Portal Militar - Enquetes

Resultados


Quem são os maiores culpados pela morte dos jovens do morro da providência?


Os militares do exército  20 %20 %20 % 20.40% (101)
Os bandidos que os executaram  38 %38 %38 % 38.99% (193)
Os militares e os bandidos  40 %40 %40 % 40.61% (201)

495 Votos


[ Vote nessa enquete | Todas ]






1 Comentário

  • Segunda, 07 de julho de 2008 s 20:34:44
  • Lewton
Tomando por base a análise das argumentações, abaixo, sobre o incidente no Morro da Providência - RJ, segundo o ensaio de "psicologia comparada", adotado para juízo de valor preliminar, poderíamos perguntar:

Você concorda com o "sacrifício da carreira" do Tenente, envolvido no incidente do Morro da Providência, no Rio de Janeiro? SIM____ ou NÃO ____

GENERAL MANDA "BLINDAR" O TENENTE DA PROVIDÊNCIA
General enfurecido manda “blindar” a defesa do Tenente envolvido no incidente do Morro da Providência.

O General de Divisão (sem dividir o todo) Áureo Cunha Moeda, tido no Exército como um general durão, rabugento e do contra, está injuriado com o tratamento que está tendo um “praça de sua tropa”. Ele é do tipo que “não abandona seus comandados”, e acha que está havendo uma “reação descompensada” do governo com o incidente da Providência, só porque o exército está envolvido. Ele acredita que esse pessoal do governo estadual e federal tem “alguma coisa contra o Exército”.

Ele disse que passará a ser o interlocutor do Tenente junto à imprensa, ao inquérito e ao eleitorado de Marcelo Crivella. Em verdade a ocupação do morro, foi determinada pelo Miniscroto da Defesa, o Marechal da Guerra Jobim, em conluio com a politicalha da Igreja Universal, sob “manipulação induzida” do Governador do Rio de Janeiro, o furtivo Sr. Sérgio Cabral Filho (ou será Colombo, o Filho da P ... átria?).

Recentemente no escândalo do Dossiê contra FHC, dos seus gastos do seu governo com cartões corporativos, ele aprendeu uma ótima tática de defesa institucional de colaboradores, mas sem a “falsidade moral” no exercício de função pública e de autoridade da justiça. Segundo ele dentre as versões apresentadas pelo Miniscroto da Justiça Tarso Nora (ou será Genro?), para atenuar as ações criminosas de Dona Dilma Estela e sua tropa (ou será trupe?) fica “constitucionalmente justo” que ele interfira na defesa de seu comandado.

Para ele isso seria o outro lado da mesma MOEDA.

Com mais de uma dezena de versões o Miniscroto da Justiça conseguiu “blindar” o serviço de MELIANT DELIVERY, muito comum em “ações governamentais terroristas”, dessa vez (e quase todas) realizada pela Dona Dilma e sua trupe.

O General Moeda, como é chamado, já adiantou por e-mail, fax, código Morse e mensagens criptografadas, que o Tenente já consumiu cerca de 7 anos de instrução acadêmica cívico-militar e cerca de R$ 71.400,00 (do Povo Brasileiro), em sua formação, e está havendo carência de mão de obra militar, para cuidar das armações políticos partidárias do LULISMO e suas coligações, interfaces e sujeiras.

Moeda afirma que o Tenente estava sob “ordens superiores” de Jobim e tentava mitigar a criminalidade em que se envolveu o Rio de Janeiro, com as omissões das sucessivas governanças, do Estado, desde o gaúcho Brizola, aquele que se travestiu de senhorita para fugir da “cobrança de 1964”.

Para ele o Tenente foi vítima de armações, para “captura de votos” e que com a infeliz perda dos 3 “jovens da favela”, por um “incidente explicável”, fez o governo se “ressentir” com a perda dos 3 votos intimamente ligados aos meninos mortos, fora aqueles da parentela e de amigos, podendo chegar a 30 ou mais votos perdidos.

Não adianta esperar a ação da Providência Divina, na providência de atitudes corretivas e preventivas, operacionais, táticas e estratégicas. As providências terão que ser providenciadas por ele e seu Estado Maior.

Moeda afirmou que:

Foi um acidente de percurso em que os 3 jovens caíram pela porta afora da viatura, na curva ao dobrar a esquina, e por um acaso caíram na hora da passagem pelo morro da mineira;
Disseram que o Tenente havia “ajustado” um valor de R$ 60.000,00, com os traficantes da mineira, para “entregar” uns bodes expiat
bbbbbLer o restante deste comentário...



Portal Militar não se responsabiliza pelo conteúdo dos comentários.
Comentários não podem ser enviados por visitantes. Junte-se a nós ou Entre para comentar essa enquete.