Portal Militar - Enquetes

Resultados


Você apoia a manifestação do General Heleno e do Clube da Aeronáutica?


Sim  97 %97 %97 % 97.02% (1920)
Não  2 %2 %2 % 2.98% (59)

1979 Votos


[ Vote nessa enquete | Todas ]






7 Comentários

  • Sbado, 19 de abril de 2008 s 13:18:40
  • titanium

Sim, apoio o clube da aeronáutica e o General, que devem começar a mostrar ao governo o rumo que o país deve percorrer para garantir sua soberania.
Em especial os grandes chefes do passado, agora na reserva, devem mostrar e fazer juz a seus cargos nos diversos clubes militares do país.


  • Sbado, 19 de abril de 2008 s 14:26:32
  • CIDPEREIRA

Além de apoiar sugiro o abaixo que já passei para todos d aminha turma:
Prezados COLEGAS
Estamos sempre reclamando de nossa situação como militares, especialmente quanto aos soldos e algumas vezes criticamos os companheiros da ativa por nada fazerem. Entendemos que, de certo modo eles estão "amordaçados". No entanto alguns têm coragem como é ocaso do General HELENO, de criticar as políticas do Governo, demonstrando espírito de líder. Entendo que devemos aglutinar em torno de um líder, eis que o cenário nacional demonstra uma quase completa ausência desse tipo de personalidade, especialmente nas forças armadas. Portanto, estou sugerindo que demonstremos nosso apoio à atitude do General HELENO enviando mensagens às autoridades do governo declarando nossa insatisfação e hipotecando nosso apoio ao General HELENO, principalmente, nós da reserva que não estamos "amordaçados" nem temos mais carreira a preservar. As mensagens podem ser enviadas para:
Presidência da República: protocolo@planalto.gov.br ;
Ouvidoria Geral da União: cgu@cgu.gov.br ;
Ministério da Defesa: https://www.defesa.gov.br/index.php?page=fale_conosco . Atenção, para falar com o Ministério da Defesa exige-se identificação pelo CPF, talvez venha a ocorrer alguma retaliação, mas sempre podemos usar o CPF de alguém falecido.
Entendo que simples e-mails podem não surtir efeito, mas são instrumentos de pressão. Ficar calados e inertes com certeza nenhum efeito provocará. Porém milhares de e-mails e continuamente enviados algum efeito produzirão.
Outros endereços poderão ser encontrados, eu consegui identificar os acima.
Fraternalmente,
CID PEREIRA


  • Sbado, 19 de abril de 2008 s 20:33:45
  • JSBLUCAS

OS MILITARES DAS FFAA SÓ TERÃO MAIS ATENÇÃO POR PARTE DOS NOSSOS DIGNÍSSIMOS GOVERNANTES, QUANDO TIVEREM EXPRESSIVA REPRESENTATIVIDADE NO CONGRESSO E SENADO FEDERAL. A QUEM INTERESSAR POSSA: É MINHA INTENÇÃO DAR INÍCIO A ESSE PROCESSO. QUANDO ESTIVER PARA SER CONCRETIZADO ESSE PROJETO, SOLICITAREI O APOIAMENTO DE TODOS OS NOSSOS COLEGAS DAS FFAA E FAMILIARES.
21 - 8175 - 9298
JOSÉ.


  • Segunda, 21 de abril de 2008 s 23:15:49
  • BAR8601

Caros colegas praças das FFAA

Acredito que não devemos seguir o rumo dos almirante/generais/brigadeiros e oficiais em geral de altos escalões, que históricamente lutam em suas causas pessoais. Se quiserem entender a que me refiro, pesquisem ou verifiquem a grande quantidade deles que estão lotados em diversas empresas estatais ou órgãos e agências regulamentadoras, com seus gordos salários. Abram os olhos, não se iludam com palavras jogadas ao vento. Não é dificíl entender ou imaginar porque nós, que também fazemos parte do povo, não podemos ter classe representativa e termos dificuldade de representação no Congresso Nacional.


  • Tera, 22 de abril de 2008 s 13:14:39
  • DIGNIDADE

Observem com mais atenção! nas últimas semanas, coinscidência ou não, os problemas da nação só se resumem no assassinato da menina Isabela. Por que será? Fiquem atentos!


  • Quarta, 23 de abril de 2008 s 10:34:58
  • LeoRocha

Apoio totalmente, servi por 03 anos em Roraima e sei o que os companheiros de farda, passam quando servem à nação naquela fronteira. A falta de apoio para os indios, que ficam à mercê de evangelizadores estrangeiros (todas as tribos: os Waimiris principalmente), de ONGs que se preocupam em mapear as reservas minerais do País e não de atender, como deveriam, os indigenas. Esse atendimento, sempre foi realizado pelo EB, que está na frente de combate com seu efetivo (Of/St/Sgt/Cb/Sd), esses sim hérois nacionais, que nada pedem em troca, e quando precisam ter o reconhecimento de que seus soldos estão defasados - Porque são pais de família e cidadãos com responsabilidades -, são "empurrados com a barriga", Sabem, os responsáveis, que a hierarquia e a disciplina os mantem quietos. Lembrem-se Senhores, que a necessidade transforma um camundongo em Leão. Parabéns ao Comandante Heleno, as FFAA estão Coesas.


GOLPE DE ESTADO , SAINDO DO FORNO [ LEIA COM URGÊNCIA]

E aí? Vai ficar parado?????????
ALERTA TOTAL!!! PREPARANDO TERRENO PARA SER O DITADOR Por Jorge Serrão- Exclusivo Um organismo, sediado em Washington, que estuda e monitora a realidade da América Latina, enviou ao Senado brasileiro um documento em que chama a atenção para os próximos movimentos políticos do presidente Lula da Silva, rumo a um 'populismo socialista'. O estudo adverte que Lula pretende lançar medidas populares de impacto, incentivando o consumo para seus eleitores de baixa renda. Segundo o dossiê, a intenção de Lula é consolidar seu poder de voto para uma futura reforma política que vai autorizar, a partir de 2008, a reeleição para um mandato de mais seis anos. O documento assinala que Lula prepara um dos maiores movimentos de reestruturação econômica, voltado para as classes populares, dentro do projeto de longevidade no poder. Segundo o estudo, os EUA estariam muito preocupados com este tipo de populismo no Brasil, que é um País continental e onde o povo é submisso, sem cultura e
informação para avaliar as conseqüências políticas deste movimento rumo ao socialismo. O plano de Lula é comparado ao do venezuelano Hugo Chávez. Segundo o estudo, conta com o apoio de grandes investidores europeus. O dossiê, vindo dos EUA com a classificação 'confidencial', foi analisado segunda-feira, com toda cautela, em uma reunião fechada, do colégio de Líderes do Senado. Alguns parlamentares o viram com ceticismo. Outros senadores chamaram a atenção para fatos objetivos já em andamento. Curiosamente, segundo observou um senador, os norte-americanos anteciparam o parecer de técnicos do Tribunal Superior Eleitoral, que constataram irregularidades insanáveis' na prestação de contas da campanha à reeleição. O PT recebeu R$ 10 milhões de empresas que têm concessões de serviços públicos, o que a lei proíbe. O estudo norte-americano adverte para a possibilidade de um confisco tributário em fundos e em poupanças acima de R$ 50 ou 60 mil reais. Nos dois casos, o dinheiro só
poderia ser movimentado de seis em seis meses, sob risco de remuneração quase nula. Os fundos seriam tributados em 35% dos ganhos. Segundo o documento, o Banco Central do Brasil tem um levantamento completo sobre os investimentos feitos por 36 milhões de pessoas, entre brasileiros e estrangeiros. O governo também quer investir pesado no segmento de moradias populares. Segundo dados oficiais, mais de 90% do gigantesco déficit habitacional de 7,8 milhões residências está na faixa de famílias com renda de até cinco salários mínimos. No cenário desenhado pelos norte-americanos, uma coisa é certa. O governo vai criar por Medida Provisória um fundo para obras de infra-estrutura com recursos do FGTS. A novidade ruim é que o risco do investimento ficará com o trabalhador. Os trabalhadores poderão investir até 20% dos saldos de suas contas do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço na construção de rodovias, ferrovias e portos, além de obras nos setores de saneamento básico e energia
elétrica. O novofundo será chamado de FI-FGTS. Terá orçamento inicial de R$ 5 bilhões, originários do patrimônio líquido do FGTS. Bolsa Carro? Além do plano para os fundos, os norte-americanos revelam que Lula fechou acordo com uma companhia chinesa para financiar carros populares pela bagatela de R$ 5 mil. Os carros seriam subsidiados com financiamentos do BNDES, no prazo de 60 meses. Os veículos seriam de passeio e mini-vans para transporte de mercadorias. Outra idéia seria reduzir impostos para aparelhos de consumo mais populares e aumentar ainda mais a carga tributária para bens não populares, como automóveis de luxo. Comissários do Povo? Um dos pontos mais polêmicos revelados pelos norte-americanos é que o governo Lula quer patrocinar um projeto de segurança voltado para a organização de milícias de bairros. As milícias foram uma idéia copiada da Venezue
bbbbbLer o restante deste comentário...



Portal Militar não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários.
Comentários não podem ser enviados por visitantes. Junte-se a nós ou Entre para comentar essa enquete.