Olá Visitante! Junte-se a nós! ou Entre para inserir uma História Militar.
[ Anuncie Já | Fórum | Blogs | Bate-Papo | Ajuda | Proposta ]
 
Página PrincipalPortal Militar Escute hinos e canções militares na Rádio do PortalHinos Fórum do Portal MilitarFórum Blogs Hospedados no PortalBlogs Converse no chat com militaresBate-Papo Videos do YoutubeVideo ArtigosArtigos AgendaAgenda Hotel de TrânsitoHotel Deixe um mensagem para todos do portal.!Fonoclama EntrarEntrar! Junte-se a nós!Junte-se a nós!
  Ir para Página Principal do Portal Militar
 
   
 
[ Todos as Histórias | Todos os Colaboradores | Os últimos 20 Colaboradores ativos ]

[ Dúvidas | Política de Publicação | Busca avançada ]

Usuários Colaboradores podem enviar Histórias Militares ou relacionadas, além de poder comentar as Histórias enviadas por outros usuários!
© Todos os direitos reservados aos seus autores. Esta material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização de seus autores. As opiniões expressas ou insinuadas nesta revista pertencem aos seus respectivos autores e não representam, necessariamente, as do Portal Militar.com.br ou de quaisquer outros órgãos ou departamentos do governo brasileiro.
 

 
História da Intendência da Aeronáutica
Inserido por: X-men
Em: 08-23-2011 @ 11:11 pm
 

 

INTENDÊNCIA - Saiba mais sobre a história da atividade, conheça o patrono e o símbolo da carreira

A atividade de intendência é tão antiga quanto a instituição. Com a criação do Ministério da Aeronáutica, em 20 de janeiro de 1941, foi constituída uma comissão de orçamento e criado, ao mesmo tempo, um órgão para gerir os serviços de contabilidade e fazenda, orçamento, distribuição de verbas e créditos, além das tomadas de contas e pagamento em geral. Criado o Serviço de Fazenda da Aeronáutica, a partir do modelo e com militares da Marinha e do Exército, foi criado o quadro de oficiais intendentes.

No contexto da Segunda Guerra, a atividade de intendência cresceu e reorganizou-se na instituição. Foram formados os primeiros profissionais na Escola de Intendência do Exército e nasceu o curso de oficiais intendentes na Escola de Aeronáutica, no Campo dos Afonsos, no Rio de Janeiro. Finalmente, em 23 de agosto de 1945, pelo Decreto-Lei nº 7892, foi constituído oficialmente o Serviço de Intendência da Aeronáutica – a data é celebrada até hoje como o Dia da Intendência.

Na época, o recém-criado Serviço de Intendência era formado pela Divisão de Finanças, pela Divisão de Provisões de Intendência, pelos Serviços de Intendência das Zonas Aéreas e de Órgãos de Alta Administração, além dos Depósitos Central e de Intendência das Zonas Aéreas e das Formações de Intendência das unidades administrativas.

Ao longo de sua história, a intendência passou por diversas fases de aperfeiçoamento, como em seu início, quando tornou-se pioneira no serviço público a implantar o pagamento de pessoal por crédito bancário e, anos mais tarde, a ingressar na era da computação (década de 60). Nos anos 50, nasce de vez a intendência em campanha e, nos anos 60, é criada a Pagadoria de Inativos e Pensionistas da Aeronáutica, dentre outras evoluções que marcaram a história da atividade.

PATRONO

 

Tenente Brigadeiro Intendente José Epaminondas de Aquino Granja

Natural de Leopoldina, Pernambuco, nasceu em 27 de agosto de 1897. Aos 17 anos, em 1914, ingressou na carreira militar, participando da Campanha do Contestado. Como sargento, fez o Curso de Oficial Intendente do Exército e, nos anos 30, conclui o Curso de Intendente de Guerra no Rio de Janeiro.

Com a criação do Ministério da Aeronáutica, foi assistente do Serviço de Fazenda da Aeronáutica e, em 1945, o primeiro Diretor Geral Interino (mais tarde efetivado) do recém criado Serviço de Intendência da Aeronáutica, função que exerceu até 1951, quando passou para a reserva no posto de Tenente Brigadeiro.

Além de ter elaborado o Regulamento do Serviço de Intendência da Aeronáutica, o Brigadeiro Granja idealizou e organizou o Depósito Central de Intendência da Aeronáutica em Marechal Hermes (RJ), os Reembonsáveis da Fazenda de Pirassununga, da Lavanderia e da Fazenda do Galeão. Implementou a mecanização contábil nas unidades administrativas, além de inúmeros outros serviços prestados ao Ministério da Aeronáutica. Morreu em 1975, no Rio de Janeiro, aos 78 anos.


ACANTO
Símbolo da Intendência

 

O Acanto, do grego “akantha”, é uma planta de folhas muito longas, verdes e recortadas, encontrada em terrenos úmidos e pedregosos do sul da Europa e dos trópicos. Lembra a pureza de caráter, perfeição moral e trabalho honesto.

Para saber mais: http://www.dirint.aer.mil.br

 

 


Fonte: Agência Força Aérea

 


Última alteração em 08-23-2011 @ 11:11 pm

[ Envie esta História para um amigo! ]

 
Comentar
Comentar
Veja mais
Veja mais
Perfil do usuário colaborador
Perfil do usuário colaborador
Envie uma Mensagem Privada
Envie uma Mensagem Privada