Ainda não se cadastrou? Junte-se a nós | Entrar Anuncie Já | Bate-Papo | Proposta
Portal Militar - Paixão pelo Brasil
Fórum de assuntos militares

Adicione ao Google Reader ou Página Principal | Adicione ao Yahoo Reader ou Página Principal |
Receba no email as atualizações no fórum: Parceria: FeedBurner
Portal Militar :: Exibir tópico - Gays nas forças armadas
 FAQFAQ   PesquisarPesquisar   GruposGrupos   PerfilPerfil   Entrar e ver Mensagens PrivadasEntrar e ver Mensagens Privadas   LoginLogin 

Gays nas forças armadas
Ir à página 1, 2  Próximo
 
Novo Tópico   Responder Mensagem    Portal Militar - Fórum -> Gays e Lésbicas nas Forças Militares
Exibir mensagem anterior :: Exibir próxima mensagem  

Já trabalhou com algum militar do sexo masculino afeminado?
Sim
70%
 70%  [ 19 ]
Não
29%
 29%  [ 8 ]
Total de Votos : 27

Autor Mensagem
teotonio2
Newbie
Newbie


Cadastrou-se em: 30 Sep 2007
Mensagens: 52
Estado: Espírito Santo

PostEnviada: 05 02 2010, 10:31    Assunto: Gays nas forças armadas Responder com Citação

Falsa moral. Para malhar aparecem vários defensores da causa gay. Agora quero ver as pessoas falarem como pensam realmente sobre os gays. Amigos, já existem homossexuais nas forças armadas. Sempre existiram. Em qualquer lugar do planeta existem. A diferença é que os homossexuais das forças armadas se comportam como se não o fossem. Eles sabem se portar conforme o local que escolheram para trabalhar. E são até muito "machos" quando precisa ser, por força do trabalho. A diferença é que sabem que lá nas forças armadas não há espaço para pederastia, punida disciplinarmente.
Agora imaginem se for tudo liberado? Acredito não haver espaço para a libertinagem.
Concordo com o general.
Já ouvi diversos comentários ao longo dos meus vários anos afastado da caserna de heterossexuais sobre gays. Ninguém quer eles por perto quando têm o poder de decisão.
Exemplo: no meu mestrado um professor declarou numa roda de bate-papo: se tiver que escolher entre dois alunos qual vai cursar as disciplinas, opto pelo "normal". E por aí vai. Ao meu ver o general foi sincero e disse o que realmente vai ocorrer se, na frente da tropa, um comandante gay se apresentar.
Duvido que, num concurso para juíz, desembargador, ministro do supremo e etc, seja aceito um candidato gay, afeminado, que ande rebolando, com silicone nos peitos e por aí vai. Eles cortam logo no processo de admissão. Falar dos outros é fácil.
_________________
Assuma sempre sua responsabilidade.
Voltar ao Topo
Perfil do Usuário Enviar Mensagem Privada Visitar a homepage do Usuário
heitor
Newbie
Newbie


Cadastrou-se em: 17 Jun 2006
Mensagens: 55
Estado: SP

PostEnviada: 05 02 2010, 10:45    Assunto: Responder com Citação

Ouvi na TV que alguns países permitem o ingresso de gays nas forças armadas. Consultei na net e colo aqui o resultado da pesquisa:

Fonte: "International Gay Lesbian Association" (Ilga).
Locais onde não há restrição a gays nas Forças Armadas.

A lista foi revisada por um instituto de políticas públicas ligado à Universidade da Califórnia em Santa Bárbara. A última realização foi feita em junho de 2009.

Os países

A lista de países que admitem gays nas Forças Armadas é composta por:

África do Sul - Alemanha - Austrália - Áustria - Bahamas - Bélgica - Canadá - Dinamarca - Eslovênia - Espanha - Estônia - Finlândia - França - Holanda - Irlanda - Israel - Itália - Lituânia - Luxemburgo - Noruega - Nova Zelândia - Reino Unido - República Tcheca - Suécia - Suíça - Uruguai

São pouquíssimos como se pode ver. Reparem que EUA não está na lista.
Voltar ao Topo
Perfil do Usuário Enviar Mensagem Privada Enviar Email Visitar a homepage do Usuário
Zaryj
Newbie
Newbie


Cadastrou-se em: 29 Mar 2008
Mensagens: 117

PostEnviada: 05 02 2010, 12:10    Assunto: Responder com Citação

Minha opinião a respeito desse assunto é a seguinte:

Na hora que o país estiver em perigo, - NECESSITAMOS DE TODOS OS SEUS RESIDENTES QUE POSSAM AUXILIAR NA DEFESA E MANUTENÇÃO DA INTEGRIDADE TERRITORIAL DA NAÇÃO! NÃO IMPORTA SUA OPÇÃO RELIGIOSA, SEXUAL, ETNÍA, GRAU DE CULTURA ETC.

Todos têm que pegar em armas!

Tenho dito!

Um abraço
_________________
Não permitas que os outros decidam tudo o que te diz respeito na vida! Depois, possivelmente, poderás não ter a menor oportunidade de modificá-los! Pense nisso!
Voltar ao Topo
Perfil do Usuário Enviar Mensagem Privada
X-men
Newbie
Newbie


Cadastrou-se em: 19 Jun 2006
Mensagens: 68
Estado: SP

PostEnviada: 05 02 2010, 16:34    Assunto: E quando não estivermos em perido, como ocorre há décadas? Responder com Citação

[quote="Zaryj"]Minha opinião a respeito desse assunto é a seguinte:

Na hora que o país estiver em perigo, - NECESSITAMOS DE TODOS OS SEUS RESIDENTES QUE POSSAM AUXILIAR NA DEFESA E MANUTENÇÃO DA INTEGRIDADE TERRITORIAL DA NAÇÃO! NÃO IMPORTA SUA OPÇÃO RELIGIOSA, SEXUAL, ETNÍA, GRAU DE CULTURA ETC.

Todos têm que pegar em armas!

Tenho dito!

Um abraço[/quote]

qual a sua opinião? Seja mais específico, pois entendi que você não é contra a presença de homossexuais nas forças armadas.
como disse o colega teotonio e o general, homossexuais já temos em nossas fileiras. Apenas eles se comportam dignamente e não deixam transparecer sua opção sexual dentro do quartel (na maioria esmagadora dos casos). Fora dos quartéis, desde que não sejam pegos, vivem a vida deles, como vivemos a nossa, mas sempre à disposição das forças armadas.
Quando na ativa, uma vez presenciei uma cena ilária: um tenente que havia passado para a reserva ex-offico teve (não sei os detalhes) que retornar para o serviço ativo. O fato é que ao chegar, o oficial estava com "peitinho". Tinha implatado silicone no peito pois achava que não retornaria mais ao serviço ativo.
Claro gerou uma grande polêmica na ocasião. Claro o oficial ficou com a autoridade bastante comprometida perante os subordinados. O general tem razão quando chama a atenção para este fato.
Voltar ao Topo
Perfil do Usuário Enviar Mensagem Privada Visitar a homepage do Usuário
Zaryj
Newbie
Newbie


Cadastrou-se em: 29 Mar 2008
Mensagens: 117

PostEnviada: 05 02 2010, 20:51    Assunto: Responder com Citação

Meu caro X-men, sendo advogado, sigo o que prevê a Constituição. Sem discriminar ninguém.

É isso.

Um abraço
_________________
Não permitas que os outros decidam tudo o que te diz respeito na vida! Depois, possivelmente, poderás não ter a menor oportunidade de modificá-los! Pense nisso!
Voltar ao Topo
Perfil do Usuário Enviar Mensagem Privada
BAR8601
Newbie
Newbie


Cadastrou-se em: 24 Nov 2007
Mensagens: 80
Estado: Rio de Janeiro

PostEnviada: 05 02 2010, 22:06    Assunto: Responder com Citação

Zaryj escreveu:
Meu caro X-men, sendo advogado, sigo o que prevê a Constituição. Sem discriminar ninguém.

É isso.

Um abraço

Francamente!

Que me desculpem os que teem entendimento diferente, mas um general designado à assumir um cargo de extrema importância no judiciário castrense, que invariavilmente irá se defrontar com julgados pertinentes a opção sexual do indivíduo, e de antemão já demostrar sua abominação perante a causa homossexual, por sí só demonstra a total falta de isenção ou isonomia para julgar alguém. tornando-se invarialvelmente incompatível a ocupar um cargo de tamanha importância.

Mas uma vez percebemos que nossos oficiais generais não estão nem aí para a Constituição, que dirá para os seus subordinados.

Não devemos nos esquecer que o Juíz aplica a Justiça representando o Estado, fundamentado em suas leis constituídas e não vislumbrando que é o próprio Estado, ou que está acima dele.

toda discriminação deverá ser reprimida.

BAR8601
_________________
O PREÇO DA LIBERDADE É A ETERNA VIGILÂNCIA
Voltar ao Topo
Perfil do Usuário Enviar Mensagem Privada Enviar Email Visitar a homepage do Usuário Endereço de AIM Yahoo Messenger MSN Messenger
runnerba
Newbie
Newbie


Cadastrou-se em: 07 Feb, 2010
Mensagens: 1

PostEnviada: 07 02 2010, 20:40    Assunto: QUESTÃO GAY Responder com Citação

Citação:
A diferença é que sabem que lá nas forças armadas não há espaço para pederastia, punida disciplinarmente.
Agora imaginem se for tudo liberado? Acredito não haver espaço para a libertinagem.
Concordo com o general.
Já ouvi diversos comentários ao longo dos meus vários anos afastado da caserna de heterossexuais sobre gays. Ninguém quer eles por perto quando têm o poder de decisão.
Exemplo: no meu mestrado um professor declarou numa roda de bate-papo: se tiver que escolher entre dois alunos qual vai cursar as disciplinas, opto pelo "normal". E por aí vai. Ao meu ver o general foi sincero e disse o que realmente vai ocorrer se, na frente da tropa, um comandante gay se apresentar.
Duvido que, num concurso para juíz, desembargador, ministro do supremo e etc, seja aceito um candidato gay, afeminado, que ande rebolando, com silicone nos peitos e por aí vai. Eles cortam logo no processo de admissão. Falar dos outros é fácil.

Pessoal, somente tenho uma coisa a dizer sobre a "causa gay": São uma minoria que berra muito. Nunca vi tanta bagaceira junta. Se fizessem igual a um amigo de faculdade, que era (é) homossexual assumido, porém não faz nenhum alarde de sua opção (a dignidade que o General falou) e todos respeitam. Essa é a diferença. O problema que tem alguns que são e fazem questão de mostrar pra todos que são - esse é o grande erro (exibicionistas). A profissão Militar se reveste de requisitos de PROBIDADE muito acima dos exigidos na vida civil. O Militar tem que ser um EXEMPLO de boas maneiras, Exemplo de familiar e com uma vida imaculada para a sociedade. Creio que determinados indivíduos não tem condições para envergar a farda, com determinadas opções que não são comuns na sociedade. Aliás, o EXEMPLO de família é a tradicional, e o EXEMPLO de pessoa é o sexo e opção sexual do nascimento. Quem é Militar sabe que, se o sujeito se separa da mulher, as próprias mulheres dos outros militares não aceitam a "segunda mulher", que fica "sobrando" nas reuniões sociais. Somos um grupo "fechado", com regras próprias. Portanto, essa "questão Gay" nem deveria existir. Somos tradicionalistas nessa questão. Até nos EUA, que é o país com o maior contingente militar do mundo não aceita Gays.
Voltar ao Topo
Perfil do Usuário Enviar Mensagem Privada Visitar a homepage do Usuário
teotonio2
Newbie
Newbie


Cadastrou-se em: 30 Sep 2007
Mensagens: 52
Estado: Espírito Santo

PostEnviada: 07 02 2010, 21:40    Assunto: Responder com Citação

Amigos, a questão é que existem comportamentos diferentes entre os homossexuais, conforme eles se autodenominam.
Por exemplo: transexuais e travestis.
Admitir um homossexual é perigoso, ao meu ver. Nas forças armadas existem homossexuais, mas não conheci nunca um travesti, um transexual, que também são homossexuais.
_________________
Assuma sempre sua responsabilidade.
Voltar ao Topo
Perfil do Usuário Enviar Mensagem Privada Visitar a homepage do Usuário
stebsm
Newbie
Newbie


Cadastrou-se em: 11 Feb, 2010
Mensagens: 31

PostEnviada: 24 02 2010, 15:20    Assunto: Responder com Citação

Concordo com o Runnerba.

O problemas desses gays é achar que são especiais. Que tem que ficar ostentando suas delicadezas por onde quer que passam. É achar que o lugar por eles semtem prazer muda seus direitos e seus deveres. Porisso é que não podem ser admitidos no Exército.
Sei que existem homosexuais e lésbicas nas Forças Armadas, mas ninguem precisa ostentar isso e desfilar com a bandeira do Arco iris nas formaturas.

Tá certo o General.
_________________
Aceitar os diferentes não é adora-los e dar a eles benesses por serem diferentes. Ser patriota não é lutar por uma patria sem ideais e sem perspectiva. A disciplina se acaba quando vemos chefes se acovardarem diante de desmandos e injustiças.
Voltar ao Topo
Perfil do Usuário Enviar Mensagem Privada
Kerdied
Newbie
Newbie


Cadastrou-se em: 20 Sep, 2010
Mensagens: 4

PostEnviada: 20 09 2010, 10:10    Assunto: Responder com Citação

Minha opinião é a seguinte:

Que o rapaz ou moça seja homossexual.
A vida privada é de cada um.

Conquanto que mantenha a postura, a firmeza e o bom-comportamento no serviço, tá de boa.

O resto é neurose e bobagem de falsos-moralistas, que dizem frases do tipo "prefiro filho bandido a filho gay".

Nas forças militares dos EUA, o que se tem é a política do "don't ask, don't tell" (não pergunte, não conte).

Em resumo: "eu não pergunto se você é gay e você não me diz que é."

E quanto a mim, como empregador/comandante/etc, entre dois candidatos, um gay e um hetero, escolherei aquele que achar melhor, independente do que ele faz dentro de seu quarto.
Voltar ao Topo
Perfil do Usuário Enviar Mensagem Privada
Line_Santos
Newbie
Newbie


Cadastrou-se em: 20 Nov, 2010
Mensagens: 1

PostEnviada: 28 11 2010, 20:30    Assunto: Responder com Citação

Kerdied escreveu:
Minha opinião é a seguinte:

Que o rapaz ou moça seja homossexual.
A vida privada é de cada um.

Conquanto que mantenha a postura, a firmeza e o bom-comportamento no serviço, tá de boa.

O resto é neurose e bobagem de falsos-moralistas, que dizem frases do tipo "prefiro filho bandido a filho gay".

Nas forças militares dos EUA, o que se tem é a política do "don't ask, don't tell" (não pergunte, não conte).

Em resumo: "eu não pergunto se você é gay e você não me diz que é."

E quanto a mim, como empregador/comandante/etc, entre dois candidatos, um gay e um hetero, escolherei aquele que achar melhor, independente do que ele faz dentro de seu quarto.


O Art. 5º da Constituicão Federal nos diz que todos são iguais perante a lei, sem distinção de qualquer natureza.

Como é de conhecimento nacional nas forças militares de nosso pais a muitos homosexuais, no entanto devido ao preconceito oriundo da nossa sociedade
muitos militares preferem não revelar sua opção sexual.

É lamentavel perceber que homens que tem como principal obrigação zelar pela segurança da nação julguem os individuos pela opção sexual.

O militar que vive um relacionamento homoafetivo não se torna menos digno de vestir a farda nem se torna menos competente.

A intimidade é inviolável devemos nos despir de preconceitos pessoais pois o dever de um militar é defender e honrar a patria e o mesmo tem o direito a individualidade.

O importante é saber se porta dentro do quartel e concordo com os que dizem que competencia não tem nada a ver com sexualidade.
_________________
O bem que praticares,em algum lugar é teu advogado em toda parte.
Voltar ao Topo
Perfil do Usuário Enviar Mensagem Privada
pastoralfredo
Newbie
Newbie


Cadastrou-se em: 19 Oct, 2011
Mensagens: 4

PostEnviada: 19 10 2011, 14:35    Assunto: Responder com Citação

Muito bom e oportuno o debate. Moralismo a parte, nada é mais nojento que o "objeto falso": Parece, mas não é. Como disse o amigo mais acima, política do "Não pergunto... Não me conte" deveria ser a máxima dentro dos quartéis e na vida civil, porque realmente o problema é a ostentação, o exibicionismo e a imposição que fazem para fazer valer direitos que são verdadeiros absurdos (homem tem pênis, mulher tem vagina) como nos obrigar a aceitar o conteúdo com rótulo falso. Não se trata de discriminação, porque a própria Constituição Federal não contempla as opções sexuais, mas sim determina que "Todos são iguais perante a Lei: HOMEM E MULHER". É necessário se adir a esta frase "e homossexuais, pedófilos, zoofilistas e todo tipo de opção sexual que há nos seres humanos. Assim como ser "homo" é opção sexual (que é desejar ter relações sexuais com pessoas do mesmo sexo), assim também os "pedófilos" tem os mesmos direitos, porque ele tem a opção sexual por criancinhas, e aqueles que tem sua preferência sexual por animais, por defuntos e até por garrafas, rolimãs, buracos nos bancos das praças, cadeiras e tudo aonde houver possibilidade de se meter seu órgão sexual ou esfregá-lo... Vamos liberar, senhore juristas!?
Sou contra homossexuais nas FAr. Lá só pode existir em suas fileiras HOMENS OU MULHERES, nada de falso, de "DENOREX" - parece, mas não é.
_________________
AMAR A PÁTRIA, É EXIGIR JUSTIÇA A PARTIR DA IGUALDADE, RESPEITABILIDADE E ÉTICA INDEPENDENTE DE COR, RAÇA, CREDO, GÊNERO...
Voltar ao Topo
Perfil do Usuário Enviar Mensagem Privada Enviar Email Visitar a homepage do Usuário Endereço de AIM Yahoo Messenger
liliansousa
Newbie
Newbie


Cadastrou-se em: 18 Aug, 2013
Mensagens: 1

PostEnviada: 25 08 2013, 20:21    Assunto: Responder com Citação

CONTESTO!

pastoralfredo,

"AMAR A PÁTRIA, É EXIGIR JUSTIÇA A PARTIR DA IGUALDADE, RESPEITABILIDADE E ÉTICA INDEPENDENTE DE COR, RAÇA, CREDO, GÊNERO..."

Essa frase encerra o seu discurso,que ao meu ver parece ser incoerente ao que se foi defendido no corpo da oratória,afinal o Sr. afirma ser contra homossexuais nas forças armadas,o que contradiz o último item (gênero).

Bem...que fique claro a minha modesta opinião: opção sexual não deveria ser tema de discussão no que cabe a defensão da pátria,onde está a relevância em levantar esta lacuna,quando o que todos nós soldados estamos engajados é pura e friamente na defesa e na preservação da nossa nação??

O que eu tenho percebido nas leituras das opiniões anteriores,é que "peitinho" em homem (o que eu chamaria de seios),é que não é admitido,e com isso posso até concordar,porque traria realmente maiores contratempos no que se refere a acepção de companhia entre os militares,porque naturalmente não estamos acostumados a esse tipo de mutação,o que nos faz obviamente fazer pré-julgamentos,mas o denominado homossexual nem sempre tem "peitinhos",e está sim, apto a exercer funções importantes nas Forças Armadas.O TERCEIRO SEXO É QUE ASSUSTA até por uma questão cultural mesmo, (e ainda teria a questão de um terceiro banheiro),entretanto,defendo a idéia de que se o indivíduo tem potencial,bateu todos os critérios que o outro considerado “normal”também bateu,porque não admiti-lo nas Forças Armadas??

É evidente que a “pirraça” se baseia numa questão visual.
_________________
"A minha história ainda será uma das mais bonitas,e não importa o deserto que passo agora.Um dia não sentirei mais sede!!" Wink
Voltar ao Topo
Perfil do Usuário Enviar Mensagem Privada Enviar Email
florilima
Newbie
Newbie


Cadastrou-se em: 01 Sep, 2013
Mensagens: 1

PostEnviada: 01 09 2013, 23:53    Assunto: Responder com Citação

liliansousa escreveu:
CONTESTO!

pastoralfredo,

"AMAR A PÁTRIA, É EXIGIR JUSTIÇA A PARTIR DA IGUALDADE, RESPEITABILIDADE E ÉTICA INDEPENDENTE DE COR, RAÇA, CREDO, GÊNERO..."

Essa frase encerra o seu discurso,que ao meu ver parece ser incoerente ao que se foi defendido no corpo da oratória,afinal o Sr. afirma ser contra homossexuais nas forças armadas,o que contradiz o último item (gênero).

Bem...que fique claro a minha modesta opinião: opção sexual não deveria ser tema de discussão no que cabe a defensão da pátria,onde está a relevância em levantar esta lacuna,quando o que todos nós soldados estamos engajados é pura e friamente na defesa e na preservação da nossa nação??

O que eu tenho percebido nas leituras das opiniões anteriores,é que "peitinho" em homem (o que eu chamaria de seios),é que não é admitido,e com isso posso até concordar,porque traria realmente maiores contratempos no que se refere a acepção de companhia entre os militares,porque naturalmente não estamos acostumados a esse tipo de mutação,o que nos faz obviamente fazer pré-julgamentos,mas o denominado homossexual nem sempre tem "peitinhos",e está sim, apto a exercer funções importantes nas Forças Armadas.O TERCEIRO SEXO É QUE ASSUSTA até por uma questão cultural mesmo, (e ainda teria a questão de um terceiro banheiro),entretanto,defendo a idéia de que se o indivíduo tem potencial,bateu todos os critérios que o outro considerado “normal”também bateu,porque não admiti-lo nas Forças Armadas??

É evidente que a “pirraça” se baseia numa questão visual.

Caros amigos. Não vejo problema o homossexual servir as forças armadas desde que ele não confunda o local de trabalho com motel!!! Outro ponto importante é que qualquer indivíduo homossexual, só ou em grupo não faça "absolutamente" apologia ao Marxismo Cultural, isto é, professe ou pratique ideologia de base marxista no sentido de destruir a ordem, moral, costumes e pensamentos como forma de corromper o meio abrindo porta para a entrada de ideologia de esquerda.
_________________
Patria Amada Brasil
Voltar ao Topo
Perfil do Usuário Enviar Mensagem Privada
Teom
Newbie
Newbie


Cadastrou-se em: 19 Jun 2007
Mensagens: 28
Estado: Tocantins

PostEnviada: 04 09 2013, 19:18    Assunto: Desde sempre houve casos de homossexualismo nas ffaa Responder com Citação

liliansousa escreveu:
CONTESTO!

pastoralfredo,

"AMAR A PÁTRIA, É EXIGIR JUSTIÇA A PARTIR DA IGUALDADE, RESPEITABILIDADE E ÉTICA INDEPENDENTE DE COR, RAÇA, CREDO, GÊNERO..."

Essa frase encerra o seu discurso,que ao meu ver parece ser incoerente ao que se foi defendido no corpo da oratória,afinal o Sr. afirma ser contra homossexuais nas forças armadas,o que contradiz o último item (gênero).

Bem...que fique claro a minha modesta opinião: opção sexual não deveria ser tema de discussão no que cabe a defensão da pátria,onde está a relevância em levantar esta lacuna,quando o que todos nós soldados estamos engajados é pura e friamente na defesa e na preservação da nossa nação??

O que eu tenho percebido nas leituras das opiniões anteriores,é que "peitinho" em homem (o que eu chamaria de seios),é que não é admitido,e com isso posso até concordar,porque traria realmente maiores contratempos no que se refere a acepção de companhia entre os militares,porque naturalmente não estamos acostumados a esse tipo de mutação,o que nos faz obviamente fazer pré-julgamentos,mas o denominado homossexual nem sempre tem "peitinhos",e está sim, apto a exercer funções importantes nas Forças Armadas.O TERCEIRO SEXO É QUE ASSUSTA até por uma questão cultural mesmo, (e ainda teria a questão de um terceiro banheiro),entretanto,defendo a idéia de que se o indivíduo tem potencial,bateu todos os critérios que o outro considerado “normal”também bateu,porque não admiti-lo nas Forças Armadas??

É evidente que a “pirraça” se baseia numa questão visual.


Sempre houve casos de homossexualismo nas forças armadas. Olhe que sou dos tempos antigos. A diferença é que sempre foram escondidos e abafados. A pederastia é crime nas forças armadas. Precisaria de um advogado para dizer se ainda é. Mas era.
Quem nunca teve um colega de farda meio afeminado. Só que no quartel se portava corretamente, sem ficar paquerando outro homem. Eram afeminados e todos desconfiados da masculinidade do militar.
Alguns se casaram. Alguns depois se descasaram. Outros muito machos depois de velhos foram pegos com travestis.
Militar é como qualquer outro. O meio reprime e faz a pessoa andar na linha, seguir o padrão, ainda mais com o problema da pederastia citado acima. Já houve até caso de tentativa de suicídio quando descoberto o lado feminino preferencial do militar.
Militar qualquer um pode ser, desde que saiba se portar como militar, passe respeito e confiança, saiba dar o exemplo. Convenhamos alguns homossexuais não têm postura para a carreira militar. Muitos heteros também não. Então nesses casos, independente do sexo, a carreira militar não deve ser uma opção para eles.
Voltar ao Topo
Perfil do Usuário Enviar Mensagem Privada
Mostrar os tópicos anteriores:   
Novo Tópico   Responder Mensagem    Portal Militar - Fórum -> Gays e Lésbicas nas Forças Militares
Todos os horários são GMT - 3 Horas
Ir à página 1, 2  Próximo
Página 1 de 2

 

Ir para:   
Postar no fórum: Não permitido para visitantes anônimos.
Responder Tópicos Não permitido para visitantes anônimos.
Editar Mensagens: Não permitido para visitantes anônimos.
Excluir Mensagens: Não permitido para visitantes anônimos.
Votar nas Enquetes: Não permitido para visitantes anônimos.
Não Permitido anexar arquivos
Não Permitido fazer download

Powered by phpBB © 2001-2008 phpBB Group