Ainda não se cadastrou? Junte-se a nós | Entrar Anuncie Já | Bate-Papo | Proposta
Portal Militar - Paixão pelo Brasil
Fórum de assuntos militares

Adicione ao Google Reader ou Página Principal | Adicione ao Yahoo Reader ou Página Principal |
Receba no email as atualizações no fórum: Parceria: FeedBurner
Portal Militar :: Exibir tópico - Temos que dar um basta. Paralização já!
 FAQFAQ   PesquisarPesquisar   GruposGrupos   PerfilPerfil   Entrar e ver Mensagens PrivadasEntrar e ver Mensagens Privadas   LoginLogin 

Temos que dar um basta. Paralização já!

 
Novo Tópico   Responder Mensagem    Portal Militar - Fórum -> Exército
Exibir mensagem anterior :: Exibir próxima mensagem  
Autor Mensagem
HUGORIBEIRO
Newbie
Newbie


Cadastrou-se em: 30 May, 2008
Mensagens: 20

PostEnviada: 18 07 2012, 21:54    Assunto: TEMOS QUE DAR UM BASTA PARALIZAÇÃO JÁ Responder com Citação

BOA NOITE CAZERNA, MATÉRIA DE VÁRIOS JORNAL ESCRITO E TELEVISIVO:
FUNCIONALISMO PARADO:
ARQUIVO NACIONAL, FUNASA, FUNAI, HOSPITAL MILITAR, (HFA) INSTITUTO DE PRIORIDADE INDUSTRIAL (INPI) E IBGE.

MINISTÉRIOS:
SAÚDE, TRABALHO, PLANEJAMENTO, INTEGRAÇÃO NACIONAL, DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO, AGRICULTURA E JUSTIÇA.

ANATEL, ANVISA, ANEEL, ANAC, ANTAQ, ELETROBRÁS, PROFESSORES DE INSTITUTO, PROFESSORES UNIVERSITÁRIOS FEDERAIS .


E PERGUNTO CADÊ NÓS DAS FFAA??????????????????

POR QUE NÓS MILITRES SEJAMOS INATIVOS OU ATIVOS PARALIZAMOS TAMBÉM !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!


V A M O S F A Z E R M O T I M JÁ......


TEMOS QUE TER ATITUDE
Voltar ao Topo
Perfil do Usuário Enviar Mensagem Privada Enviar Email Yahoo Messenger
WIDINER
Newbie
Newbie


Cadastrou-se em: 06 Jul, 2011
Mensagens: 1

PostEnviada: 18 07 2012, 22:47    Assunto: Responder com Citação

O BIZU E " UM DIA SEM FARDA", VAMOS FICAR PRESOS POREM TEREMOS COMIDA E CAMA PRA DORMIR
Voltar ao Topo
Perfil do Usuário Enviar Mensagem Privada
Volverine
Newbie
Newbie


Cadastrou-se em: 11 Sep 2006
Mensagens: 44
Estado: Rio Grande do Norte

PostEnviada: 18 07 2012, 22:57    Assunto: Responder com Citação

Na hora H mesmo os maiores agitadores são os primeiros a desaparecer. Militar tem que usar a cabeça e amadurecer. Eu li um texto aqui no portal não me lembro mais onde que mostra um caminho para a saída, formando uma bancada de militares. Só que leva tempo e estamos atrasados. O resto é papo de agitador.
_________________
Brasil! Acima de tudo!
Voltar ao Topo
Perfil do Usuário Enviar Mensagem Privada
HUGORIBEIRO
Newbie
Newbie


Cadastrou-se em: 30 May, 2008
Mensagens: 20

PostEnviada: 19 07 2012, 9:04    Assunto: Responder com Citação

Aqui em Juiz de Fora estou e tem pessoas a disposta a sair na rua para protestar porém em um universo """BRASIL""" Juiz de Fora é uma agulha no palheiro, quanto militar na politica concordo contigo. 1º o militar da ativa e inativo mudar seu domicilio eleitoral. 2º apoiar e puxar voto para o candidato militar, 3º temos que ser politizado para conscientizar o menos esclarecido.
Voltar ao Topo
Perfil do Usuário Enviar Mensagem Privada Enviar Email Yahoo Messenger
sarbrasil
Newbie
Newbie


Cadastrou-se em: 29 Mar, 2012
Mensagens: 14

PostEnviada: 21 07 2012, 9:26    Assunto: Vai acontecer Logo Logo Responder com Citação

Temos visto muitos falando (escrevendo) sobre a dificuldade de fazer com que os militares se manifestem publicamente mostrando a cara, como fazem seus companheiros de Portugal e outros países. Nós e vários advogados consultados não percebemos nenhuma vedação legal a esse tipo de manifestação, já que salário não é assunto de serviço e a Constituição garante a todos o direito de cobrar de nossos governantes o cumprimento do que foi prometido (e assinado). Portanto, militares podem sim se manifestar publicamente, seria mais digno estarem com suas esposas do que mandá-las e tentar ver pela TV. Aliás, nem ver pela TV se consegue, pois as redes de comunicação não se interessam pelo assunto, resta tentar ler na Veja Online, ou em sites da rede militar. (http://sociedademilitar.com)

Quanto a “indisposição” dos militares em tomar iniciativas próprias, o cientista Canadense Erving Goffman (1974. p.11) cunhou uma teoria interessante que explica essa questão. “O que ocorre com os alunos das escolas militares e com internos de outras instituições fechadas, como manicômios e prisões é que estes, são despersonalizados, ou seja, passam a corresponder ao padrão esperado para a instituição - é a “mortificação do eu” - termo também bastante usado nas igrejas evangélicas quando o fiel opta pela fé cristã, e ao abandono de todos os vícios e costumes que tinha antes de se decidir por Jesus Cristo. Celso Castro (1990) em seu trabalho sobre a Academia Militar das Agulhas Negras utiliza a frase muito apropriada: “Remoção do kit de identidade do mundo de fora”.

O novo-homem é reconstruído de acordo com a necessidade da instituição, o objetivo é fazer com que se sinta parte de um corpo, se comportando da forma que necessita este corpo. Na verdade as forças armadas denominam algumas de suas subdivisões exatamente assim, Corpo de praças da Armada, Corpo auxiliar feminino etc. Assim o militar preparado para ser um soldado de forças especiais vai adquirir um perfil mais rude, rigidamente militarizado devendo obedecer cegamente às ordens, enquanto um oficial do corpo de intendentes ou um cabo mecânico de aviões da FAB serão tipos menos militarizados.

Além da profanação do corpo do neófito, que ocorre geralmente no trote, um dos muitos ritos de passagem que sofrerá durante sua vida na caserna, ocorre também nas escolas militares o furto da principal característica identitária do indivíduo - seu próprio nome - que lhe acompanha desde o nascimento. Este repentinamente é-lhe tirado, recebe então um número, ou um novo nome, afinal é um processo de (des) construção total. É então “batizado” com um nome de guerra, que será usado por toda sua vida de militar.

O suposto recruta José Maria da Conceição Lopes, se pudesse escolheria como nome de guerra, Lopes, ou José. Mas, certamente, numa relação lúdico - autoritária, receberia como resposta dos alunos mais antigos, que seu direito é não ter direitos e provavelmente ganharia como nome de guerra outra parte menos desejável de seu sobrenome, doravante passaria a ser chamado de recruta “Maria” ou “Conceição”.

Os militares são indivíduos totalmente reconstruídos, todos os seus instintos e tendências os levam a agir em favor da instituição. Guerreiros e hábeis operadores das táticas e instrumentos da guerra, são adestrados para serem dóceis o suficiente para se submeterem a situações extremas de estresse, dor e excesso de trabalho. Um sargento de dois metros de altura, acostumado a passar várias semanas longe da família em operações na selva comendo o que achar por lá, com cursos de operações especiais, artes marciais e mergulhador, pode estraçalhar um homem com as mãos, nunca sentir pena de um inimigo e lutar até a morte por seu país. Porém, paradoxalmente, estranhamente (e todo militar sabe disso), se um primeiro tenente temporário de um metro e sessenta de altura lhe ameaçar de fazer com que fique preso no quartel por um dia é muito possível que esse sargento caia em prantos, chorando copiosamente.

Se algum militar pensar em contestar o sistema em que vive, terá que vencer primeiro seu próprio espírito militar, pois a princípio lhe parecerá a si mesmo estar agindo de forma errada. Sua razão pode até lhe indicar um comportamento, mas seus instintos militares, muito mais fortes, vão lhe impor a atitude esperada para um soldado. Do livro Militares pela Cidadania. Autor: Robson A.Silva. // Fonte: http://sociedademilitar.com
Voltar ao Topo
Perfil do Usuário Enviar Mensagem Privada
verdade
Newbie
Newbie


Cadastrou-se em: 15 Feb 2008
Mensagens: 53

PostEnviada: 22 07 2012, 8:32    Assunto: Cabeça no lugar Responder com Citação

Volverine escreveu:
Na hora H mesmo os maiores agitadores são os primeiros a desaparecer. Militar tem que usar a cabeça e amadurecer. Eu li um texto aqui no portal não me lembro mais onde que mostra um caminho para a saída, formando uma bancada de militares. Só que leva tempo e estamos atrasados. O resto é papo de agitador.

Talvez eu e você representamos a maioria dos militares que conscientes sabemos das nossas limitações e deveres constitucionais e respeitamos o desejo do povo mesmo que seja contrario ao nosso interesse. Nunca perdi minha identidade pessoal e sempre tive orgulho do meu nome de guerra um nome de família. Atualmente essa pratica esta sendo usada no meio civil e as pessoas sendo conhecidas pelo seu sobrenome.
Voltar ao Topo
Perfil do Usuário Enviar Mensagem Privada
HUGORIBEIRO
Newbie
Newbie


Cadastrou-se em: 30 May, 2008
Mensagens: 20

PostEnviada: 23 07 2012, 14:46    Assunto: Re: Cabeça no lugar Responder com Citação

CONCORDO PLENAMENTE, MAS PARA QUE FAÇAMOS OU MOBILIZAMOS A FAMÍLIA MILITAR, TEMOS QUE VOTAR EM MILITAR CANDIDATO. ALGUNS DE NÓS TEMOS QUE COLOCAR A CARA PARA BATER E ISSO EU VOU TENTAR AQUI EM JUIZ DE FORA JUNTO COM OUTROS MILITARES ATÉ MESMO SUAS RESPECTIVAS ESPOSAS, ESPERO QUE OUTROS MILITARES ESPALHADOS PELO BRASIL POSSAM FAZER O MESMO. A BANDEIRA QUE TEMOS QUE LEVANTAR SÓ NÓS MILITARES QUE FAREMOS MAS NINGUÉM
Voltar ao Topo
Perfil do Usuário Enviar Mensagem Privada Enviar Email Yahoo Messenger
HUGORIBEIRO
Newbie
Newbie


Cadastrou-se em: 30 May, 2008
Mensagens: 20

PostEnviada: 24 07 2012, 22:28    Assunto: Responder com Citação

RAPIDINHA - Militares se MANIFESTANDO POLITICAMENTE. Sim, vai acontecer.

fonte: site www.sociedademilitar.com/

Temos visto muitos falando (escrevendo) sobre a dificuldade de fazer com que os militares se manifestem publicamente mostrando a cara, como fazem seus companheiros de Portugal e outros países. Nós e vários advogados consultados não percebemos nenhuma vedação legal a esse tipo de manifestação, já que salário não é assunto de serviço e a Constituição garante a todos o direito de cobrar de nossos governantes o cumprimento do que foi prometido (e assinado). Portanto, militares podem sim se manifestar publicamente, seria mais digno estarem com suas esposas do que mandá-las para a batalha e tentar ver pela TV. Aliás, nem ver pela TV se consegue, pois as redes de comunicação não se interessam pelo assunto, resta tentar ler na Veja Online, ou em sites da rede militar.

Quanto a “indisposição” dos militares em tomar iniciativas próprias, o cientista Canadense Erving Goffman (1974. p.11) cunhou uma teoria interessante que explica essa questão. “O que ocorre com os alunos das escolas militares e com internos de outras instituições fechadas, como manicômios e prisões é que estes, são despersonalizados, ou seja, passam a corresponder ao padrão esperado para a instituição - é a “mortificação do eu” ...[b]
Voltar ao Topo
Perfil do Usuário Enviar Mensagem Privada Enviar Email Yahoo Messenger
Juvenal
Newbie
Newbie


Cadastrou-se em: 01 Sep 2006
Mensagens: 53
Estado: Acre

PostEnviada: 26 07 2012, 12:32    Assunto: Responder com Citação

Como percebemos a enorme maioria militar não se deixa enganar por explicações singelas e sem fundamentos legais. Constitucionalmente somos enquanto militares diferente dos outros servidores públicos o que não nos garante os mesmos direitos. Por isso os militares das FFAA não fazem greves nem mesmo se manifestam publicamente quando na ativa. Militares tem superiores que devem zelar pela tropa. Se isso não está ocorrendo, não justifica se expor e acabar com uma vida e uma carreira. Como o PT fez se organizando durante anos para chegar ao poder, a sociedade também pode se organizar para colocar seus representantes no poder. Instrua cada amigo, colega e parente sobre o poder do voto e vote bem.
_________________
MILITAR VOTA EM MILITAR. VAMOS ELEGER UM MILITAR NAS PR�XIMAS ELEI��ES E MELHORAR NOSSA REPRESENTATIVIDADE NAS DIVERSAS CASAS LEGISLATIVAS.
Voltar ao Topo
Perfil do Usuário Enviar Mensagem Privada Enviar Email
Mostrar os tópicos anteriores:   
Novo Tópico   Responder Mensagem    Portal Militar - Fórum -> Exército
Todos os horários são GMT - 3 Horas
Página 1 de 1

 

Ir para:   
Postar no fórum: Não permitido para visitantes anônimos.
Responder Tópicos Não permitido para visitantes anônimos.
Editar Mensagens: Não permitido para visitantes anônimos.
Excluir Mensagens: Não permitido para visitantes anônimos.
Votar nas Enquetes: Permitido.
Permitido anexar arquivos
Permitido fazer download

Powered by phpBB © 2001-2008 phpBB Group