TCU denuncia rombo Bilionário do PT em obras abandonadas | Blog Luis R EB | Portal Militar

Blog Luis R EB

Perfil do luisreb
Acompanhe os Blogs da sua conta no google, yahoo e outros. Você pode escolher receber por email informação de novas postagens nos blogs. Fique Ligado.

Fato Relevante

TCU denuncia rombo Bilionário do PT em obras abandonadas

Publicado em 26 de Out. de 2018


749 Visualizações


Em conjunto, CNJ, STF e Tribunais de Contas vão levantar obras paralisadas no país

http://www.tce.ro.gov.br/index.php/em-conjunto-cnj-stf-e-tribunais-de-contas-vao-levantar-obras-paralisadas-no-pais/

LEVANTAMENTO

Já os representantes do TCU repassaram ao presidente do Supremo levantamento preliminar feito pelo órgão que aponta a existência de 39.894 contratos de obras federais em todo o país, sendo que 14.403 se encontram hoje inacabadas ou estão paralisadas, envolvendo recursos superiores a R$ 140 bilhões.

“São obras estruturantes, como pontes, estradas e viadutos, e de serviços públicos essenciais como Unidades Básicas de Saúde e Unidades de Pronto Atendimento, escolas, creches, dentre outros”, acentuou o presidente do TCU, ministro Raimundo Carreiro.

Ainda segundo o TCU, há muitas obras irregulares e inadequadas, mas as principais causas da paralisação são o abandono pelas empresas construtoras, questões ambientais, projetos desatualizados ou inadequados, pendências legais, dentre outros.

O conselheiro presidente do TCE-RO, Edilson de Sousa, em sua manifestação durante o encontro desta quinta-feira, em Brasília

Por sua vez, o presidente da Atricon, conselheiro Fábio Nogueira, acentuou que os Tribunais de Contas irão, em conjunto com o TCU, identificar as obras paralisadas em todo o país, procurando soluções para que sejam retomadas, se tornem realidade e, assim, sirvam ao povo brasileiro. Segundo ele, aos Tribunais de Contas dos Estados caberá, além de identificar as obras paralisadas, apontar os motivos da paralisação e contribuir para que as obras sejam retomadas.

 

1 comentários


Amiel Ballistra

03 de Nov. de 2018 às 9:44

Amiel Ballistra
Final do Governo Sarney início do Governo Collor. Reportagem feita pelo interior do Estado de Minas gerais mostrou pontes e túneis que ligavam nada a lugar nenhum. Grandes torres de concreto, algumas inacabadas. Na época, disseram que aquele conjunto, iniciado no Governo do General Castelo Branco, serviria para uma ligação ferroviária moderna entre BH e SP. Em algumas propriedades rurais, no sul de Minas, aquelas escavações nas montanhas e as pontes perdidas na natureza, estavam servindo como abrigo para o gado. Podemos ver que esse "jogar dinheiro fora" já é coisa antiga.


DEIXE SEU COMENTÁRIO


O blogueiro não publica comentários ofensivos, que utilizem expressões de baixo calão ou preconceituosas, nem textos escritos exclusivamente em letras maiúsculas. Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor. O blogueiro fará a moderação antes de publicar o comentário.

Aceito receber emails do Portal Militar. Emails de confirmação, avisos, notícias e lembretes. ( Obrigatório )