.730,00, com uma diferença a menor de R$ 781,00, pelo qual vou pagar um valor total de R$ 9.982,08, ou seja 53% de juros sobre os R$ 6.511,00, como posso receber um valor diferente daquilo que eu contratei?

Entrei em contato com a Ambra, e depois de varias tentativas e corte de conversas, o atendente por nome Thiago, disse-me que tratava-se de um seguro , então pedi que me mandasse a apolisse, o que ele desconversou , questionei ainda , que o seguro não é obrigatório , e sim opcional, segundo ele a Ambra trabalha assim .
Em outras financeiras, o que é liberado é o que é depositado , e tenho comprovante bancário para provar o que digo. Tenho a impreção que a Ambra está enganando seus clientes, vou entrar com queixa no procom e aonde for possível , pois quero pagar apenas o que contratei tenho outros financiamentos pela Ambra e sempre achei os valores incompatíveis, vou pedir a um contador para calcular todos pois se houver irregularidades, quero tudo que é meu de volta ( segundo o CDC , em dobro) . Aviso a todos os clientes da Ambra verificar todos os caculos feitos por essa entidade, pois já não é de hoje que ela engana seus associados.Infelizmente não temos outra alternativa , de cair em mãos de financeiras e associações que praticam agiotagem com aval desse governo de comunistas e tiranos.

1 comentários


Slvio

02 de Jun de 2015 às 20:29

Slvio
São aproveitadores da situação precária do trabalhador. Primeiro o estado nos empurra para consumir, consumir e consumir... Compramos o que precisamos e na maior parte das vezes, o que não precisamos. Depois o estado permite esses agiotas oficializados a nos colocar a forca no pescoço. Se não temos para onde correr, denunciar é a única saída.


DEIXE SEU COMENTÁRIO


O blogueiro não publica comentários ofensivos, que utilizem expressões de baixo calão ou preconceituosas, nem textos escritos exclusivamente em letras maiúsculas. Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor. O blogueiro fará a moderação antes de publicar o comentário.

Aceito receber emails do Portal Militar. Emails de confirmação, avisos, notícias e lembretes. ( Obrigatório )