Olá Visitante! Junte-se a nós! ou Entre para inserir uma História Militar.
[ Anuncie Já | Fórum | Blogs | Bate-Papo | Ajuda | Proposta ]
 
Página PrincipalPortal Militar Escute hinos e canções militares na Rádio do PortalHinos Fórum do Portal MilitarFórum Blogs Hospedados no PortalBlogs Converse no chat com militaresBate-Papo Videos do YoutubeVideo ArtigosArtigos AgendaAgenda Hotel de TrânsitoHotel Deixe um mensagem para todos do portal.!Fonoclama EntrarEntrar! Junte-se a nós!Junte-se a nós!
  Ir para Página Principal do Portal Militar
 
   
 
[ Todos as Histórias | Todos os Colaboradores | Os últimos 20 Colaboradores ativos ]

[ Dúvidas | Política de Publicação | Busca avançada ]

Usuários Colaboradores podem enviar Histórias Militares ou relacionadas, além de poder comentar as Histórias enviadas por outros usuários!
© Todos os direitos reservados aos seus autores. Esta material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização de seus autores. As opiniões expressas ou insinuadas nesta revista pertencem aos seus respectivos autores e não representam, necessariamente, as do Portal Militar.com.br ou de quaisquer outros órgãos ou departamentos do governo brasileiro.
 

 
Cool.gif
Velhos Comandantes - 1831 a 1925 - Regimento Mallet
Inserido por: Coordenador
Em: 08-10-2008 @ 08:08 am
 

 

Prezados usuários e visitantes leitores admiradores da história militar brasileira. Temos a satisfação de publicar no Portal Militar um belíssimo trabalho de ANTONIO CARLOS MESQUITA DO AMARAL sobre os Velhos Comandantes - 1831 a 1925 - Regimento Mallet.

Sem dúvida uma aula de história militar brasileira. Vale a pena acessar e ter consigo para leitura e consulta.

O trabalho está dividido em duas partes com os títulos Velhos_comandantes_1_2 e Velhos_comandantes_2_2.

Os arquivos estão zipados e podem ser baixados aqui na página 2.

Agradecemos ao autor a gentileza de compartilhar este texto com todos nós.

A seguir a cópia da apresentação extraída do texto.

APRESENTAÇÃO


 Escritores de renome escreveram e escrevem sobre a nossa história militar, desde os primórdios do Brasil colônia.
 Estudando-se cada acontecimento dentro dos contextos, descobriremos novos fatos e notabilíssimos feitos, cujos eventos serviram para forjar vultos de real valor.
 Muitos, porém, longe de serem olvidados, por razões que não nos cabe aqui analisar, contribuíram à custa de suas existências, para a nossa atual soberania e emancipação política.
 Notável é a galeria de homens de letras, políticos, militares, eclesiásticos, dentre negros, brancos, índios e caboclos que, com desprendimento e heroicidade, cooperaram para que fossem alicerçados os destinos de nossa pátria e dos quais nada sabemos.
 Entre tantos, permitimo-nos citar os ex-comandantes do atual 3o Grupo de Artilharia de Campanha Autopropulsado "Regimento Mallet", que de primitivo Corpo de Artilharia a Cavalo, viria a se constituir, através dos tempos até nossos dias, sem fugir às suas finalidades, em um marco inconteste de nacionalidade.
 Já existindo um histórico da unidade, de autoria do General João Borges Fortes e do Capitão José Faustino da Silva Filho, editado no Rio de Janeiro pela imprensa militar em 1932, faz-se necessário que conheçamos a vida militar de cada um dos que em um período inicial, a conduziram de 1831 a 1925.
 Apresentando, pois, despretencioso trabalho cujo tempo consumiu mais de 30 anos, agradecemos à "Secular Caserna", única responsável por nossa formação, ensinamentos de nobre civismo, abnegação e consciência profissional nela recebidos no distante ano de 1959 e aprimorados na década de 1960, predicados estes - essenciais aos que seguem a carreira das armas - provindos não só do ensino peculiar, mas igualmente do exemplo diuturno dos seus saudosos integrantes.
 Visando também as novas gerações castrenses, no intuito de despertar-lhes o interesse por este tipo de labor, visto serem tão poucos neste imenso Brasil que a isto se dedicam e havendo, também, grande número de instituições militares centenárias desprovidas deste complemento histórico, procedemos à presente pesquisa biográfica que, se por um lado representa particularmente a vida militar de cada um dos biografados, por outro, também descortina para muitos, episódios históricos até então desconhecidos.
 A fim de facilitar a concatenação de apontamentos para empreender-se um estudo desse tipo, seria de bom alvitre determinar-se aos oficiais do exército quando transferidos para a reserva, a remessa de cópias de suas alterações, para tantos quantos foram os seus comandos, direções ou chefias; uma vez de posse desses documentos, as unidades procederiam à organização de suas biografias por uma equipe formada de elementos que, além dos seus afazeres normais, tivessem gosto e interesse por este mister. A própria Diretoria de Avaliação e Cadastro, poderia tomar a si esta incumbência, no intuito de dotar aquelas de subsídios capazes não só de valorizar como completar a galeria histórica das mesmas.
 Posto isto em prática, evitaríamos incluí-los no rol do anonimato em futuro distante, como acontece com sem número de cidadãos, desde que nesta terra aportou Pedro Álvares Cabral.
 Não obstante a idéia restringir-se ao âmbito militar, seria válida da mesma forma para a área civil, nos órgãos constituídos, abrangendo os planos federal, estadual e municipal que, como nosso exército, teriam para legar à posteridade exemplos de abnegação e trabalho daqueles que ajudaram a preservar o passado, construir o presente e abrir horizontes para a plenitude desta grande nação, o BRASIL!

 


Última alteração em 08-10-2008 @ 08:08 am

[ Envie esta História para um amigo! ]

 
Comentar
Comentar
Veja mais
Veja mais
Perfil do usuário colaborador
Perfil do usuário colaborador
Envie uma Mensagem Privada
Envie uma Mensagem Privada