Olá Visitante! Junte-se a nós! ou Entre para inserir uma História Militar.
[ Anuncie Já | Fórum | Blogs | Bate-Papo | Ajuda | Proposta ]
 
Página PrincipalPortal Militar Escute hinos e canções militares na Rádio do PortalHinos Fórum do Portal MilitarFórum Blogs Hospedados no PortalBlogs Converse no chat com militaresBate-Papo Videos do YoutubeVideo ArtigosArtigos AgendaAgenda Hotel de TrânsitoHotel Deixe um mensagem para todos do portal.!Fonoclama EntrarEntrar! Junte-se a nós!Junte-se a nós!
  Ir para Página Principal do Portal Militar
 
   
 
[ Todos as Histórias | Todos os Colaboradores | Os últimos 20 Colaboradores ativos ]

[ Dúvidas | Política de Publicação | Busca avançada ]

Usuários Colaboradores podem enviar Histórias Militares ou relacionadas, além de poder comentar as Histórias enviadas por outros usuários!
© Todos os direitos reservados aos seus autores. Esta material não pode ser publicado, transmitido, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização de seus autores. As opiniões expressas ou insinuadas nesta revista pertencem aos seus respectivos autores e não representam, necessariamente, as do Portal Militar.com.br ou de quaisquer outros órgãos ou departamentos do governo brasileiro.
 

 
INFANTARIA PURA - Cel Alexandre Zacharias de Assumpção
Inserido por: Itauna
Em: 05-15-2014 @ 01:19 am
 

 

 

MINISTÉRIO DA DEFESA

57º BATALHÃO DE INFANTARIA MOTORIZADO (Es)

(GRAREI)Grêmio Recreativo Amigos do REI

 

"INFANTARIA PURA"

 

TC ALEXANDRE ZACHARIAS DE ASSUMPÇÃO

 

PAVILHÃO: Ten Cel - ALEXANDRE ZACHARIAS DE ASSUMPÇÃO

 

 

Este respeitado militar foi incluído no efetivo do Batalhão em 19/04/1934 como major, oriundo do 5º RI. Exerceu as seguintes funções: de 01 de janeiro à 30 de junho de 1935, como comandante do Batalhão Escola, de 01 de julho à 01 de agosto de 1935 e de 06 de setembro à 19 de setembro de 1935 também como comandante do Batalhão Escola, foi afastado dessa função de 01 de agosto à 06 de setembro de 1935 e de 19 de setembro à 31 de dezembro de 1935, período em que assumiu interinamente o comando da Escola de Infantaria. Em 06 de setembro de 1935 reassumiu o comando do Batalhão Escola por ter deixado o comando da Escola de Infantaria.

Durante esta época o militar recebeu diversos elogios como: Elogiado pela correção, garbo e disciplina com que apresentou a eficiente Unidade de seu comando na revista e desfile em continência ao EXMO Sr. Presidente da República, por ocasião da visita que o chefe da nação e o EXMº. Sr. MINISTRO DA GUERRA fizeram a Escola das Armas, no dia 06 de julho de 1935; em 29 de julho de 1935, o Sr. CORONEL JOÃO BAPTISTA MASCARENHAS DE MORAES ao deixar o cargo de diretor geral do ensino da Escola das Armas, agradeceu-o e elogiou-o pela eficiência, ordem e disciplina que soube imprimir a unidade sob seu comando, com proveito para instrução de toda Escola das Armas(atual EsAO); em 28 de fevereiro de 1936 por deixar o comando da Escola de Infantaria foi elogiado pelo CORONEL HEITOR AUGUSTO BORGES diretor geral de ensino da Escola das Armas e pelo EXMo. Sr. Chefe do E.M.E GENERAL DE DIVISÃO PANTALEÃO DA SILVA por deixar o comando da Escola de Infantaria; em 22 de junho de 1936 foi elogiado pelo CORONEL ALCIDES DE MENDONÇA LIMA FILHO Comandante da Escola das ARMAS, nos seguintes termos:”

Bem mereceu que o felicitasse, como realmente o felicito e o louvo, pois a sua Unidade é de fato modelar”. Com a extinção da Escola de Infantaria em 01 de fevereiro de 1936 da qual era Comandante interino, passou a exercer sua função efetiva no Batalhão Escola. Foi promovido em 31 de dezembro de 1936 ao posto de Tenente Coronel, passando o Comando do Batalhão Escola ao seu substituto legal, MAJOR LUIZ DE FRANÇA ALBUQUERQUE, foi excluído do Batalhão em 31 de dezembro de 1936 por ter sido promovido.

                Pelo decreto de 28 de maio de 1937, publicado no Diário Oficial de 31 de Maio, foi classificado por conveniência do serviço neste Batalhão, em conseqüência foi incluído no estado efetivo desta unidade e estado maior ficando não apresentado, em 28 de junho de 1937 apresentou-se e assumiu o Comando do Batalhão.

                Foi louvado diversas vezes pelo comandante da Escola das Armas(atual EsAO), por várias demonstrações executadas pela tropa que comandava tendo êxito em todos os exercícios realizados, mostrando um reflexo da capacidade de comando.

                Em 06 de maio de 1939 foi promovido ao posto de Coronel, nesta mesma data passou o Comando do Batalhão Escola ao seu substituto legal, MAJOR CARLOS DE LEMOS BASTOS e foi excluído e desligado do Batalhão em virtude de sua promoção ao posto de Coronel encerrando assim sua brilhante passagem por essa tradicional unidade

 


Última alteração em 05-16-2014 @ 06:43 am

[ Envie esta História para um amigo! ]

 
Comentar
Comentar
Veja mais
Veja mais
Perfil do usuário colaborador
Perfil do usuário colaborador
Envie uma Mensagem Privada
Envie uma Mensagem Privada