Minsistro da defesa na TV cultura | Blog do Oficial da Reserva da Marinha | Portal Militar

Blog do Oficial da Reserva da Marinha

Quem sou eu? Clique e conheça meu Perfil
Acompanhe os Blogs da sua conta no google, yahoo e outros. Você pode escolher receber por email informação de novas postagens nos blogs. Fique Ligado.

Marinha

Minsistro da defesa na TV cultura

Publicado em 02 de Out. de 2007


1653 Visualizações


Pessoal, somente hoje fiquei sabendo que o nosso ministro da Defesa participou de uma entrevista na TV Cultura. Alguém pode informar se ele falou alguma coisa importante sobre nossa carreira? Seus projetos e planos para com os militares? Ou se dedicou somente a falar do caos aéreo?
Um abraço a todos.

5 comentários


02 de Out. de 2007 às

Assisti a entrevista sem perder uma só palavra, tanto dos entrevistados quqnto dos entrevistadores. O que achei mais interessante foi que, no início do programa, o apresentador fisse que o programa estava sendo apresentado "ao vivo" e que as pessoas poderiam participar atravéz do telefone citado. Acontece que durante toda a entrevista não houve qualquer pergunta de um telespectador e, por outro lado, será que ninguém telefonou solicitanto informações através do ministro Nelson Jobim sobre o tão falado reajuste dos militares? Tenho absoluta certeza de que foi feito um acordo entre o ministro da Defesa e a produção do programa "Roda Viva" para que se houvesse alguma ligação a respeito de reajuste salarial, não fosse levado ao ar. É de se acreditar que não aconteceu isso? Onde estão os princípios democráticos?

LUIZ CARLOS CAVALCANTI
Natal-RN, 02 Out 2007.


02 de Out. de 2007 às

Eu assisti toda entrevista, não houve pergunta ou comentário sobre remuneração dos militares como estava previsto, com certeza como sempre enganados. Perdi meu tempo, mas é aquele ditado: "O povo tem o governo que merece"; ou seja: "Os militares tem o Ministro que merece". Roberto Cardoso 02/10/2007


02 de Out. de 2007 às

Esta entrevista foi um lixo. perdi meu tempo. Este Ministro da Defesa é mais um político enganador. Está na hora dos militares dar um basta nesta anarquia que tomou conta do País.Me sinto envergonhado com o que estão fazendo com os militares de nosso BRASIL.

Carlos Eduardo 02/10/2007


02 de Out. de 2007 às

Fiquei decepcionado com esse Ministro da Defesa e com os jornalistas
do programa, foi tudo armado e combinado.È mais uma farça deste governo incompetente e corrupto.


Petrocchi comentou. Clique aqui para ver seu perfil.

03 de Out. de 2007 às

Petrocchi
Enviei duas perguntas ao Roda Viva de ontem, mesmo sabendo que não seriam feitas: Qual é o conceito que o Ministro faz do militar brasileiro? Qual é o conhecimentto, mesmo que seja superficial, que o Ministro tem da vida na caserna?
Não gostei da entrevista (não que isso vá incomodar a alguém) no seu todo. Não podemos nos esquecer que a TV Cultura é sustentada com dinheiro público. Não podemos, também, ficar pensando que produção iria se "incomodar" em defender salários de uma classe. O único representante (e não estava ali para nos representar) dos militares (classe sob o mando do Ministro) presente era o seu Ajudante de Ordens (trajado civilmente). Das pessoas que estavam fazendo perguntas apenas uma tinha verdadeiro conhecimento do assunto "Defesa", o jornalista do Estadão (um senhor de barba - não lhe guardei o nome).
Quanto às respostas do Ministro, uma vez que outra eu prestava mais atenção. Ele já sabe, por exemplo, que existem águas marrons e águas azuis, por onde singram naves da nossa Marinha. Defendeu o fim das questões relativas ao período da Ditadura ("Não podemos ficar perdendo tempo esmiuçando o passado. Temos que trabalhar para fazer o futuro", mas no bojo da resposta não veio o motivo pelo qual não devemos esmiuçar o passado). Defendeu o reaparelhamento das Forças, mas esqueceu-se de valorizar os homens que as compõem - coloque-se um aparelho caríssimo nas mãos de um profissional mal pago e sem treinamento (caro) para operá-lo e verão o estrago. Nesse particular caso, exigem dos controladores que falem fluentemente o inglês sem proporcionar-lhes os meios para isso. Dependendo do local, existem controladores que nunca operaram com uma aeronave que necessitasse do idioma. Os que o fazem, fazem em qual percentual dos caso? 20% das vezes? 30, 40%???Um língua estrangeira, para ser falada com fluência, necessita que o seu emissor tenha vivido por um bom tempo num país que empregue aquela língua. Expressões corriqueiras e próprias de outro idioma não se aprendem em bancos escolares. Quem vai bancar?
Gostei, entretanto, de quando respondeu a uma pergunta a respeito de "expiação de culpas", a respeito do período da "ditadura": ele disse que as Forças já pagaram, e muito, com o seu contínuo sucateamento - alguém duvida? Ele quer reparar isso.
Mas, o Ministro não deve se esquecer do principal: as Forças são, prioritariamente, guarnecidas por SERES HUMANOS!!!
Abraços.
Alberto de Melo Petrocchi SO Ref


DEIXE SEU COMENTÁRIO


O blogueiro não publica comentários ofensivos, que utilizem expressões de baixo calão ou preconceituosas, nem textos escritos exclusivamente em letras maiúsculas. Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor. O blogueiro fará a moderação antes de publicar o comentário.

Aceito receber emails do Portal Militar. Emails de confirmação, avisos, notícias e lembretes. ( Obrigatório )
Últimos Posts Anterior<< Denunciar