Olá Visitante! Junte-se a nós! ou Entre para inserir uma História Militar.
[ Anuncie Já | Fórum | Blogs | Bate-Papo | Ajuda | Proposta ]
 
Página PrincipalPortal Militar Escute hinos e canções militares na Rádio do PortalHinos Fórum do Portal MilitarFórum Blogs Hospedados no PortalBlogs Converse no chat com militaresBate-Papo Videos do YoutubeVideo ArtigosArtigos AgendaAgenda Hotel de TrânsitoHotel Deixe um mensagem para todos do portal.!Fonoclama EntrarEntrar! Junte-se a nós!Junte-se a nós!
  Ir para Página Principal do Portal Militar
 
   
 
[ Todos as Histórias | Todos os Colaboradores | Os últimos 20 Colaboradores ativos ]

[ Dúvidas | Política de Publicação | Busca avançada ]

Usuários Colaboradores podem enviar Histórias Militares ou relacionadas, além de poder comentar as Histórias enviadas por outros usuários!
© Todos os direitos reservados aos seus autores. Esta material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização de seus autores. As opiniões expressas ou insinuadas nesta revista pertencem aos seus respectivos autores e não representam, necessariamente, as do Portal Militar.com.br ou de quaisquer outros órgãos ou departamentos do governo brasileiro.
 

 
O Batalhão Suez Brasil 500 anos
Inserido por: Piero
Em: 08-29-2006 @ 04:24 pm
 

 
Curriculum 
Vitae

 

 

 

Autor: * Dr.Dal Piero

O BATALHÃO SUEZ BRASIL 500 ANOS
Fragmentos da História Militar Brasileira
 

O Brasil contribuiu com um batalhão para a Força de Emergência das Nações Unidas, chegando os pracinhas a Porto Said a 4 de fevereiro de 1957, a bordo do navio "Custódio de Melo". As tropas brasileiras, inteiramente equipadas com material nacional, inclusive jipes e caminhões, estiveram primeiramente acampadas em El Ballah, antiga caserna inglesa situada a 15 km de Isrnaília, no meio do Canal. A 6 de março, partiram para El Arísh, base avançada do exército egípcio do Sinai, onde guarneceram o quartel-general da U.N.E.F.

Entraram na Faixa de Gaza pela madrugada do dia 9, recebendo o comando da vila de Rafa das tropas israelenses que a ocupavam. Dai em diante, como o restante das tropas .internacionais, limitaram-se a patrulhar as fronteiras com Israel e a varrer os campos de minas no deserto.

O revezamento do Batalhão Suez é feito geralmente de sete em sete meses. Seus homens são todos voluntários e os soldos correm por conta das Nações Unidas.

Até 6 de dezembro de 1961 o Batalhão fora substituído total ou parcialmente nove vezes e seus comandantes tinham sido os tenentes-coronéis Iracílio Ivo de Figueiredo Pessoa, Rui José da Cruz, Luís Dantas de Mendonça, Fernando Sotter da Silveira e Darci Lázaro.

 


Última alteração em 08-29-2006 @ 04:24 pm

[ Envie esta História para um amigo! ]

 
Comentar
Comentar
Veja mais
Veja mais
Perfil do usuário colaborador
Perfil do usuário colaborador
Envie uma Mensagem Privada
Envie uma Mensagem Privada