Portal Militar - Enquetes

Resultados


Você é a favor da prisão do sargento homossexual?


Sim  56 %56 %56 % 56.58% (645)
Não  43 %43 %43 % 43.42% (495)

1140 Votos


[ Vote nessa enquete | Todas ]






4 Comentários

  • Sbado, 07 de junho de 2008 s 11:08:07
  • Teom

Não manifesto minha opinião sobre a preferência sexual de quem quer que seja. Votei SIM nesta enquete por entender que, qualquer militar que descumpra a lei ou cometa um crime (neste caso a deserção), deve ser punido como manda a lei.


  • Sbado, 07 de junho de 2008 s 11:29:21
  • llanna

Votei não. Pois ninguem pode ser condenado por ter essa ou aquela preferencia . Se ele é um bom elemento em sua corporação e como declarou cumpria a sua função corretamente,a vida dele fora do quartel não é motivo p/ ser julgado. Poxa...estamos vivendo uma democracia. Será que vamos caminhar p/ trás e voltar a época da ditadura? Os que o julgam será que são perfeitos?Pode não ter a mesma fraqueza dele,mas pode ser um péssimo marido,um pai ausente,um companheiro que não valoriza a família. Ow vamos parar de apontar o dedo p/ os outros,né?
  • Segunda, 09 de junho de 2008 s 00:47:33 Juvenal
  • Amigo, eles no esto sendo julgados pelo fato de serem homossexuais, mas sim por cometerem um crime, previsto no cdigo penal militar: desero.
    No podemos passar a mo na cabea de quem comete um crime, seja ele qual for.
    mesmo querendo usar a bandeira to atualmente na mdia, da luta pelos direitos dos homossexuais.


  • Segunda, 09 de junho de 2008 s 22:29:04
  • anomimo

eu votei sim. não pela preferência sexual do militar, mas pelo crime de deserção e pelo fato dele usar a farda para ridicularizar as ffaa. ele sabia muito bem do codigo de conduta. omosexossualismo existe nas tres forças, desde o recruta até oficial general. porque ele não ficou quetinho, como os outros gays que não são muitos, porque se for, então estamos rodeados de doentes.



Portal Militar não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários.
Comentários não podem ser enviados por visitantes. Junte-se a nós ou Entre para comentar essa enquete.