Olá Visitante! Junte-se a nós! ou Entre para inserir uma História Militar.
[ Anuncie Já | Fórum | Blogs | Bate-Papo | Ajuda | Proposta ]
 
Página PrincipalPortal Militar Escute hinos e canções militares na Rádio do PortalHinos Fórum do Portal MilitarFórum Blogs Hospedados no PortalBlogs Converse no chat com militaresBate-Papo Videos do YoutubeVideo ArtigosArtigos AgendaAgenda Hotel de TrânsitoHotel Deixe um mensagem para todos do portal.!Fonoclama EntrarEntrar! Junte-se a nós!Junte-se a nós!
  Ir para Página Principal do Portal Militar
 
   
 
[ Todos as Histórias | Todos os Colaboradores | Os últimos 20 Colaboradores ativos ]

[ Dúvidas | Política de Publicação | Busca avançada ]

Usuários Colaboradores podem enviar Histórias Militares ou relacionadas, além de poder comentar as Histórias enviadas por outros usuários!
© Todos os direitos reservados aos seus autores. Esta material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização de seus autores. As opiniões expressas ou insinuadas nesta revista pertencem aos seus respectivos autores e não representam, necessariamente, as do Portal Militar.com.br ou de quaisquer outros órgãos ou departamentos do governo brasileiro.
 

 
A Batalha das Canoas
Inserido por: Coordenador
Em: 07-24-2006 @ 08:29 pm
 

 
 

Autor: MARCELO PEIXOTO *


Em 1565, quando Estácio de Sá fundou a Cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro, ainda na tentativa de tomar posse da terra e expulsar os invasores franceses, travou-se uma grande e singular batalha na Baía de Guanabara.

Os portugueses foram surpreendidos por 180 canoas dos franceses e seus aliados, os Tamoios.  Porém, do morro Cara de Cão, viu-se o perigo eminente, e 30 canoas de guerra de Estácio de Sá foram lhes dar combate desigual, usando seus velhos canhões, quando uma canoa com provisão de pólvora explodiu e, por milagre, as mulheres que vinham nas canoas dos Tamoios apavoraram-se sendo que a esposa do Cacique Guaixará lançou o pânico aos outros.  Alucinados, o gentio fugiu e a cidade foi salva.

Seu povo cristão atribui a vitória milagrosa, a São Sebastião, pois viram-no pulando de canoa em canoa, combatendo e apavorando seus inimigos.


Autor: MARCELO PEIXOTO

* Acadêmico da AHIMTB  Marcelo Peixoto da Silva

 


Última alteração em 07-24-2006 @ 08:29 pm

[ Envie esta História para um amigo! ]

 
Comentar
Comentar
Veja mais
Veja mais
Perfil do usuário colaborador
Perfil do usuário colaborador
Envie uma Mensagem Privada
Envie uma Mensagem Privada