Rodrigo Maia tira proveito com a Guerra | Blog Liberdade | Portal Militar

Blog Liberdade

Quem sou eu? Clique e conheça meu Perfil
Acompanhe os Blogs da sua conta no google, yahoo e outros. Você pode escolher receber por email informação de novas postagens nos blogs. Fique Ligado.

Homenagem

Rodrigo Maia tira proveito com a Guerra

Publicado em 26 de Fev. de 2019


868 Visualizações


 

* COMO EU DISSE ANTERIORMENTE Vamos agir com "Responsabilidade e Prudencia" Os Estados Unidos só agem com INTELIGÊNCIA ESTRATÉGICA. A AJUDA HUMANITÁRIA DO BRASIL NO MOMENTO NÃO DEVERIA JAMAIS ACONTECER. 

 

* Rodrigo Maia, presidente da Câmara Federal está tirando proveito, a meu ver Rodrigo Maia quer a Presidencia da República.   

Leim o que Rodrigo Maia, disse:

Rodrigo Maia: "Fui contra a participação do Brasil na ajuda humanitária"

Presidente da Câmara disse a jornalistas mais cedo que operação criou "confusão na fronteira brasileira em Roraima". Afirmou também temer a atuação dos EUA: "Eu fui contra a participação do Brasil porque a gente sabia que, por trás dessa ajuda humanitária, havia um encaminhamento diferente por parte dos Estados Unidos. E está feito aí, com mortes, uma confusão na fronteira brasileira em Roraima. Um Estado que já está sofrendo tanto, agora está com mais problemas, como a procura por hospitais."

 
 
 

                        ***LEIAM***

 
 
Fonte: https://brasil.elpais.com       https://brasil.elpais.com/brasil/2019/02/25/internacional/1551120839_135254.html
 

Venezuela: as últimas notícias da crise

Reunião do grupo de Lima reúne Juan Guaidó e Mike Pence. Mourão diz que Brasil não vai intervir na Venezuela: "Sem aventuras”

 

crise na Venezuela ao vivo

Líderes do Grupo de Lima, entre eles o vice-presidente dos EUA, Mike Pence (segundo da esq. para a direita), Juan Gauidó (quinto da esq. à dir), e o vice brasileiro, Hamilton Mourão (nono da esq. para direita), na reunião e, Bogotá, nesta segunda-feira. LUISA GONZALEZ REUTERS

Caracas / São Paulo / Pacaraima (Roraima) 

A tensão nas fronteiras da Venezuela continua e, nesta segunda-feira, líderes do Grupo de Lima se reuniram em Bogotá, na Colômbia, para discutir a crise venezuelana. O vice-presidente dos EUA, Mike Pence, e o autoproclamado presidente interino da Venezuela, Juan Guaidó, participaram do encontro, no qual o Brasil foi representado pelo vice-presidente Hamilton Mourão e pelo chanceler Ernesto Araújo. A reunião acontece após um fim de semana de muita tensão nos limites da Venezuela com seus vizinhos, depois de o presidente Nicolás Maduro mandou fechar as fronteiras para impedir a entrada de caminhões carregados com remédios e alimentos. O bloqueio da ajuda humanitária pelo regime chavista provocou conflitos na Venezuela e em Pacaraima, cidade brasileira que fica na fronteira, com registros de mortes, feridos e com deserção de militares venezuelanos. Em Brasília, Rodrigo Maia, presidente da Câmara, criticou a participação do Brasil na operação: "A gente sabia que, por trás dessa ajuda humanitária, havia um encaminhamento diferente por parte dos Estados Unidos. E está feito aí, com mortes, uma confusão na fronteira brasileira em Roraima."

2 comentários


Avassalador comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

26 de Fev. de 2019 às 6:48

Avassalador
O que é fato é que erramos sim, e em momento inoportuno lançamos ajuda humanitária para satisfazer desejos ESTRATÉGICOS dos EUA. No momento o meu sentimento é de decepção com a nossa "Alta Cúpula Militar". Melhor expressar com a verdade que a traição.


José

26 de Fev. de 2019 às 17:36

José
Contra ajuda HUMANITÁRIA, Ah sim também foi contra envio de recursos para construção de porto em cuba?, hospital na África? etc... ii desculpa era outro governo. Se quer ser presidente, pode se candidatar lá na Venezuela é mais rápido, haverá eleição logo.

 

 
Avassalador comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

26 de Fev. de 2019 às 18:06

Avassalador
Concordo contigo José, mas venhamos e convenhamos, ajuda humanitária para a Venezuela no atual momento é o mesmo que afrontar e chamar o ditador para a guerra. Arrego não é assim, não é isso que queremos. Preocupante.


DEIXE SEU COMENTÁRIO


O blogueiro não publica comentários ofensivos, que utilizem expressões de baixo calão ou preconceituosas, nem textos escritos exclusivamente em letras maiúsculas. Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor. O blogueiro fará a moderação antes de publicar o comentário.

Aceito receber emails do Portal Militar. Emails de confirmação, avisos, notícias e lembretes. ( Obrigatório )